Reino de Israel

Translation to english arrow.svg
A tradução deste artigo está abaixo da qualidade média aceitável. É possível que tenha sido feita por um tradutor automático ou por alguém que não conhece bem o português ou a língua original do texto. Caso queira colaborar com a Wikipédia, tente encontrar a página original e melhore este verbete conforme o guia de tradução.
Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, o que compromete a verificabilidade (desde novembro de 2010). Por favor, insira mais referências no texto. Material sem fontes poderá ser acadêmico)



ממלכת יִשְׂרָאֵל
Reino Unido de Israel

Monarquia religiosa

Blank.png
1 030 a.C. – 723 a.C.?Map of Assyria-pt.svg
 
Kingdoms of Israel and Judah map 830-pt.svg
FlagBrasão
BandeiraBrasão
Localização de Israel
ContinenteÁsia
CapitalGeba (1 030-1 010 a.C.)
Hebrom (1 010-1 003 a.C.)
Samaria
Língua oficialHebraico, Aramaico
GovernoMonarquia e Teocracia
Rei
 • 1 030—1 006 a.C.Saul
 • 1 006—970 a.C.Davi
 • 931—? a.C.Salomão
História
 • Aprox. 1 030 a.C. de 1 030 a.C.Unção de Saul por Samuel
 • 1 030 a.C.Unção de Saul
 • 1 010 a.C. (sobre Judá) 1 002 a.C. (Sobre todo o Reino de Israel)Reinado de Davi
 • 970 a.C. a 931 a.C.?Reinado de Salomão
 • 732 a.C. a 723 a.C. (A Parte norte de Israel é conquistada pelos Assírios de 1 030 a.C.Ascensão de Oseias

O Reino de Israel de acordo com a Bíblia, foi a nação formada pelas 12 Tribos de Israel, um povo descendente de Jacó, Isaque e Abraão.

Segundo a história narrada na bíblia, após o Êxodo do Egi(p)to, sob a liderança de Moisés, os israelitas que eram nômadas/nómadas vaguearam pelo médio oriente durante décadas até que no final do século XIII a.C. sob a liderança de Josué os israelitas conquistam a terra de Canaã, abandonam o nomadismo e estabelecem-se nas terras conquistadas, dividindo o território entre as 12 tribos. O reino surge em meados do século XI a.C. na sequência da unificação das 12 tribos sob a chefia de Saul, seu primeiro rei.

Contudo não existia um verdadeiros poder central pois cada tribo governava a si própria. Os líderes nacionais, que se designavam "Juízes" tinham um poder muito frágil e só conseguiam unir as várias tribos em caso de guerra com os povos inimigos. A união entre as tribos era tão frágil que por vezes se guerreavam entre si. A Confederação Israelita, da era anterior ao Reino de Israel, também tem sido considerada uma espécie de república.

Cansados destas situações as tribos israelitas resolveram unir-se e instaurar uma monarquia. O profeta Samuel, último dos Juízes, designou Saul, da Tribo de Benjamim, como o primeiro Rei de Israel. O reino abrangia a região montanhosa de Judá e de Efraim, cuja capital era Gibeal.

Estudiosos modernos, incluindo crítica textual e arqueológica, tem contestado a versão bíblica da história do Reino, incluindo a história de como o reino do norte de Israel se desvinculou de uma monarquia unida com o reino sulista de Judá, afirmando que a civilização israelita nortenha se desenvolveu independentemente de Judá, uma área rural comparativamente menor, e só atingiu um nível de sofisticação política, econômica, arquitetural e militar quando o reino foi absorvido pela dinastia Omride, por volta de 884 EC.[1][2]

Reino de Israel

Saul não modificou a organizações das tribos, também não tinha um exército forte, mas conseguiu derrotar os amalequitas, mas desobedece ordens do profeta Samuel e sacrifica um animal para tentar falar com Deus, algo que só era permitido aos sacerdotes. Deus proclama a Samuel que o jovem pastor Davi será o novo rei de Israel. Durante a guerra contra os filisteus, Davi entra para o exército e sozinho mata o gigante Golias, tornando-se famoso. Saul viu nele uma ameaça e passa a persegui-lo. Davi junto com outros soldados refugiam-se até que os filisteus invadem Israel, Saul desesperado decide atacá-los no Monte Gilboa, mas as armas israelitas eram inferiores e eles foram atraídos para uma armadilha. Os filisteus aniquilam todos, os filhos de Saul morrem, ele então suicida-se.

Agora Davi é o novo rei de Israel e consegue restabelecer um exército e expulsar os filisteus. Também invade a cidade de Jerusalém controlada pelos jebuseus, o soldado Joabe foi o primeiro a entrar e por isso tornou-se general. Davi transforma Jerusalém em sua nova capital. Ele invade os reinos dos amonitas, moabitas e edomitas tornando-os estados tributários. Quando Davi morre, seu filho Salomão assume o trono, com a ajuda de engenheiros fenícios constrói uma grande frota mercante que comercializava desde os portos do atual Sudão até os da atual Espanha, melhora o exército, fortalece a economia.

Salomão construiu o Templo de Jerusalém que demorou 7 anos para ser construído e isso gerou um aumento dos impostos que permaneceram mesmo após o fim da construção, o povo estava descontente com os impostos abusivos. Após sua morte, seu filho Roboão assumiu o trono, mas devido ao descontentamento em relação aos impostos, as 10 tribos do Norte separam-se e proclamaram Jeroboão como seu rei. Israel foi dividido entre o Reino de Israel (ao Norte com capital em Samaria) e o Reino de Judá (ao Sul com capital em Jerusalém).

Jeroboão estabeleceu-se em Siquém. Vendo que os israelitas continuavam peregrinando ao Templo de Jerusalém, temeu perder o seu trono e fez dois bezerros de ouro, colocando um em Betel e o outro em , declarando o bezerro como o deus que tirou os israelitas do Egito, nomeou sacerdotes que não eram levitas e construiu templos. Por causa disso o profeta Aiá declarou que Deus levantaria um rei de Judá que exterminaria toda a Casa de Jeroboão até o último varão. Por toda a vida tentou em vão conquistar o Reino de Judá. O filho de Jeroboão, Nabade assumiu o trono, mas dois anos depois foi assassinado e Baasa se tornou o novo rei que exterminou todos os membros da família de Jeroboão, como predito pelo profeta Aía.

Baasa também cometeu os mesmos pecados de Jeroboão, por isso também sua linhagem foi exterminada, sendo sucedida por outras que cometiam os mesmos erros.

Os reinos de Israel e Judá travavam disputas um querendo conquistar o outro. Até que entre 730-720 a.C., o rei Salmanaser V da Assíria invadiu Israel, após o rei Oseias ter recusado de pagar tributo aos assírios. Salmanaser V conquistou Israel, prendeu Oseias e os israelitas. O Reino de Judá conseguiu, finalmente, paz podendo se desenvolver.

En otros idiomas
español: Reino de Israel
客家語/Hak-kâ-ngî: Yî-set-lie̍t Vòng-koet
Bahasa Indonesia: Kerajaan Israel (Samaria)
Nederlands: Koninkrijk Israël
srpskohrvatski / српскохрватски: Kraljevstvo Izrael
Gagana Samoa: Le Malo o Isaraelu
ייִדיש: מלכות ישראל
Bân-lâm-gú: Í-sek-lia̍t Ông-kok