Sexo grupal

Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, o que compromete a verificabilidade (desde Fevereiro de 2008). Por favor, insira mais referências no texto. Material sem fontes poderá ser acadêmico)

O sexo grupal ou "sexo com múltiplos indivíduos" (SMI) é um comportamento em que mais de duas pessoas praticam atos sexuais juntas, podendo envolver a cópula vaginal entre um homem e uma mulher e/ou atos libidinosos diversos. Assim descrito, o sexo em grupo envolve várias subcategorias como o ménage, o swing[1] e a orgia (também chamada no Brasil de suruba).[2]

Apesar de ser uma prática contrária ao padrão sexual dominante em boa parte do mundo, especialistas afirmam que o desejo de praticá-lo é mais comum que se imagina.[3]

Sex party

Uma sex party ou festa de sexo é uma reunião em que a atividade sexual ocorre.

Festas de sexo, sob vários nomes, em alguns países, tem sido um foco comum de pânico moral alimentado por reportagens que afirmam que essas festas são predominantes, ou tem crescido em prevalência, principalmente entre os adolescentes.[4]

Swing

Ver artigo principal: Swing (sexo)
En otros idiomas
العربية: جنس جماعي
беларуская: Групавы секс
беларуская (тарашкевіца)‎: Групавы сэкс
български: Групов секс
čeština: Skupinový sex
dansk: Gruppesex
Deutsch: Gruppensex
Zazaki: Seksê grubi
English: Group sex
Esperanto: Grupa seksumado
español: Sexo grupal
eesti: Grupiseks
Frysk: Groepseks
hrvatski: Skupni seks
íslenska: Hópkynlíf
italiano: Sesso di gruppo
한국어: 그룹 섹스
kurdî: Seksa komî
lietuvių: Grupinis seksas
македонски: Групен секс
Nederlands: Groepsseks
norsk: Gruppesex
polski: Seks grupowy
română: Sex în grup
srpskohrvatski / српскохрватски: Grupni seks
slovenščina: Skupinski seks
српски / srpski: Групни секс
svenska: Gruppsex
Türkçe: Grup seks
українська: Груповий секс
Tiếng Việt: Tình dục tập thể
ייִדיש: גרופע סעקס
中文: 群交