Síndrome de fasciculação benigna

Síndrome de fasciculação benigna
Fasciculações nas pálpebras
Classificação e recursos externos
A Wikipédia não é um consultório médico. Leia o aviso médico 

Síndrome de fasciculação benigna (SFB) é um transtorno neurológico caracterizado pela fasciculação do tecido muscular estriado. As fasciculações podem ocorrer em qualquer músculo do corpo contudo é mais comum nas pálpebras, braços, pernas e pés. Entretanto até mesmo a língua pode ser afetada. As fasciculações podem ser ocasionais ou continuas. Geralmente um movimento no músculo faz parar as fasciculações imediatamente, mas retorna uma vez que o músculo volta a ficar em descanso.

Sinais e sintomas

O principal sintoma da síndrome de fasciculação benigna é o movimento involuntário dos músculos (fasciculações), que podem ocorrer randomicamente ou em tempos específicos (ou em certas regiões). O quadro geral da SFB é o seguinte:[1][2][3]

Outros sintomas incluem:

Sintomas da SFB são tipicamente presentes quando o músculo está em descanso e não é acompanhado por fraqueza muscular severa. Em alguns casos de SFB, fasciculações podem “pular” de uma parte do corpo para outra. Por exemplo, pode começar nos músculos da perna, então depois de alguns segundos ir para a testa, depois abdômen, etc. Dificilmente os músculos são afetados ao mesmo tempo.

Ansiedade é uma causa comum da SFB, e muitos pacientes sofrem de hipocondria pois a síndrome de fasciculação benigna compartilha vários sintomas com doenças muito mais sérias, tal como a esclerose lateral amiotrófica (ELA).