South Park

South Park
Cena da sequência de abertura da 14ª temporada, com os quatro protagonistas à frente de alguns dos personagens secundários da série.
Informação geral
Formato Série de desenho animado
Gênero Comédia
Humor negro
Duração 22 minutos [1]
Estado Em andamento
Criador(es) Trey Parker
Matt Stone
Desenvolvedor(es) Brian Graden
País de origem   Estados Unidos
Idioma original Inglês
Produção
Diretor(es) Trey Parker
Produtor(es) executivo(s) Trey Parker
Matt Stone
Anne Garefino
Distribuída por Comedy Central Productions
Syndication:
Debmar-Mercury
20th Television
Em DVD:
Paramount Home Media Distribution
Warner Home Video
Vozes de Trey Parker
Matt Stone
Mary Kay Bergman (1997–99)
Isaac Hayes (1996–2006)
Eliza Schneider (1999–2003)
Mona Marshall (2000–presente)
April Stewart (2006–presente)
Compositor da música tema Primus
Adam Berry (1997–2001)
Jamie Dunlap (2001–presente)
Scott Nickoley (2001–08)
Empresa(s) de produção Celluoid Studios (1997)
Braniff Productions (1997–2006)
South Park Digital Studios, LLC. (2006–presente)
Comedy Partners
Exibição
Emissora de televisão original Estados Unidos Comedy Central
Formato de exibição Exibição original:
480i ( 4:3 SDTV) (1997–2008)
1080i ( 16:9 HDTV) (2008–presente)
Episódios remasterizados:
1080i (16:9 HDTV) (Temporadas 1–12)
Transmissão original 13 de agosto de 1997 – presente
N.º de temporadas 21
N.º de episódios 283 ( lista de episódios)
Cronologia
The Spirit of Christmas
Programas relacionados Brickleberry

South Park é uma sitcom americana criada por Trey Parker e Matt Stone para o canal Comedy Central. Destinado ao público adulto, o programa tornou-se alvo de debates por suas críticas através de humor negro, cruel, surreal e satírico que abrange uma série de assuntos. A narrativa padrão gira em torno de quatro crianças — Stan Marsh, Kyle Broflovski, Eric Cartman, e Kenny McCormick — e suas aventuras bizarras na cidade-título do programa.

Parker e Stone, que se conheceram na universidade, desenvolveram a série a partir de dois curtas de animação criados por eles em 1992 e 1995. A segunda produção tornou-se um dos primeiros vídeos virais da internet, o que acabou levando ao desenvolvimento do programa. South Park estreou em 13 de agosto de 1997 obtendo êxito instantâneo e alcançando posteriormente as maiores audiências da televisão paga nos Estados Unidos. Apesar de inconsistente em seus índices de audiência, o programa permanece como a atração mais aclamada e duradoura do Comedy Central. Originalmente produzido através de animação de recortes, cada episódio é atualmente realizado em um software que reproduz o estilo característico do programa.

A série está programada para ser exibida até a vigésima terceira temporada, em 2019. [2] South Park recebeu inúmeros prêmios, incluindo cinco Primetime Emmy Awards, um Prêmio Peabody e numerosas inclusões em listas de melhores programas de televisão. A popularidade do programa resultou em um filme: South Park: Bigger, Longer and Uncut que foi lançado em junho de 1999, menos de dois anos após a estreia do show, e tornou-se um sucesso comercial e de crítica. Em 2013, o TV Guide classificou a série como o décimo melhor desenho animado de TV de todos os tempos. [3] South Park é a terceira série animada que está a mais tempo em produção e exibição nos Estados Unidos, logo atrás de Os Simpsons e Arthur.

A série

Ambientação e personagens

Os protagonistas da série esperam o ônibus para a escola. Da esquerda para a direita: Eric Cartman, Kyle Broflovski, Stan Marsh, e Kenny McCormick

As cinco primeiras temporadas da série mostravam as façanhas de Stan Marsh, Kyle Broflovski, Eric Cartman e Kenny McCormick. No final da quinta temporada, Butters Stotch ganhou o seu próprio episódio para preparar o público para o papel mais importante que ele iria ter em temporadas sucessivas. [4] Suas aventuras ocorrem na cidade de South Park, município interiorano fictício localizado no verdadeiro vale de South Park nas Montanhas Rochosas, Colorado. [5] A cidade é também o lar de diversos personagens recorrentes da série, como estudantes, famílias, funcionários da escola e moradores variados, que tendem a considerar South Park um lugar tranquilo e pacato de se viver. [6] Entre os locais de destaque no programa estão a escola, o ponto de ônibus, várias lojas e residências e a paisagem enevoada de Colorado, tudo baseado em locais verdadeiros da cidade de Fairplay. [5] [6]

Stan é retratado como a pessoa mediana do grupo, [7] com o site oficial do programa descrevendo-o como "um garoto americano normal, comum e ambíguo". [8] Kyle é o único judeu da turma, e sua atuação neste papel é frequentemente levada para o lado satírico. [7] Stan foi modelado em Parker, enquanto Kyle foi baseado em Stone. Stan e Kyle são melhores amigos, e seu relacionamento, projetado para refletir a amizade entre Parker e Stone na vida real, é um tema comum durante a série. [9] Cartman—barulhento, antipático, preconceituoso e obeso—é frequentemente mostrado como o antagonista, cuja atitude anti-semita resultou numa rivalidade progressiva entre ele e Kyle. [7] Kenny, advindo de uma família humilde, usa o capuz de seu casaco tão apertado que cobre grande parte de seu rosto, dificultando o entendimento de suas falas. Durante as primeiras cinco temporadas do programa, Kenny morreu em praticamente todos os episódios, retornando no episódio seguinte como se nada ou quase nada tivesse acontecido. Ele foi excluído da sexta temporada em 2002, reaparecendo no último episódio daquele ano. Desde então, a prática de matar Kenny raramente é usada pelos criadores do programa. Durante os primeiros 59 episódios de South Park, os garotos permaneceram na terceira série do ensino básico. No episódio "4th Grade" da quarta temporada ( 2000), eles passaram para a quarta série, permanecendo nela desde então. [10] [11]

Os enredos são motivados por eventos que vão desde o lugar comum até o sobrenatural e extraordinário, que costumam atingir a cidade com frequência. [12] Os meninos muitas vezes agem como a voz da razão quando tais eventos provocam pânico ou comportamento incongruente entre a população adulta, que é comumente mostrada como irracional, crédula e propensa à vociferação. [5] [13] Os meninos costumam confundir-se também com as atitudes contraditórias e hipócritas de seus pais e outros adultos, considerando-os como tendo uma visão distorcida em relação à moral e sociedade. [6] [14]

Temas e estilo

Cada episódio começa com um aviso irônico: [15]

Os personagens deste programa são fictícios. Todas as vozes são pessimas imitações com linguagem obscena e não deve ser visto por ninguém. [16]

South Park foi o primeiro programa semanal dos Estados Unidos a receber uma classificação etária TV-MA, e é em geral indicado para o público adulto. [17] [18] [19] Os protagonistas e a maioria dos outros personagens infantis usam de fortes palavras de baixo calão, mas apenas as mais polêmicas é que são censuradas durante uma transmissão típica. [6] A utilização de tal linguagem serve para Parker e Stone tentarem demonstrar como eles acham que garotos conversam de verdade quando estão sozinhos. [6] [20] [21]

A série normalmente fez uso de técnicas carnavalescas e absurdistas, repetições cômicas, [22] [23] violência, [23] temas sexuais, [24] [25] referências pop-culturais improvisadas e paródias de celebridades. [26] [27] Os primeiros episódios eram mais propensos a temas provocativos, apresentando um estilo de humor pastelão. Apesar da sátira social ser utilizada ocasionalmente no princípio, tornou-se cada vez mais prevalente com o desenvolvimento da série, mantendo um pouco do foco no gosto por humor escatológico dos protagonistas na tentativa de lembrar ao público adulto "como é ter oito anos de idade". [7] Parker e Stone também começaram a aperfeiçoar personagens secundários ao lhes dar papéis mais proeminentes em certas histórias, e passaram a desenvolver seus enredos como parábolas baseadas em religião, política e diversos outros tópicos. [6] Isto forneceu ao programa a oportunidade de parodiar ambos os lados de um assunto polêmico, [28] enquanto satiriza pontos de vista tanto liberais quanto conservadores. [6] [29] Parker e Stone descrevem-se como "transgressores em prol das oportunidades iguais", [30] cujo principal objetivo é "ser engraçado" e "fazer os outros rirem", [31] enquanto afirmam que nenhum tema ou grupo de pessoas é poupado de ser alvo de suas zombarias e sátiras. [27]

Os dois insistem que o programa permanece centrado nas "crianças sendo crianças", e "como é estudar no ensino básico na América", [32] declarando que a introdução de um elemento mais satírico à série foi resultado da adição de um "centro moral" ao programa, para que ele possa basear-se cada vez menos em ser simplesmente cruel ou chocante numa tentativa de manter um público fiel. [31] Apesar de profana, e com a tendência de às vezes assumir um aspecto cínico, Parker observa que ainda há um "fundo de candura" na personalidade das crianças de South Park, [29] com a Time descrevendo os garotos como "ocasionalmente cruéis, mas com um núcleo de inocência". [9] Normalmente, os protagonistas ou outros personagens refletem sobre o que ocorreu durante um episódio, formulando a lição importante que foi tirada daquilo a partir de um curto . Durante as primeiras temporadas, o discurso geralmente começava com uma variação da frase "Sabe o quê? Eu aprendi algo hoje...". [33]

En otros idiomas
العربية: ساوث بارك
azərbaycanca: Cənubi Park
Boarisch: South Park
žemaitėška: South Park
беларуская: South Park
беларуская (тарашкевіца)‎: South Park
български: Саут Парк
brezhoneg: South Park
bosanski: South Park
català: South Park
Cebuano: South Park
dansk: South Park
Deutsch: South Park
Ελληνικά: South Park
English: South Park
Esperanto: South Park
español: South Park
eesti: South Park
فارسی: ساوت پارک
suomi: South Park
Na Vosa Vakaviti: South Park
føroyskt: South Park
français: South Park
Frysk: South Park
Gaeilge: South Park
galego: South Park
ગુજરાતી: સાઉથ પાર્ક
עברית: סאות' פארק
हिन्दी: साउथ पार्क
hrvatski: South Park
magyar: South Park
interlingua: South Park
Bahasa Indonesia: South Park
íslenska: South Park
italiano: South Park
한국어: 사우스 파크
Кыргызча: Түштүк парк
Latina: South Park
lietuvių: Pietų parkas
latviešu: Dienvidparks
македонски: South Park
монгол: South Park
Bahasa Melayu: South Park
Plattdüütsch: South Park
Nederlands: South Park
norsk nynorsk: South Park
norsk: South Park
Runa Simi: South Park
rumantsch: Southpark
română: South Park
русский: Южный Парк
саха тыла: South Park
Scots: South Park
srpskohrvatski / српскохрватски: South Park
Simple English: South Park
slovenščina: South Park
shqip: South Park
српски / srpski: Саут Парк
svenska: South Park
Türkçe: South Park
удмурт: South Park
українська: Південний парк
oʻzbekcha/ўзбекча: South Park
Tiếng Việt: South Park
ייִדיש: סאוט פארק
中文: 南方公園
Bân-lâm-gú: South Park
粵語: 衰仔樂園