Autobiography | recepção da critica

Recepção da critica

Críticas profissionais
Pontuações agregadas
Fonte Avaliação
Metacritic 58/100 link
Avaliações da crítica
Fonte Avaliação
Allmusic 3.5 de 5 estrelas. link
BBC (Mista) link
E! Online (B-) link
Entertainment Weekly (B-) link
IGN 6.5 de 10 estrelas. link
Rolling Stone 2 de 5 estrelas. link
The New York Times 3 de 5 estrelas. link
Billboard (Mista) link
People 2.5 de 5 estrelas. link

As críticas para Autobiography foram mistas. A revista People considerou uma "estréia razoável" e disse que Simpson foi um "talento credível em seu próprio direito".[7] Allmusic Chamou de "uma estreia inesperadamente forte".[8] O The Village Voice comparou o Autobiography favoravelmente ao álbum America's Sweetheart de Courtney Love, referindo-se particularmente as guitarras e a melodia incrivelmente mastigável.[9] E! Online também elogiou os vocais e faixas cativantes presentes no disco, dizendo que "Ashlee Simpson ainda conseguiu juntar essa coleção de faixas que soam como se tivessem sido rasgadas das páginas de seu diário. Ashlee ainda faz você pensar duas vezes sobre sua vida 'perfeita'. Então, mesmo se isso não acontecer com você, Autobiography pode surpreendê-lo."

Outros críticos foram mais negativos. A Rolling Stone chamou de "mundano... com um roteiro previsível", e em um ponto descreveu a voz de Simpson como "choro em vez de tentativas de alcançar as notas certas".[10] IGN o chamou de "álbum genérico e às vezes sem graça", embora disse que os vocais de Simpson mostraram uma certa maturidade.[11] O critico da revista Stylus comentou que "depois de passar mais de quarenta minutos com Ashlee, eu sinto como se eu não a conhecesse mais do que antes..."[12] O The New York Times disse que "Autobiography é trabalho bem calculado, apontando para o mesmo público que abraça Avril Lavigne."[13]

En otros idiomas