Sexo seguro

Preservativo

Sexo seguro (derivado do inglês: Safer Sex que traduzido à letra significaria Sexo mais seguro) também chamado de sexo protegido, é um conjunto de práticas que têm como função reduzir o risco de infecção durante a relação sexual, de modo que impede o desenvolvimento de doenças sexualmente transmissíveis (DSTs). Dessa maneira, o sexo não-seguro seria a relação sexual sem o uso de qualquer contracepção de barreira ou outras medidas para prevenção de DSTs.

  • métodos

Métodos

É considerado seguro o sexo praticado com o uso de preservativos e a masturbação mútua, na qual não há troca de fluidos corporais entre os parceiros. Um estudo demonstrou que anel vaginal infundido com uma droga antiviral parece oferecer proteção contra a infecção pelo HIV. As mulheres que usaram o anel tiveram um risco de 27 por cento menor de infecção por HIV do que as mulheres que receberam um placebo[1].

Referências

Wiki letter w.svg Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia . Editor: considere marcar com um esboço mais específico.
En otros idiomas
العربية: جنس آمن
asturianu: Sexu seguru
Boarisch: Safer Sex
български: Безопасен секс
català: Sexe segur
čeština: Bezpečný sex
Cymraeg: Rhyw diogel
Deutsch: Safer Sex
English: Safe sex
Esperanto: Sekura seksumado
español: Sexo seguro
eesti: Turvaseks
suomi: Turvaseksi
français: Sécurisexe
galego: Sexo seguro
ગુજરાતી: સલામત મૈથુન
עברית: מין בטוח
italiano: Sesso sicuro
한국어: 세이프 섹스
latviešu: Drošs sekss
Nederlands: Veilig vrijen
Simple English: Safe sex
svenska: Säkrare sex
Kiswahili: Ngono zembe
українська: Безпечний секс
Tiếng Việt: Tình dục an toàn