Ribeirão Preto

Município de Ribeirão Preto
"Capital Nacional do Agronegócio[1]
Califórnia Brasileira[2]"
Montagem de Ribeirão Preto.png

Bandeira de Ribeirão Preto
Brasão de Ribeirão Preto
BandeiraBrasão
Hino
Fundação19 de junho de 1856 (162 anos)
Gentílicoribeirão-pretano
LemaBandeirantum ager
"Ação dos Bandeirantes"
Padroeiro(a)São Sebastião[3]
CEP14000-001 - 14109-999[4]
Prefeito(a)Duarte Nogueira (PSDB)
(2017 – 2020)
Localização
Localização de Ribeirão Preto
Localização de Ribeirão Preto em São Paulo
Ribeirão Preto está localizado em: Brasil
Ribeirão Preto
Localização de Ribeirão Preto no Brasil
21° 10' 40" S 47° 48' 36" O21° 10' 40" S 47° 48' 36" O
Unidade federativaSão Paulo
MesorregiãoRibeirão Preto IBGE/2013[5]
MicrorregiãoRibeirão Preto IBGE/2013[5]
Região metropolitanaRibeirão Preto
Municípios limítrofesSul: Guatapará;
Sudeste: Cravinhos;
Norte: Jardinópolis;
Leste: Serrana;
Oeste: Dumont;
Noroeste: Sertãozinho;
Nordeste: Brodowski
Distância até a capital
Características geográficas
Área650,916 km² (SP: 109º)[7]
DistritosBonfim Paulista
População694 534 hab. (SP: 8º) –  Estimativa Populacional IBGE/2018[8]
Densidade1 067,01 hab./km²
Altitude546 m
Climatropical semiúmido Aw
Fuso horárioUTC−3
Indicadores
IDH-M0,789 (SP: 22°) – elevado PNUD/2010[9]
PIBR$ Baixa27 809 706 mil (AumentoBR: 24º) – IBGE/2015[10]
PIB per capitaR$ 41 736,07 IBGE/2015[10]
Página oficial
Prefeiturawww.ribeiraopreto.sp.gov.br

Ribeirão Preto (pronúncia em português: [ʁibejˈɾɐ̃w ˈpɾetu]) é um município brasileiro no interior do estado de São Paulo, Região Sudeste do país. Pertence à Mesorregião e Microrregião de Ribeirão Preto, localizando-se a noroeste da capital do estado, distando desta cerca de 315 km. Ocupa uma área de 650,916 km², sendo que 127,309 km² estão em perímetro urbano.[11] Sendo a cidade-sede da Região Metropolitana de Ribeirão Preto (RMRP), sua população foi estimada pelo IBGE em 694 534 habitantes em 2018. Entre os 30 maiores municípios brasileiros, a população ribeirão-pretana foi a sexta com maior taxa de aumento populacional (1,3%). Portanto, cresceu o dobro da capital paulista, maior cidade do país e bem mais que a média (0,86%) do Brasil.[12][13]

A sede tem uma temperatura média anual de 23,2 °C e na vegetação original do município predomina a mata Atlântica. Com 99,7% de seus habitantes vivendo na zona urbana, o município contava em 2009 com 95 estabelecimentos de saúde (SUS). O seu Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) é de 0,800,[9] considerando-se assim como elevado em relação ao país, sendo o vigésimo segundo maior do estado.[14] Várias rodovias ligam Ribeirão Preto a diversas cidades paulistas, tais como a Rodovia Anhanguera e a Rodovia Cândido Portinari, havendo ainda disponibilidade de ferrovias e um aeroporto, o Doutor Leite Lopes.

Ribeirão Preto foi fundada em 1856, neste período a região recebia muitos mineiros que saíam de suas terras já esgotadas para a mineração e procuravam pastagens para a criação de gado. No começo do século XX, a cidade passou a atrair imigrantes, que foram trabalhar na agricultura ou nas indústrias abertas na década de 1910. O café, que foi por algum tempo uma das principais fontes de renda, se desvaloriza a partir de 1929, perdendo espaço para outras culturas e principalmente para o setor industrial. Na segunda metade do século XX foram incrementados investimentos nas áreas de saúde, biotecnologia, bioenergia e tecnologia da informação, sendo declarada em 2010 como "polo tecnológico". Essas atividades atualmente fazem com que Ribeirão Preto tenha o 24º maior PIB brasileiro.[15]

Além da importância econômica, o município é relevante centro de saúde, educação, pesquisas, turismo de negócios e cultura do Brasil. O Parque Prefeito Luiz Roberto Jábali, o Parque Maurílio Biagi e o Bosque-Zoológico municipal, configuram-se como importantes áreas de preservação ambiental, de recreação e passeios, enquanto que a Choperia Pinguim, o Teatro Pedro II e o Estúdios Kaiser de Cinema, são relevantes pontos de atividades culturais e de visitação por turistas. A cidade possui dois grandes eventos(feiras), a Feira Nacional do Livro de Ribeirão Preto e a tradicional e famosa Agrishow, que movimentou em 2018, mais de R$ 2,7 bilhões, atraindo público (nacional e internacional) de 159 mil visitantes.[16]. Segundo pesquisa da Urban Systems e Sator, Ribeirão Preto foi considerada a 19º cidade brasileira e 6º no estado de São Paulo, com o maior potencial de desenvolvimento em 2016.[17] Segundo o IPC Maps 2017, Ribeirão Preto ocupa a 15ª posição no ranking nacional de potencial de consumo e o 4º lugar no ranking estadual. Em 2016, a cidade estava na 20ª posição no ranking nacional e no 6º lugar no ranking estadual.[18]

Etimologia

Anterior à atual denominação do município, a cidade teve os nomes de Barra do Retiro, Capela de São Sebastião do Ribeirão Preto, Vila de São Sebastião do Ribeirão Preto, Vila de Entre Rios e Vila de Ribeirão Preto. O nome "Ribeirão Preto" deve-se ao ribeirão que atravessa a cidade, que é chamado de "Preto".[19] Quando o distrito pertencente a São Simão foi criado, pela lei provincial nº 51, de 2 de abril de 1870, ele denominava-se Ribeirão Preto. Pela lei provincial nº 34, de 7 de abril de 1879, a vila de Ribeirão Preto tomou o nome de Entre Rios e pela lei provincial nº 99, de 30 de junho de 1881, voltou a denominar-se Ribeirão Preto.[20]

En otros idiomas
български: Рибейрао Прето
বিষ্ণুপ্রিয়া মণিপুরী: রিবেইরাও প্রেটো
Esperanto: Ribeirão Preto
español: Ribeirão Preto
français: Ribeirão Preto
Avañe'ẽ: Ribeirão Preto
hrvatski: Ribeirão Preto
italiano: Ribeirão Preto
lietuvių: Ribeiraun Pretas
Malagasy: Ribeirão Preto
română: Ribeirão Preto
srpskohrvatski / српскохрватски: Ribeirão Preto
Simple English: Ribeirão Preto
српски / srpski: Рибеирао Прето
ślůnski: Ribeirão Preto
Türkçe: Ribeirão Preto
українська: Рібейран-Прету
Tiếng Việt: Ribeirão Preto
Volapük: Ribeirão Preto