Radicalismo

Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, o que compromete a verificabilidade (desde janeiro de 2013). Por favor, insira mais referências no texto. Material sem fontes poderá ser acadêmico)
Caricatura de 1791 mostrando radicais ingleses decapitando o rei Jorge III do Reino Unido. Charles James Fox, o criador do sentido estrito do termo "radical", está segurando o machado.

O radicalismo, no sentido filosófico, pode ser definido como uma doutrina que prega o uso de ações revolucionárias visando à transformação da sociedade.[1]

Num sentido mais estrito, o termo costuma ser aplicado às correntes políticas democráticas do final do século XVIII e início do século XIX.

História

O radicalismo tem suas raízes no final do século XVIII e início do século XIX, durante a Revolução Francesa, quando houve a proposta de que o comportamento jacobinista de determinados grupos deveria visar ao combate pela raiz das anomalias sociais mediante a implantação de reformas radicais.

En otros idiomas
العربية: راديكالية
беларуская: Радыкалізм
català: Radicalisme
čeština: Radikalismus
Deutsch: Radikalismus
español: Radicalismo
eesti: Radikalism
français: Radicalisme
galego: Radicalismo
hrvatski: Radikalizam
magyar: Radikalizmus
Bahasa Indonesia: Radikalisme (sejarah)
íslenska: Róttækni
italiano: Radicalismo
日本語: 急進主義
ქართული: რადიკალიზმი
қазақша: Радикализм
lumbaart: Radicalism
македонски: Радикализам
Nederlands: Radicalisme
русский: Радикализм
slovenčina: Radikalizmus
українська: Радикалізм
中文: 激进主义
Bân-lâm-gú: Kip-chìn-phài