Resistência não violenta

Resistência não violenta (ou ação não violenta) é a prática de exercer uma força para atingir uma meta sociopolítica através de um protesto simbólico, de não cooperação econômica ou política, desobediência civil e outros métodos, sem o uso da violência.

A Resistência Passiva é uma variedade de resistência não violenta, e é um termo usado às vezes de forma imprecisa como sinônimo da mesma. Isto implica a resistência por inércia ou de conformidade não enérgica, como oposição por resistência por atividade de antagonismo.

Satyagraha é o nome indiano atribuído ao método de resistência não violenta desenvolvido por Mahatma Gandhi, que levou à Independência da Índia. Modelos ocidentais influenciaram o método de Gandhi, podendo nomear-se o ensaio sobre a desobediência civil de David Thoreau, um opositor da escravatura nos EUA.

Satyagraha consubstancia-se em valores éticos, significando "satya" amor e firmeza e "agraha" a força que dali advém (Arp S., 2011). É um método ativo, não se confundindo com a resistência passiva. Contudo, não deveria causar sofrimento ao adversário. Satyagraha, método de não violência desenvolvido por Gandhi é «uma arma inestimável e incomparável de que dispõem apenas aqueles que não têm medo, seja das suas posses, da falsa honra, da família, do governo, de danos corporais ou da morte» (id., p. 42). Seu método e modelo de conduta, carismático, influenciou as campanhas de não violência na luta dos direitos civis nos EUA, tendo Martin Luther King Jr. estudado o método de Gandhi.

Como outras estratégias de mudança social, ações de não violência podem surgir de diversos modos e graus. Podem incluir, por exemplo, uma variedade de formas como a guerra de informações, protesto artístico, lóbi, resistência a impostos, boicotes ou sanções, combate legal/diplomático, sabotagem de materiais e equipamentos, etc.

Alguns especialistas em não violência discutem que muitos movimentos adotaram métodos de ação não violenta pragmáticos como uma maneira eficaz conseguir objetivos sociais ou políticos, distinguindo os métodos da ação não violenta daqueles de estância moral da não violência ou dos outros de não dano.

Lista das organizações atuais e recentes da resistência não-violenta

En otros idiomas