Rei

  • classificação da nobreza
    heraldic royal crown (common).svg
    imperador e imperatriz
    rei e rainha
    príncipe e princesa
    infante e infanta
    arquiduque e arquiduquesa
    grão-duque e grã-duquesa
    duque e duquesa
    marquês e marquesa
    conde e condessa
    visconde e viscondessa
    barão e baronesa
    senhor e senhora
    baronete e baronetesa
    cavaleiro e dama
    escudeiro e escudeira
    para ver todos os títulos clique aqui

    um rei (no feminino: rainha) é um chefe de estado ocupante de um trono real ou um súdito de um imperador por exemplo[1] ou de outra espécie de soberano; ou um ex-soberano que virou escravo de um dominador.[2] que pode ou não, dependendo do estilo de governo de uma nação ou país, ser um soberano de um reino, deter o exercício de poderes monárquicos sobre um território designado de reino, sob uma política governamental conhecida por monarquia. seu adjetivo é o real[3][4]. um rei e uma rainha são os únicos monarcas que existem[5], que são reinantes[6] quando suas dignidades não são naturais de um império[3].

    um rei é o segundo maior patamar nobiliárquico soberano, a seguir ao de imperador (título de nobreza supremo e maior status social que se pode ter) cuja dignidade normalmente abrangia territórios de maior extensão, chamados de império, por englobar mais que um reino[7][3]. um rei tem status de nobreza mais elevado que o de um príncipe[8], e dos títulos de nobreza que estão abaixo do de príncipe. por consequência pela lógica filosófica das formas de governo republicanas e monárquicas, como um barão por exemplo, ou duque por exemplo, é impossível haver um rei ou uma rainha numa república; pela elevação do título de nobreza de rei, é impossível haver algum rei numa república[9].

    o equivalente feminino do rei é a rainha, embora o termo "rainha" possa referir-se também a uma soberana no seu próprio direito, a uma rainha reinante, ou à esposa de um rei, uma rainha consorte. o marido de uma rainha reinante é, por vezes, apelidado de rei consorte, mas é mais comumente denominado de príncipe consorte. a sua família é designada por família real.

    um rei ou rainha pode ostentar uma coroa, um manto real, ou outros símbolos que representem o seu poder régio tais como um ceptro ou então um documento que oficialize e que sustente ou defina a sua autoridade como a magna carta de 1215 que determinava os poderes que o rei joão de inglaterra poderia ou não deter.

    historicamente, o posição do "rei" deriva dos primeiros líderes tribais ou principais de diferentes povos tais como o (em sumério lugal, em semitico o sharrum, em latim rex, em grego o basileus, em sânscrito o rajá, em alemão o kuningaz) poderia ser também o tirano de uma cidade-estado. muitas vezes, o rei não tinha só uma função política mas, ao mesmo tempo, uma religiosa, atuando como sumo sacerdote ou divino rei, como foi o caso de certos reinos antigos.

    referências

  • ver também
  • ligações exteriores

Classificação da Nobreza
Heraldic Royal Crown (Common).svg
Imperador e Imperatriz
Rei e Rainha
Príncipe e Princesa
Infante e Infanta
Arquiduque e Arquiduquesa
Grão-duque e Grã-duquesa
Duque e Duquesa
Marquês e Marquesa
Conde e Condessa
Visconde e Viscondessa
Barão e Baronesa
Senhor e Senhora
Baronete e Baronetesa
Cavaleiro e Dama
Escudeiro e Escudeira
Para ver todos os títulos clique aqui

Um rei (no feminino: rainha) é um chefe de Estado ocupante de um trono real ou um súdito de um imperador por exemplo[1] ou de outra espécie de soberano; ou um ex-soberano que virou escravo de um dominador.[2] Que pode ou não, dependendo do estilo de governo de uma nação ou país, ser um soberano de um reino, deter o exercício de poderes monárquicos sobre um território designado de reino, sob uma política governamental conhecida por monarquia. Seu adjetivo é o real[3][4]. Um Rei e uma rainha são os únicos monarcas que existem[5], que são reinantes[6] quando suas dignidades não são naturais de um império[3].

Um rei é o segundo maior patamar nobiliárquico soberano, a seguir ao de imperador (título de nobreza supremo e maior status social que se pode ter) cuja dignidade normalmente abrangia territórios de maior extensão, chamados de império, por englobar mais que um reino[7][3]. Um rei tem status de nobreza mais elevado que o de um príncipe[8], e dos títulos de nobreza que estão abaixo do de príncipe. Por consequência pela lógica filosófica das formas de governo republicanas e monárquicas, como um barão por exemplo, ou duque por exemplo, é impossível haver um rei ou uma rainha numa república; Pela elevação do título de nobreza de rei, é impossível haver algum rei numa república[9].

O equivalente feminino do rei é a rainha, embora o termo "rainha" possa referir-se também a uma soberana no seu próprio direito, a uma rainha reinante, ou à esposa de um rei, uma rainha consorte. O marido de uma rainha reinante é, por vezes, apelidado de rei consorte, mas é mais comumente denominado de príncipe consorte. A sua família é designada por família real.

Um rei ou rainha pode ostentar uma coroa, um manto real, ou outros símbolos que representem o seu poder régio tais como um ceptro ou então um documento que oficialize e que sustente ou defina a sua autoridade como a Magna Carta de 1215 que determinava os poderes que o rei João de Inglaterra poderia ou não deter.

Historicamente, o posição do "rei" deriva dos primeiros líderes tribais ou principais de diferentes povos tais como o (em sumério lugal, em semitico o sharrum, em latim rex, em grego o basileus, em sânscrito o rajá, em alemão o kuningaz) poderia ser também o tirano de uma cidade-Estado. Muitas vezes, o rei não tinha só uma função política mas, ao mesmo tempo, uma religiosa, atuando como sumo sacerdote ou divino rei, como foi o caso de certos reinos antigos.

Referências

En otros idiomas
Afrikaans: Koning
Alemannisch: König
العربية: ملك
azərbaycanca: Kral
Boarisch: Kini
žemaitėška: Karalios
беларуская: Кароль
беларуская (тарашкевіца)‎: Кароль
български: Крал
brezhoneg: Roue
bosanski: Kralj
нохчийн: Паччахь
کوردی: پادشا
corsu:
čeština: Král
dansk: Konge
Deutsch: König
Zazaki: Qıral
English: King
Esperanto: Reĝo
eesti: Kuningas
euskara: Errege
estremeñu: Rei
فارسی: شاه
suomi: Kuningas
français: Roi
Nordfriisk: Könang
Frysk: Kening
𐌲𐌿𐍄𐌹𐍃𐌺: 𐌸𐌹𐌿𐌳𐌰𐌽𐍃
hrvatski: Kralj
hornjoserbsce: Kral
Kreyòl ayisyen: Wa
magyar: Király
interlingua: Rege
Bahasa Indonesia: Raja (gelar)
Interlingue: Rey
íslenska: Konungur
italiano: Re
日本語:
Taqbaylit: Agellid
ភាសាខ្មែរ: ព្រះមហាក្សត្រ
ಕನ್ನಡ: ಅರಸ
한국어:
kurdî: Key
Latina: Rex
Limburgs: Keuning
lumbaart: Re
lietuvių: Karalius
latviešu: Karalis
македонски: Крал
Mirandés: Rei
Plattdüütsch: König
Nedersaksies: Könning (titel)
नेपाली: राजा
Nederlands: Koning (titel)
norsk nynorsk: Konge
norsk: Konge
Nouormand: Roué
polski: Król
پنجابی: بادشاہ
پښتو: پاچا
Runa Simi: Qhapaq
русский: Король
سنڌي: بادشاھ
davvisámegiella: Gonagas
srpskohrvatski / српскохрватски: Kralj
Simple English: King
slovenčina: Kráľ (panovník)
slovenščina: Kralj
Soomaaliga: Boqor
shqip: Mbreti
српски / srpski: Краљ
svenska: Kung
ślůnski: Krůl
తెలుగు: మహారాజు
Tagalog: Hari
Türkçe: Kral
удмурт: Король
українська: Король
اردو: بادشاہ
oʻzbekcha/ўзбекча: Qirol
vèneto: Re
Tiếng Việt: Vương
Yorùbá: Ọba
中文:
Bân-lâm-gú: Ông
粵語: