Raúl Castro

Raúl Castro
16º Presidente de Cuba
Período24 de fevereiro de 2008
até 19 de abril de 2018 [nota 1]
Vice-presidenteJosé Ramón Machado Ventura (2008-2013)
Miguel Díaz-Canel (2013-2018)
Antecessor(a)Fidel Castro
Sucessor(a)Miguel Díaz-Canel
1º Vice-presidente de Cuba
Período2 de dezembro de 1976
até 24 de fevereiro de 2008
PresidenteFidel Castro
Antecessor(a)Fidel Castro (como Primeiro-ministro)
Sucessor(a)José Ramón Machado Ventura
Ministro da Defesa de Cuba
Período16 de fevereiro de 1959
até 24 de fevereiro de 2008
ComandanteFidel Castro
Primeiro-secretário do Partido Comunista de Cuba
Período19 de abril de 2011
até atualidade
Antecessor(a)Fidel Castro
Sucessor(a)-
Dados pessoais
Nascimento3 de junho de 1931 (87 anos)
Birán, Mayarí, Holguín
CônjugeVilma Espín Guillois (1959–2007)
FilhosDeborah
Mariela
Nilsa
Alejandro
PartidoPartido Comunista
ReligiãoAteu
AssinaturaAssinatura de Raúl Castro
Serviço militar
LealdadeForças Armadas Revolucionárias
Serviço/ramoMovimento 26 de Julho
Anos de serviço1953-1959
GraduaçãoComandante
Batalhas/guerrasRevolução Cubana
CondecoraçõesHerói da República de Cuba

Raúl Modesto Castro Ruz [1] (Birán, 3 de junho de 1931) é um ditador e revolucionário cubano. Foi presidente do Conselho de Estado da República de Cuba, de 24 de fevereiro de 2008 até 19 de abril de 2018. Ele é o irmão mais novo do ex-presidente cubano Fidel Castro, e ocupa os seguintes cargos: vice-presidente do Conselho de Ministros, primeiro vice-presidente do Conselho de Estado de Cuba, vice-secretário do Politburo e do Comitê Central do Partido Comunista de Cuba (PCC), e Supremo General das Forças Armadas (Exército, Marinha e Força Aérea), e atual primeiro na Chefia de Comando.

Em 31 de julho de 2006, Raúl Castro assumiu o cargo de presidente do Conselho de Estado durante a transferência temporária de poder em virtude da enfermidade de seu irmão, Fidel Castro, cargo que viria a assumir com plenos poderes a 24 de fevereiro de 2008, mantendo-se no cargo até 19 de abril de 2018.

Biografia

Juventude

Raúl é o mais jovem entre os três irmãos de Fidel Castro. Da mesma forma como Fidel, mais tarde Raúl ingressou no Colégio Jesuíta de Dolores em Santiago de Cuba, e no Colégio de Belén em Havana. Raúl estudou Ciências Sociais. Ao contrário de Fidel, que é membro do Partido Ortodoxo, nacionalista de esquerda[2]), Raúl era um socialista convicto e se uniu à Juventude Socialista, afiliada ao Partido Comunista Cubano, de tipo soviético, então chamado Partido Socialista Popular (PSP).[3]

Os irmãos participaram ativamente de algumas manifestações estudantis contra o governo de Carlos Prío Socarrás, regularmente abalado por escândalos de corrupção. Em 1953, Raúl foi um dos integrantes do Movimento Revolucionário 26 de Julho, que atacou o Quartel de La Moncada. Como pena, passou 22 meses na prisão. Durante seu posterior exílio no México, participou dos preparativos da expedição Granma, desembarcando em Cuba em dezembro de 1956.

Castro conheceu Ernesto "Che" Guevara no México e ele introduziu-o ao círculo revolucionário de Fidel. Raúl também entrou em contato com o agente soviético da KGB Nikolai Leonov. Ambos teriam se conhecido durante uma viagem por países do bloco soviético. Esta relação persistiria até os irmãos Castro tomarem o poder em Cuba.

Revolução Cubana

Raúl Castro e Che Guevara na Sierra Maestra.

Como combatente do exército rebelde, tomou parte da campanha de Sierra Maestra, a 27 de fevereiro de 1958 e foi nomeado comandante e teve como missão cruzar a antiga província de Oriente, liderando uma coluna de guerrilheiros, para abrir a "Frente Este Frank País" até o noroeste.[3]

Em junho de 1959, frente aos bombardeios da aviação cubana, equipada com armas estadunidenses, ele responde com a "Operação Antiaérea" e sequestra vários cidadãos estadunidenses, inclusive militares. O objetivo era acabar com os bombardeios de Sierra Maestra que têm um impacto mortífero para as forças rebeldes e para a população civil da região. A operação é exitosa. O Washington Post e o Times Herald evocam “o tratamento digno de um rei” do qual se beneficiaram os reféns. “Os militares estadunidenses foram tratados tão bem, e foram tão convencidos pelos argumentos dos rebeldes, que vários deles desejavam ficar e lutar contra Batista”. “Uma figura extraordinária, esse Raúl Castro”, escreve de sua parte a revista estadunidense Time, citando um refém, e completa que o jovem comandante “desejava dar uma lição em Washington.”[3]

Raúl Castro e Lula da Silva

Raúl Castro Ruz passou a formar parte da Direção Nacional das Organizações Revolucionárias Integradas, e do Partido Unido da Revolução Socialista de Cuba. Foi o segundo secretário do Comitê Central do Partido desde que foi promulgada a primeira constituição em outubro de 1965 e segundo comissário da Assembleia Nacional do Poder Popular desde sua criação em 1976 até substituir seu irmão.

Raúl foi também primeiro vice-presidente dos conselhos de Estado e de Ministros, ministro e general máximo das Forças Armadas Revolucionárias desde 1959.

En otros idiomas
Afrikaans: Raúl Castro
aragonés: Raúl Castro
العربية: راؤول كاسترو
asturianu: Raúl Castro
azərbaycanca: Raul Kastro
žemaitėška: Raúl Castro
Bikol Central: Raul Castro
беларуская: Рауль Кастра
беларуская (тарашкевіца)‎: Рауль Кастра
български: Раул Кастро
brezhoneg: Raúl Castro
bosanski: Raúl Castro
čeština: Raúl Castro
Deutsch: Raúl Castro
ދިވެހިބަސް: ރައުލް ކާސްޓްރޯ
Ελληνικά: Ραούλ Κάστρο
English: Raúl Castro
Esperanto: Raúl Castro
español: Raúl Castro
euskara: Raúl Castro
français: Raúl Castro
Gaeilge: Raúl Castro
galego: Raúl Castro
hrvatski: Raúl Castro
magyar: Raúl Castro
Bahasa Indonesia: Raúl Castro
íslenska: Raúl Castro
italiano: Raúl Castro
ქართული: რაულ კასტრო
Ladino: Raúl Castro
Lëtzebuergesch: Raúl Castro
lietuvių: Raúl Castro
latviešu: Rauls Kastro
Malagasy: Raúl Castro
македонски: Раул Кастро
Bahasa Melayu: Raúl Castro
مازِرونی: رائول کاسترو
Nederlands: Raúl Castro
norsk nynorsk: Raúl Castro
occitan: Raúl Castro
polski: Raúl Castro
Runa Simi: Raúl Castro
русский: Кастро, Рауль
sicilianu: Raùl Castro Ruz
srpskohrvatski / српскохрватски: Raúl Castro
Simple English: Raúl Castro
slovenčina: Raúl Castro
slovenščina: Raúl Castro
српски / srpski: Раул Кастро
svenska: Raúl Castro
Kiswahili: Raúl Castro
Tagalog: Raúl Castro
Türkçe: Raúl Castro
українська: Рауль Кастро
oʻzbekcha/ўзбекча: Raúl Castro
Tiếng Việt: Raúl Castro
Yorùbá: Raúl Castro
Bân-lâm-gú: Raúl Castro