Vicariância

Wikitext.svg
Esta página ou seção precisa ser wikificada (desde outubro de 2015).
Por favor ajude a formatar esta página de acordo com as diretrizes estabelecidas.

A distribuição das espécies ao longo do globo terrestre pode ser explicada por processos dispersionistas e vicariantes. O primeiro ocorre quando uma espécie se dispersa a partir de seu centro de origem, transpondo barreiras geográficas que dificultam o fluxo gênico entre as populações, o que pode levar à especiação. O segundo, processo vicariante, é a fragmentação da distribuição de um táxon por alterações da paisagem. A disciplina que estuda a distribuição de espécies e táxons superiores pelo globo é a biogeografia.

Conceito

Vicariância ou efeito vicariante é o mecanismo evolutivo no qual uma área biótica se fragmenta, separando as populações de uma espécie. A restrição ao fluxo gênico entre as duas sub-populações agora formadas permitirá o acúmulo diferenciado de mutações, o que poderá resultar em especiação alopátrica ao longo do tempo. Resumindo, vicariância é a quebra na distribuição de um clado.[1]

As barreiras responsáveis pela vicariância podem ser geológicas, como a formação de montanhas ou falhas pelo movimento das placas tectônicas ou o surgimento de um rio; ou ecológicas, quando a área entre duas populações torna-se imprópria para a sobrevivência ou reprodução da espécie, por exemplo pela fragmentação de florestas, desertificação de áreas úmidas ou pelo avanço das glaciações durante o Pleistoceno.

Os eventos de vicariância podem ser lentos ou rápidos. Como exemplo de eventos lentos, podem-se citar a formação de montanhas, deriva continental ou o ressecamento prolongado de áreas florestadas. Os rápidos incluem erupções vulcânicas que dividem uma população de caracóis[2] ou a antropização de formações vegetais por atividades humanas.

Em ambientes aquáticos, elevações rochosas nos fundos de oceanos podem separar populações de uma mesma espécie que se manterão isoladas, sofrendo todo o processo de diferenciação gênica separadamente.

A área ocupada pelas populações isoladas por vicariância permanece semelhante à área ocupada pela população ancestral, já que a disjunção não é causada por ação do grupo, ou seja, não há deslocamento, por parte do grupo, de uma área para outra.[3]

En otros idiomas
čeština: Vikarizace
Deutsch: Vikariismus
English: Vicariance
Esperanto: Vikara taksono
eesti: Vikarism
français: Vicariance
polski: Wikaryzm