Second Life

Second Life
Second Life logo.svg
SloganSeu mundo. Sua imaginação.
GêneroRede de relacionamento
Ambiente virtual
País de origem Estados Unidos
Idioma(s)Inglês, Português e outros.
Lançamento2003
ProprietárioLinden Lab
Página oficialhttp://secondlife.com/

O Second Life (também abreviado por SL[1]) é um ambiente virtual e tridimensional que simula em alguns aspectos a vida real e social do ser humano. Foi criado em 1999 e desenvolvido em 2003 e é mantido pela empresa Linden Lab.[2] Dependendo do tipo de uso, pode ser encarado como um jogo, um mero simulador, um comércio virtual ou uma rede social. O nome "second life" significa em inglês "segunda vida", que pode ser interpretado como uma vida paralela, uma segunda vida além vida "principal", "real". Dentro do próprio jogo, o jargão utilizado para se referir à "primeira vida", ou seja, à vida real da ´pessoa, é "RL" ou "Real Life"[3] que se traduz literalmente por "vida real".

Lá, você poderá ter uma vida parecida com a real, com um verdadeiro ambiente 3D.

Esse ambiente virtual tinha recebido muita atenção da mídia internacional,[4][5][6][7][8] principalmente as especializadas em informática,[9][10][11][12] pois o número de usuários registrados e também os activos havia crescido significativamente em 2007, mas muitos usuários, denominados também de residentes, abandonaram o Second Life, migrando para redes como Facebook, Twitter e outras redes sociais. O número de usuários (residentes) conectados ao Second Life gira em torno de 60.000, com alguns picos acima de 70.000 nos fins de semana.

Esta aplicação em 3D cria uma meta universo para comunidades virtuais. Simula perfeitamente um ambiente tridimensional e utiliza animação em 3D e avatares. Graças ao realismo da animação, os avatares podem sentir, ver ou experimentar uma interacção real.

Obtendo renda no ambiente virtual

Além de poder comprar os Linden Dollar com dinheiro real no site, é possível também ganhar Linden Dollar no jogo e convertê-los no site novamente para dinheiro real. Há inúmeras maneiras de se obter uma fonte de renda: é possível criar objetos, construir imóveis, desenvolver acessórios para os avatares (as personagens também são conhecidos por avatares[13][14]), fazer apostas em máquinas caça-níqueis, trabalhar para outros avatares e muito mais.

À medida que muitos usuários "jogam " second life, e outros o utilizam como meio de relacionamento, eles passam a adquirir produtos e contratar serviços virtuais, para aprimorar o seu avatar tanto na aparência como adquirindo casas, terrenos, veículos, roupas etc. Esse consumo cria uma demanda que possibilita que outros usuários criem e comercializem, de modo a suprir essa demanda. E com isso cria-se uma economia virtual e uma fonte de renda e de negócio também.

Mas um fato deve ser destacado. Pouca gente consegue ganhar dinheiro no Second Life. A maioria esmagadora gasta dólares no SL. Quando se cria uma conta no site da Linden Labs, pode-se cadastrar o cartão de crédito internacional. Pode-se então comprar lindens e gastá-los no SL. O motivo dos gastos se deve ao interesse de quem deseja ficar no jogo de obter roupas melhores, desenhadas e exclusivas, que são caras, para que o avatar seja distinto dos demais avatares.

Outros residentes costumam alugar terrenos para poderem colocar uma casa e, desta forma, poderem "jogar" objetos no chão, podendo assim melhor conhecer o Second Life. Praticamente em todo o Second Life, os avatares apenas podem vestir roupas, sem poder "jogar" um objeto no chão, como por exemplo um automóvel, uma mesa de jantar, para impedir que o ambiente virtual de uma ilha seja modificado.

O custo para manter uma ilha é elevado. Geralmente, mais de uma pessoa ajuda a pagar uma ilha para poder mantê-la on-line. O custo atual de uma ilha gira em torno de R$ 400 a R$ 500 por mês, dependendo da cotação do dólar. Todas as ilhas são pagas, e o não pagamento da mesma causa a desativação da ilha. Para colocar uma ilha on-line, o custo inicial é em torno de R$ 1.200.

Muitos usuários novatos no SL, costumeiramente denominados de "noobs", chegam procurando empregos. Os empregos no SL existem, porém são poucos, e se ganha em lindens. Não é necessário trabalhar para poder ficar no SL. Existem no SL muitas lojas de roupas, objetos gratuitos denominados Freebie. Lá se pode comprar muita coisa pagando zero lindens.

Novatos não conseguem empregos porque não sabem como o SL funciona e não sabem a quem pedir um emprego. os empregos mais comuns são de DJ, promoter (propagandista) de uma loja ou de um DJ (que praticam, entre outras, os famigerados spams no metaverso, inundando convites para suas listas de contatos), officer (um usuário administrador, que tem acesso a certas funções desativadas a usuários normais ) de uma ilha, escortes (acompanhamentes, garotas e garotos de programa virtuais), etc.

Outra prática que está se tornando constante no SL são os negociadores de lindens (na falta de uma expressão mais adequada no idioma português), que revendem lindens dóllars por reais. São verdadeiros cambistas, que convertem dinheiro real em dinheiro virtual. Muitos usuários, para adquirirem lindens dóllars, acabam por comprar direto destes usuários, pois é uma prática mais fácil de ser feita, do que a procura a lojas de câmbios oficiais no metaverso do SL. Não há qualquer agência reguladora de câmbio oficial no SL, apenas a própria administradora do programa. Em anos anteriores já foi tentado uma regulamentação deste setor, mas tanto a Linden Labs, quanto as instituições que se aventuraram a executar negócios no metaverso do SL acabaram por amargar um grande prejuízo. Hoje existem prestadores de serviços, que repassam o dinheiro virtual para usuários (aqui os cambistas de primeira linha), e estes para os demais (cambistas de outras linhas de negociação). No final da fila estão os usuários comuns que compram os linden dóllars dos negociadores de lindens que conhecem.[15]

En otros idiomas
العربية: سكندلايف
български: Second Life
brezhoneg: Eil buhez
català: Second Life
čeština: Second Life
Deutsch: Second Life
Ελληνικά: Second Life
English: Second Life
Esperanto: Dua Vivo
español: Second Life
euskara: Second Life
فارسی: زندگی دوم
føroyskt: Second Life
français: Second Life
עברית: Second Life
hrvatski: Second Life
magyar: Second Life
interlingua: Second Life
Bahasa Indonesia: Second Life
italiano: Second Life
日本語: Second Life
Latina: Second Life
lietuvių: Second Life
latviešu: Second Life
македонски: Second Life
Bahasa Melayu: Second Life
Plattdüütsch: Second Life
Nederlands: Second Life
polski: Second Life
română: Second Life
русский: Second Life
Simple English: Second Life
slovenščina: Second Life
svenska: Second Life
Türkçe: Second Life
українська: Second Life
Tiếng Việt: Second Life