Steven Soderbergh

Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, o que compromete a verificabilidade (desde março de 2015). Por favor, insira mais referências no texto. Material sem fontes poderá ser acadêmico)


Steven Soderbergh
Steven Soderbergh em 2007
Nascimento14 de janeiro de 1963 (55 anos)
Atlanta
NacionalidadeEstados Unidos Estadunidense
OcupaçãoRoteirista, Produtor e Diretor
CônjugeBetsy Brantley (de 1989 a 1994) Jules Asner (desde 2003)
Oscares da Academia
Melhor Diretor
2001 – Traffic
Emmys
Emmy do Primetime de Melhor Diretor em Minissérie ou Filme para televisão
2012 – Behind the Candelabra
Festival de Cannes
Palma de Ouro
1989 – Sex, Lies, and Videotape
Outros prêmios
Satellite Award de Melhor Diretor
2001 – Traffic
(inglês)

Steven Andrew Soderbergh (Atlanta, 14 de janeiro de 1963) é um cineasta estadunidense. É creditado algumas vezes em filmes como Peter Andrews, Sam Lowry ou Mary Ann Bernard.

Biografia

Soderbergh nasceu em Atlanta, filho de Mary Ann (Bernard) e Andrew Peter Soderbergh, que era um educador e administrador da universidade.[1] Seu avô paterno era um sueco, imigrante de Estocolmo.[2] Quando era criança, sua família se mudou de Atlanta para Charlottesville, Virgínia, onde viveu durante a sua adolescência. Em seguida, mudou-se para Baton Rouge, Louisiana, onde seu pai tornou-se decano da Educação na Universidade Estadual de Louisiana (LSU). Quando adolescente ele conheceu o cinema, dirigindo curtas-metragens com um Super 8, equipamento emprestado de estudantes da LSU.[3]

Soderbergh também foi, eventualmente, free-lancer como editor de filmes. Tornou-se famoso por executar várias funções dentro de um mesmo filme, como direção de fotografia, edição, direção e roteiro. Como a WGA proíbe que o cineasta exerça múltiplas funções dentro de um filme, ele assina sob diferentes pseudônimos.

Em 2001 tornou-se o terceiro diretor a ser indicado ao Oscar de melhor diretor por dois filmes, Traffic e Erin Brockovich (o primeiro foi Victor Fleming, no ano de 1939 e o segundo foi Francis Ford Coppola no ano de 1974 por O Poderoso Chefão - Parte II e A Conversação).

Entrou no mundo da direção quando filmou um espetáculo do grupo de rock Yes, o que lhe rendeu uma indicação ao Grammy. O vídeo do show foi o 9012 Live, em 1986.

Foi também o vencedor mais novo da Palma de Ouro no Festival de Cannes, em 1989, por seu trabalho no filme de estreia de carreira, Sexo, Mentiras e Videotape.

Em 2006 lançou um plano ousado de distribuição de filmes, que tem seis experiências. O primeiro foi Bubble, um filme sem importância a não ser pelo fato de que, além do cinema, também foi, simultaneamente, lançado em DVD e na televisão paga. Esse fato ocorreu, em parte, pela mudança de costumes das pessoas no mundo, já que alugam mais DVDs, assistem mais videos na web, também baixam filmes na rede e veêm muita televisão (aberta ou paga) do que simplesmente ir ao cinema.

Ele, que veio do meio cinematográfico independente, se justificou, dizendo que o espectador, atualmente, quer ter mais controle sobre as formas de ver filmes; é um processo irreversível.

En otros idiomas
azərbaycanca: Stiven Soderberq
беларуская: Стывен Содэрберг
Bahasa Indonesia: Steven Soderbergh
Lëtzebuergesch: Steven Soderbergh
Nederlands: Steven Soderbergh
srpskohrvatski / српскохрватски: Steven Soderbergh
slovenčina: Steven Soderbergh
српски / srpski: Стивен Содерберг
українська: Стівен Содерберг