Santiago Ostolaza

Santiago Ostolaza
Informações pessoais
Nome completo Santiago José Ostolaza Sosa
Data de nasc. 10 de julho de 1962 (55 anos)
Local de nasc. Dolores, Uruguai
Nacionalidade uruguaio
Altura 1,90 m
Apelido Vasco
Informações profissionais
Equipa atual Aposentado
Posição Treinador (ex Meio-campista)
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos (golos)
1988
1989
1989-1992
1992
1992-1993
1994
1995
1995
1996
1997
1998-1999
1999
2000
Uruguai Bella Vista
Uruguai Nacional
México Cruz Azul
México Querétaro
Argentina Gimnasia La Plata
Japão Kyoto Sanga
Uruguai Defensor
Paraguai Olimpia
Uruguai Nacional
Bolívia Aurora
Uruguai Rentistas
Uruguai Defensor
Uruguai Montevideo Wanderers
Seleção nacional
1985-1993 Flag of Uruguay.svg  Uruguai 0043 0000(6)
Times/Equipas que treinou
2000-2001
2001
2002-2003
2004-2005
2005-2006
2009-2010
2011
2014
2014-2015
Uruguai River Plate
Uruguai Deportivo Maldonado
Uruguai Montevideo Wanderers
Uruguai Nacional
México Alacranes de Durango
Uruguai Cerro Largo
Equador Espoli
Flag of Uruguay.svg  Uruguai (sub-17)
Uruguai Racing
Medalhas
Jogos Pan-Americanos
Ouro Caracas 1983 Equipe

Santiago José Ostolaza Sosa ( Dolores, 10 de julho de 1962) é um ex-futebolista e treinador de futebol uruguaio.

Carreira

Jogou por Bella Vista, Nacional, Cruz Azul, Querétaro, Gimnasia y Esgrima La Plata, Kyoto Sanga, Defensor, Olimpia, Aurora e Rentistas. Encerrou a carreira em 2000, no Montevideo Wanderers.

Destes, tornou-se herói especialmente no Nacional. Foram dele os dois gols dos tricolores na decisão da Copa Intercontinental de 1988, contra o PSV Eindhoven de Ronald Koeman e Romário. Ostolaza abriu o placar da partida e, após virada neerlandesa, deixou o escore empatado no último minuto da prorrogação. Também marcou um gol na série de penalidades necessária para definir o campeão. [1] O título, ainda por cima, fazia o clube igualar-se ao arquirrival Peñarol no número de conquistas na competição (três), o que se manteve desde então. [2]

Pela Seleção Uruguaia, Ostolaza jogou 43 partidas entre 1985 e 1993, marcando seis gols. Participou de duas Copas América (1989 e 1993), e também da Copa de 1990. [3]

Seu filho, também chamado Santiago Ostolaza, é atleta do Montevideo Wanderers, sua última equipe como atleta profissonal.