União de Centro Democrático

União de Centro Democrático
Unión de Centro Democrático
Presidente Adolfo Suárez
Fundação 3 de Maio de 1977 (coligação)
4 de Agosto de 1977 (partido)
Dissolução 1983
Sede Madrid
Ideologia Centrismo
Liberalismo
Democracia cristã
Social-democracia
Reformismo
Espectro político Centro com facções de Centro-direita e Centro-esquerda
Afiliação internacional -
Cores Verde, Branco e Laranja

A Unión de Centro Democrático ("União de Centro Democrático"), UCD, foi uma coligação política e posteriormente um partido político espanhol de centro, cujo líder foi Adolfo Suárez.

Fundação

Formou-se como coligação em Maio de 1977, durante a transição posterior à ditadura franquista. A UCD reuniu os seguintes partidos, com os seus respectivos líderes:

  • Partido Democrata Cristiano (PDC) de Fernando Álvarez de Miranda
  • Partido Popular (PPCD) de Pío Cabanillas
  • Partido Socialdemocrata Independente (PSI) de Gonzalo Casado
  • Partido Social Liberal Andaluz (PSLA) de Manuel Clavero
  • Partido Socialdemocrata de Espanha de Francisco Fernández Ordóñez
  • Partido Progressista Liberal (PPL) de Juan García Madariaga
  • Federação de Partidos Democratas e Liberais (FPDL) de Joaquín Garrigues Walker
  • Partido Liberal de Enrique Larroque
  • Federação Social Democrata (FSD) de José Ramón Lasuén
  • Partido Galego Independente (PGI) de José Luis Meilán
  • União Canária (UC) de Lorenzo Olarte
  • União Social Democrata Espanhola (USDE) de Eurico de la Peña
  • União Democrata de Murcia (UDM) de Antonio Pérez Crespo
  • Acción Regional Extremeña (AREX) de Enrique Sánchez de León
  • e Partido Democrata Popular (PDP) de Ignácio Camuñas

A coligação era liderada por Adolfo Suárez. Os seus principais componentes declaravam-se democrata-cristãos, liberais, socialdemocratas ou independentes, sendo estes últimos frequentemente elementos procedentes do regime franquista. Posteriormente, a 4 de Agosto de 1977, transformou-se num partido político.

En otros idiomas