BitTorrent tracker | caso português

Caso Português

Muitos sites BitTorrent, agem tanto como "trackers" e " indexers".

Em Portugal tem-se o caso do btuga como primeiro tracker nacional que começou a operar em 2003. Em 2007, foi encerrado na sequência de buscas das autoridades e apreensão de servidores numa acção essa interpelada pela AFP - Associação Fonográfica Portuguesa e FEVIP - Federação de Editores de Videogramas[carece de fontes?]. Em 2014, o Segundo Juízo do Tribunal Criminal de Lisboa condenou Luís Ferreira, gestor do Btuga, a oito meses de prisão em pena suspensa, convertidos em 12.600 euros de multa. Em março de 2015, na sequência de um recurso solicitado pela defesa, o Tribunal da Relação de Lisboa considera que a pena aplicada pelo tribunal de primeira instância havia prescrito – tudo por uma questão de datas.[1]

Muito outros trackers nacionais estão gradualmente a surgir em Portugal após esta acção.[carece de fontes?]

Referências

En otros idiomas
български: Торент тракер
Ελληνικά: Tracker
русский: BitTorrent-трекер
slovenščina: Sledilnik
українська: BitTorrent-трекер