Utopia

Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja Utopia (desambiguação).
Praia de Nova Icária, em Barcelona. O nome homenageia a comunidade utópica que se instalou na região em 1846-1847 baseada na novela "Viagem a Icária" (1839), de Étienne Cabet.

Utopia, do grego "ou", "não" ou prefixo de negação e "topos", "lugar", tem, como significado secundário, um lugar que não é no agora, mas que pode ser construído no futuro. A palavra é atribuída a tentativas de construir modelos socioeconômicos que não existem no presente e nunca dariam certo.

Etimologia

Ver artigo principal: Utopia (livro)

A palavra foi criada a partir da justaposição dos termos gregos antigos "ou" (prefixo de negação) e "top(o)" (lugar), significando o "não lugar" ou "lugar que não existe". É um termo inventado por Thomas More e serviu de título para sua principal obra, escrita em latim por volta de 1516[1]. O livro é um projeto humanista de transformação social e representa aspetos capitais do humanismo renascentista. Segundo a versão de vários historiadores, More se fascinou pelas narrações extraordinárias do navegador português Rafael Hitlodeu, que navegara com Américo Vespúcio nas suas últimas viagens e ficara no litoral da América enquanto Vespúcio regressava à Europa. Aí, conhecera múltiplas regiões e visitara uma ilha cuja situação geográfica Rafael não mencionou. O encontro com Thomas More é mediado por Pedro Gilles e dá-se em Antuérpia, onde More se encontra de passagem.

O longo diálogo com Rafael divide-se em duas partes: na primeira parte, More tece duras críticas à sociedade real em que vive, aspirando por uma sociedade perfeita; a segunda parte consta da narração de Rafael da ilha idealizada que conhecera com todos os pormenores. A organização política, social, como se organizavam as famílias, a divisão dos trabalhos, as cidades, a alimentação, a saúde, etc. Nesta ilha, todos vivem felizes, não desejam mais do que têm, pois cada um tem o que necessita, não mais; praticam as virtudes da temperança e da moderação. Essa ilha imaginária apresenta uma das sociedades 'possíveis', constituída com base na razão humana; trata-se de um verdadeiro exercício mental para resolver um problema que More enuncia do seguinte modo: dado um país no qual se ignorasse por completo tudo o que diz a revelação cristã, mas onde a razão humana pudesse resolver com isenção as questões do bem comum, que soluções se dariam para a organização política e social? A resposta — ou uma resposta — de Tomas More: a Utopia.

Mas há que ter em conta que o pensamento utópico pretende apurar uma racionalidade política, por um lado, e por outro, alimenta-se da imaginação, da fantasia, da fuga para um mundo irreal. A utopia é uma espécie de jogo entre um real que se rejeita e um ideal que se espera e deseja.

En otros idiomas
مصرى: يوتوبيا
asturianu: Utopía
azərbaycanca: Utopiya
žemaitėška: Utuopėjė
беларуская: Утопія
български: Утопия
brezhoneg: Utopia
català: Utopia
کوردی: یوتۆپیا
čeština: Utopie
Cymraeg: Iwtopia
dansk: Utopi
Deutsch: Utopie
Ελληνικά: Ουτοπία
English: Utopia
Esperanto: Utopio
español: Utopía
eesti: Utoopia
euskara: Utopia
suomi: Utopia
français: Utopie
Gaeilge: Útóipe
galego: Utopía
עברית: אוטופיה
हिन्दी: यूटोपिया
magyar: Utópia
Bahasa Indonesia: Utopia
Ido: Utopio
íslenska: Útópía
italiano: Utopia
日本語: ユートピア
ქართული: უტოპია
қазақша: Утопия
ಕನ್ನಡ: ಯುಟೊಪಿಯ
한국어: 유토피아
Latina: Utopia
Lëtzebuergesch: Utopie
lietuvių: Utopija
latviešu: Utopija
മലയാളം: ഉട്ടോപ്യ
Bahasa Melayu: Utopia
Nederlands: Utopie
norsk nynorsk: Utopi
norsk: Utopi
occitan: Utopia
ਪੰਜਾਬੀ: ਯੂਟੋਪੀਆ
polski: Utopia
română: Utopie
русский: Утопия
Scots: Utopia
srpskohrvatski / српскохрватски: Utopija
Simple English: Utopia
slovenčina: Utópia
slovenščina: Utopija
shqip: Utopia
српски / srpski: Утопија
svenska: Utopi
తెలుగు: ఆదర్శధామం
Türkçe: Ütopya
українська: Утопія
اردو: یوٹوپیا
oʻzbekcha/ўзбекча: Utopiya
Tiếng Việt: Utopia
Winaray: Utopia
中文: 乌托邦