Universo

Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja Universo (desambiguação).
Universo
Esta imagem em alta-resolução do Hubble Ultra Deep Field, mostra uma grande variedade de galáxias, cada uma composta de bilhões de estrelas. As pequenas galáxias avermelhadas, aproximadamente 100, são algumas das galáxias mais distantes fotografadas por um telescópio óptico.
Idade13.799 ± 0.021 bilhões anos[1]
DiâmetroPossivelmente infinito; aproximadamente 91 bilhões de anos-luz (28 × 10 9 pc)
Massa
(matéria ordinária)
Pelo menos, 1053 kg
Densidade média4.5 x 10−31 g/cm3
Temperatura média2.72548 K ou -270,42452 °C
Principais matériasMatéria Ordinária (4,9%), a matéria escura (26,8%), energia escura (68,3%)
FormaPlano com apenas uma margem de erro de 0,4%
Cosmologia
WMAP 2008.png
Universo · Big Bang
Idade do universo
Cronologia do Universo
Portal da Cosmologia

O Universo é tudo o que existe fisicamente, a soma do espaço e do tempo e as mais variadas formas de matéria, como planetas, estrelas, galáxias e os componentes do espaço intergaláctico.[2][3][4][5][6][7] O termo Universo pode ser usado em sentidos contextuais ligeiramente diferentes, denotando conceitos como o cosmo, o mundo ou a natureza. O universo observável tem de raio cerca de 46 bilhões de anos-luz.[8] A observação científica do Universo levou a inferências de suas fases anteriores. Estas observações sugerem que o Universo é governado pelas mesmas leis físicas e constantes durante a maior parte de sua extensão e história. A teoria do Big Bang é o modelo cosmológico prevalente que descreve como o Universo evoluiu desde os primeiros 10-44 segundos (Tempo de Planck) até hoje.[9][10] Observações de supernovas têm mostrado que o Universo está se expandindo a uma velocidade acelerada.[11]

Os valores anteriores para o número de galáxias no Universo giravam em, aproximadamente, cem bilhões de galáxias.[12] Mas em outubro de 2016 dados reunidos em duas décadas de imagens colhidas pelo Hubble mostraram que o número de galáxias gira em torno de 20 vezes mais, saltando para 2 trilhões de galáxias, aproximadamente.[13][14] Os espaços vazios do Universo podem estar repletos de matéria escura, de natureza ainda desconhecida. De acordo com o modelo científico vigente, conhecido como Big Bang, o Universo surgiu de um único ponto ou singularidade onde toda a matéria e energia do universo observável encontrava-se concentrada numa fase densa e extremamente quente chamada Era de Planck.

A partir dessa era, o Universo vem-se expandindo, possivelmente em curtos períodos (menos que 10−32 segundos) de inflação cósmica. Diversas medições experimentais independentes apoiam teoricamente tal expansão e a teoria do Big Bang. Esta expansão tem-se acelerado por ação da energia escura, uma força contrária à gravidade que está agindo mais que esta devido ao fato das dimensões do Universo serem grandes o bastante para dissipar a força gravitacional.[15] Porém, graças ao escasso conhecimento a respeito da energia escura, é ainda pequeno o entendimento do fenômeno e sua influência no destino do Universo.[15]

Há alguns anos, a sonda WMAP coletou dados que levaram à determinação da Idade do Universo em 13,73 (± 0,12) bilhões de anos.[16] Entretanto, com base em dados coletados pelo satélite Planck, as interpretações de observações astronômicas indicam que a idade do Universo seria de 13,799 ± 0,021 bilhões de anos,[1] enquanto o diâmetro do universo observável seria de 91 bilhões de anos-luz ou 8,80 ×1026 metros.[17] De acordo com a teoria da relatividade geral, o espaço pode expandir-se a uma velocidade superior à da luz, embora possamos ver somente uma pequena fração da matéria visível do Universo devido à limitação imposta pela velocidade da luz. É incerto se a dimensão do espaço é finita ou infinita. Trezentos mil anos depois do Big Bang, teriam surgido átomos de matéria. As formas de vida teriam aparecido 11,2 bilhões de anos depois.[18]

Etimologia

Ver também: Cosmo e Natureza

A palavra Universo deriva do latim universum.[19] A palavra latina foi usada por Cícero e posteriormente por outros autores com o mesmo sentido que é empregada atualmente.[20] A palavra latina é derivada da contração poética unvorsum — utilizada primeiramente por Lucrécio no Livro IV (linha 262) de seu De rerum natura (Sobre a Natureza das coisas) — que conecta un, uni (a forma combinada de unus, ou "one") com vorsum, versum (um substantivo derivado do particípio passivo perfeito de vertere, que significa "algo rodado, rolado ou mudado").[20]

Uma interpretação alternativa de unvorsum é "tudo girando como um" ou "tudo girando através de um". Nesse sentido, pode ser considerada a tradução de uma palavra para Universo no grego antigo, περιφορα, "algo transportado em um círculo", originalmente utilizada para descrever o percurso de uma refeição, a comida sendo carregada em torno de um círculo de mesas.[21]

En otros idiomas
Afrikaans: Heelal
Alemannisch: Universum
አማርኛ: ጠፈር
aragonés: Universo
العربية: فضاء كوني
ܐܪܡܝܐ: ܬܒܝܠ
مصرى: كون
asturianu: Universu
azərbaycanca: Kainat
башҡортса: Ғаләм
Boarisch: Wödall
žemaitėška: Vėsata
беларуская: Сусвет
беларуская (тарашкевіца)‎: Сусьвет
български: Вселена
भोजपुरी: ब्रह्मांड
বাংলা: মহাবিশ্ব
brezhoneg: Hollved
bosanski: Svemir
буряад: Оршолон
català: Univers
Mìng-dĕ̤ng-ngṳ̄: Ṳ̄-dêu
нохчийн: Вселенни
کوردی: گەردوون
čeština: Vesmír
kaszëbsczi: Wszechswiat
Чӑвашла: Çут Тĕнче
dansk: Universet
Deutsch: Universum
dolnoserbski: Uniwersum
Ελληνικά: Σύμπαν
English: Universe
Esperanto: Universo
español: Universo
eesti: Universum
euskara: Unibertsoa
فارسی: گیتی
føroyskt: Alheimurin
français: Univers
Nordfriisk: Åål
Frysk: Hielal
Gaeilge: An Chruinne
galego: Universo
Avañe'ẽ: Arapy
ગુજરાતી: બ્રહ્માંડ
客家語/Hak-kâ-ngî: Yî-chhiu
עברית: היקום
हिन्दी: ब्रह्माण्ड
Fiji Hindi: Sansaar
hrvatski: Svemir
Kreyòl ayisyen: Linivè
Հայերեն: Տիեզերք
interlingua: Universo
Bahasa Indonesia: Alam semesta
Ilokano: Law-ang
ГӀалгӀай: Айлам
íslenska: Alheimurinn
italiano: Universo
日本語: 宇宙
Patois: Yunivoers
Basa Jawa: Jagat
ქართული: სამყარო
қазақша: Әлем
한국어: 우주
къарачай-малкъар: Болум
kurdî: Gerdûn
Кыргызча: Аалам
Latina: Universum
Lingua Franca Nova: Universo
Limburgs: Universum
Ligure: Universo
lumbaart: Ünivers
lietuvių: Visata
latviešu: Visums
македонски: Вселена
മലയാളം: പ്രപഞ്ചം
монгол: Орчлон
मराठी: विश्व
Bahasa Melayu: Alam semesta
Mirandés: Ouniberso
မြန်မာဘာသာ: စကြဝဠာ
Nāhuatl: Cemanahuac
Napulitano: Annevierzo
Plattdüütsch: Weltruum
Nedersaksies: Hielal
नेपाली: ब्रह्माण्ड
Nederlands: Heelal
norsk nynorsk: Universet
norsk: Universet
Novial: Universe
Nouormand: Eunivers
Diné bizaad: Yágháhookáán
occitan: Univèrs
ਪੰਜਾਬੀ: ਬ੍ਰਹਿਮੰਡ
Kapampangan: Sikluban
Papiamentu: Universo
Pälzisch: Weldall
polski: Wszechświat
Piemontèis: Univers
پنجابی: کائنات
Runa Simi: Ch'askancha
Romani: Jegeya
română: Univers
русский: Вселенная
русиньскый: Весмір
sicilianu: Universu
Scots: Universe
سنڌي: ڪائنات
srpskohrvatski / српскохрватски: Svemir
සිංහල: විශ්වය
Simple English: Universe
slovenčina: Vesmír
slovenščina: Vesolje
chiShona: Denga neNyika
Soomaaliga: Koon
shqip: Gjithësia
српски / srpski: Свемир
Seeltersk: Al
Basa Sunda: Jagat
svenska: Universum
Kiswahili: Ulimwengu
தமிழ்: அண்டம்
తెలుగు: విశ్వం
тоҷикӣ: Коинот
ไทย: เอกภพ
Tagalog: Sansinukob
Türkçe: Evren
Xitsonga: Matilo
татарча/tatarça: Галәм
українська: Всесвіт
اردو: کائنات
oʻzbekcha/ўзбекча: Olam
vepsän kel’: Mir
Tiếng Việt: Vũ trụ
walon: Univiers
Winaray: Sangkalibutan
吴语: 宇宙
isiXhosa: Ihlabathi
მარგალური: ოქიანუ
ייִדיש: אוניווערס
中文: 宇宙
文言: 宇宙
Bân-lâm-gú: Ú-tiū
粵語: 宇宙