Wallis, Duquesa de Windsor

Wallis
Duquesa de Windsor
Duquesa de Windsor
Período12 de dezembro de 1936
a 28 de maio de 1972
MaridosEarl Winfield Spencer, Jr.
Ernest Aldrich Simpson
Eduardo, Duque de Windsor
CasaWindsor (por casamento)
Nome completo
Bessie Wallis Warfield
Nascimento19 de junho de 1896
 Blue Ridge Summit, Pensilvânia, Estados Unidos
Morte24 de abril de 1986 (89 anos)
 Paris, França
EnterroCemitério Real de Frogmore, Windsor, Berkshire, Reino Unido
29 de abril de 1986
PaiTeackle Wallis Warfield
MãeAlice Montague

Bessie Wallis Warfield (Blue Ridge Summit, 19 de junho de 1896Paris, 24 de abril de 1986) foi uma socialite norte-americana. Eduardo VIII do Reino Unido, seu terceiro marido, abdicou do trono e se tornou Duque de Windsor para poder se casar com ela.

Seu pai morreu pouco depois de seu nascimento, com Wallis e a mãe sendo parcialmente apoiadas por parentes ricos. Seu primeiro casamento com o oficial da marinha Earl Winfield Spencer foi marcado por períodos de separação que terminaram em divórcio. Tornou-se amante de Eduardo, Príncipe de Gales, em 1934 enquanto ainda estava casada com seu segundo marido, Ernest Aldrich Simpson. Dois anos depois, quando Eduardo ascendeu ao trono, Wallis se divorciou para poder se casar com ele.

O desejo de Eduardo de se casar com uma mulher com dois ex-maridos ainda vivos ameaçou o surgimento de uma crise constitucional no Reino Unido e nos domínios, algo que acabou levando a sua abdicação em dezembro de 1936 para se casar com "a mulher que amo". O antigo rei recebeu o título de Duque de Windsor depois da abdicação por seu irmão e sucessor, Jorge VI. Eduardo se casou com Wallis seis meses depois, e ela acabou se tornando formalmente a Duquesa de Windsor, sem o titulo de "Sua Alteza Real". Wallis ao invés disso foi chamada de "Sua Graça".

Antes, durante e após a Segunda Guerra Mundial, o duque e a duquesa foram suspeitos por vários governos e pelo público de serem simpatizantes nazistas. Durante as décadas de 1950 e 1960, Wallis e Eduardo viajaram pela Europa e Estados Unidos vivendo uma vida de prazer como celebridades. Wallis passou a viver em reclusão após a morte do duque em 1972, raramente sendo vista em público. Sua vida pessoal tem sido uma fonte de muitas especulações, e Wallis permanece até hoje como uma figura controversa na história britânica.

Início de vida

Wallis c. 1915.

Bessie Wallis (as vezes escrito como "Bessiewallis") Warfield nasceu em 19 de junho de 1896[nota 1] no Chalé Square na Pousada Monterey, um hotel diretamente na frente do Clube de Golfe Monterey, em Blue Ridge Summit, Pensilvânia, Estados Unidos.[3] A cidade era uma estância de verão perto da fronteira com Maryland e era popular com os cidadãos de Baltimore para escapar do calor, com a Pousada Monterey sendo o maior hotel da cidade possuindo um prédio central além de vários chalés de madeira individuais.[4][5] Seu pai era Teackle Wallis Warfield, o quinto filho e caçula de Henry Mactier Warfield, um comerciante de farinha descrito como "um dos cidadãos mais conhecidos e pessoalmente mais populares de Baltimore" que concorreu a prefeito em 1875.[6] Sua mãe era Alice Montague, filha do vendedor de seguros William Montague. Wallis foi nomeada em homenagem a seu pai (que era conhecido como Wallis) e a irmã mais velha de sua mãe, Bessie, sendo chamada de Bessie Wallis até algum momento de sua juventude quando o primeiro nome foi abandonado.[7]

De acordo com um anúncio de casamento publicado no The Baltimore Sun, seus pais se casaram em 19 de novembro de 1895 pelo reverendo C. Ernest Smith na Igreja Protestante Episcopal de São Miguel e Todos os Anjos,[8] apesar da própria Wallis afirmar que eles se casaram em junho.[9] Seu pai morreu de tuberculose em 15 de novembro de 1896.[10] Sua mãe era dependente nos primeiros anos da caridade do seu rico cunhado S. Davies Warfield, chefe dos correios de Baltimore e posteriormente presidente da Continental Trust Company e da Seaboard Air Line Railroad. Inicialmente as duas viveram com ele em uma casa de quatro andares dividida com a sogra.[11]

Sua tia Bessie Merryman ficou viúva em 1901 e no ano seguinte Wallis e a mãe foram morar na casa dela em Baltimore, onde viveram por um ano antes de estabelecerem-se em um apartamento e depois uma casa própria. Sua mãe casou-se novamente em 1908 com John Freeman Rasin, filho de um importante membro do Partido Democrata.[12] Wallis foi confirmada na Igreja Episcopal de Cristo em 17 de abril de 1910, com seu tio pagando entre 1912 e 1914 para que ela estudasse no Colégio Oldfields, a escola para garotas mais cara de Maryland.[13] Lá ficou amiga de Mark Kirk e Renée du Pont, filha e herdeira do senador T. Coleman du Pont.[14] Uma colega de Wallis na escola lembra: "Ela era esperta, mais esperta que todas nós. Colocou na cabeça que iria até representante de classe, e ela foi. "[15] Wallis estava sempre imaculadamente vestida e se esforçava muito.[16] O biógrafo Philip Ziegler escreveu que "Apesar do queixo de Wallis ser muito pesado para ela ser considerada bonita, seus belos olhos de cor azul violeta e figura delicada, raciocínio rápido e capacidade de total concentração em seu interlocutor garantiram-lhe muitos admiradores".[17]

En otros idiomas
asturianu: Wallis Simpson
български: Уолис Симпсън
bosanski: Wallis Simpson
español: Wallis Simpson
français: Wallis Simpson
hrvatski: Wallis Simpson
Bahasa Indonesia: Wallis Simpson
italiano: Wallis Simpson
latviešu: Volisa Simpsone
македонски: Волис Симпсон
Nederlands: Wallis Simpson
norsk nynorsk: Wallis Simpson
română: Wallis Simpson
srpskohrvatski / српскохрватски: Wallis Simpson
Simple English: Wallis Simpson
slovenščina: Wallis Simpson
Türkçe: Wallis Simpson
українська: Волліс Сімпсон
Tiếng Việt: Wallis Simpson