Rocha sedimentar

Rochas sedimentares, com xisto coberto por calcário. Cumberland Plateau, Tennessee, Estados Unidos.

As rochas sedimentares são rochas formadas através da deposição, e consequente cimentação ou consolidação de fragmentos provenientes de material mineral ou material orgânico.

No caso do material mineral, os respetivos fragmentos, denominados de detrito geológico, são provenientes do intemperismo e da erosão. Estes fragmentos minerais são transportados pelo gelo, vento, água, movimento de massas geológicas ou glaciares, sendo estes agentes denominados de agentes de denudação. No caso do material orgânico, os respetivos fragmentos, denominados de detrito biológico, são geralmente provenientes de corpos e partes de organismos subaquáticos, essencialmente conchas, assim como das suas massas fecais. As rochas sedimentares acumulam-se em planaltos na crosta terrestre, tendo sido geralmente outrora fundos marinhos, cobrindo cerca de 75% da superfície terrestre e 90% dos leitos marinhos, correspondendo ainda a 5% do volume da Terra.[1][2]

Por serem formados por detrito biológico, as rochas sedimentares são importantes fontes de material fóssil, como petróleo ou carvão. As rochas sedimentares são um dos três grupos de rochas. Os outros dois grupos são as rochas ígneas, também denominadas de rochas magmáticas; e as rochas metamórficas.

Formação

As rochas sedimentares formam-se por três processos principais:

  • pela deposição das partículas originadas pelo intemperismo de outras rochas - rochas sedimentares clásticas ou detríticas;
  • pela precipitação de substâncias em solução - rochas sedimentares quimiogénicas; e
  • pela deposição dos materiais de origem biológica - rochas sedimentares biogénicas.

As rochas sedimentares podem ainda ser consideradas:

  • Consolidadas - se os detritos apresentam-se ligados por um cimento, como é o caso das brechas ou do arenito; ou
  • Não consolidadas - se os detritos não estão ligados entre si, como no caso dos grãos de areia das dunas.

As rochas sedimentares são formadas a partir de restos de outras rochas, seres vivos ou outros materiais transportados pelo vento e pela água e sofrem dois passos na sua formação, a sedimentação, sendo esta o conjunto de processos que levam à formação de sedimentos (meteorização, erosão, transporte e deposição); e a diagénese.

Consolidação dos sedimentos
  • compactação de partículas (de rochas e seres vivos);
  • desidratação, em que a água é expelida;
  • cimentação, que através de um cimento natural as partículas ficam "coladas" e compactadas, formando uma rocha.
Estas rochas podem ser formadas por
  • Minerais primários - minerais que provêm diretamente de rochas pré-existentes;
  • Minerais de neoformação - minerais novos formados devido a fenômenos de transformações químicas ou de precipitações de soluções;
  • Partes de seres vivos - Por exemplo: conchas e fragmentos de corais.

Rochas sedimentares contêm informações importantes sobre a história da Terra, como por exemplo, os fósseis, os restos preservados de antigas plantas e animais. [3]A composição dos sedimentos nos fornecem pistas sobre a rocha original. As diferenças entre as sucessivas camadas indicam mudanças de ambiente que ocorreram ao longo do tempo. Rochas sedimentares podem conter fósseis porque, ao contrário da maioria das rochas ígneas e metamórficas, elas se formam a temperaturas e pressões que não destroem os restos fósseis.

As rochas sedimentares cobrem os continentes da crosta terrestre extensivamente, mas a contribuição total das rochas sedimentares estima-se que seja de apenas cinco por cento do total. Dessa forma, vemos que as sequências sedimentares representam apenas uma fina camada de uma crosta composta essencialmente de rochas ígneas e metamórficas.

En otros idiomas
العربية: صخر رسوبي
беларуская (тарашкевіца)‎: Асадкавыя горныя пароды
eesti: Settekivim
فارسی: سنگ رسوبی
עברית: סלע משקע
हिन्दी: अवसादी शैल
Bahasa Indonesia: Batuan sedimen
íslenska: Setberg
日本語: 堆積岩
한국어: 퇴적암
Lëtzebuergesch: Sediment
latviešu: Nogulumieži
македонски: Седиментна карпа
മലയാളം: അവസാദശില
Bahasa Melayu: Batuan enapan
မြန်မာဘာသာ: အနည်ကျကျောက်
Plattdüütsch: Sedimentit
norsk nynorsk: Sedimentær bergart
ਪੰਜਾਬੀ: ਤਲਛਟੀ ਚਟਾਨ
پنجابی: بیٹھی پڑی
srpskohrvatski / српскохрватски: Sedimentne stijene
Simple English: Sedimentary rock
slovenčina: Usadená hornina
slovenščina: Sedimentne kamnine
српски / srpski: Седиментне стене
Basa Sunda: Batu tamperan
oʻzbekcha/ўзбекча: Choʻkindi togʻ jinslari
Tiếng Việt: Đá trầm tích
中文: 沉积岩
Bân-lâm-gú: Tui-chek-giâm