Lista de reis francos | dinastia carolíngia

Dinastia carolíngia

Ver Lista dos prefeitos do palácio.

Os carolíngios eram inicialmente prefeitos do palácio sob os reis merovíngios no sub-reino da Austrásia e depois no reino franco reunificado:

  • Pepino de Landen (o Velho), prefeito do palácio da Austrásia 623-629, 639-640
  • Ansegisel, prefeito do palácio da Austrásia 629-639
  • Grimoaldo o Velho, filho de Pepino de Landen, prefeito do palácio da Austrásia 643-657
  • Pepino de Herstal, filho de Ansegisel, prefeito do palácio da Austrásia 679-714, a partir de 688 como Duque e Príncipe dos Francos, governante de facto de todo o reino
  • Carlos Martel, prefeito do palácio da Austrásia 717-741, a partir de 718 de todo o reino
  • Carlomano, prefeito do palácio da Austrásia 741-747
  • Pepino o Breve, prefeito do palácio da Nêustria 741-751, a partir de 747 também prefeito do palácio da Austrásia

Quando Pepino o Breve se tornou rei, os carolíngios sucederam a dinastia merovíngia:

O reino franco foi então dividido pelo Tratado de Verdun em 843 entre os filhos de Luís o Piedoso. A tabela seguinte lista apenas os governantes das três subdivisões, que são os núcleos dos futuros reinos da França e da Alemanha, excluindo-se a Itália.

Reino ocidental (finalmente a França)

Reino central (Lotaríngia)

Reino oriental (finalmente Alemanha)

Nomes sinalizados com * não eram carolíngios, mas ainda relacionados distantemente à dinastia.

A partir daí, a Dinastia Capetiana governou a França. Para a continuação, ver Lista de reis de França.

Após a morte de Lotário em 855, seu reino foi dividido entre seus filhos:

  • Lotário II 855-869, o segundo filho, recebeu as partes francas do reino de seu pai, que depois dele foram chamadas de Lotaríngia.
  • Carlos 855-863, recebeu a Borgonha. Para continuação, ver Lista de reis da Borgonha.

Reis da Lotaríngia

Lotário II 855-869

Carlos o Calvo reivindicou a Lotaríngia após a morte de seu sobrinho e foi coroado rei em Metz, mas seu irmão Luís o Germânico se opôs à sua reivindicação e em 870 o Tratado de Meersen dividiu a Lotaríngia entre os dois irmão e subseqüentemente entre seus filhos. Em 880, o Tratado de Ribemont concedeu toda a Lotaríngia a Luís o Moço, filho de Luís o Germânico.

A partir daí a Lotaríngia foi permanentemente incluída ao reino oriental e ao Sacro Império Romano-Germânico. Para continuação, ver Lista de monarcas germânicos.

A partir daí, Conrado da Francônia governou no período 911-918, e foi seguido pela dinastia otônida saxã. Estes eventos são geralmente considerados como o começo do Reino da Alemanha e do Sacro Império Romano-Germânico. Para continuação, ver Lista de monarcas germânicos.

En otros idiomas