Quipá


Uma quipá[1] (em hebraico כיפה, kipá, "cobertura") é o chapéu, boina, touca ou outra peça de vestuário utilizada pelos judeus tanto como símbolo da religião como símbolo de temor a Deus.

Quipá de crochet, o símbolo da ortodoxia moderna e do sionismo religioso
Rabino Sabbetai Djaen com cartola como quipá
Rabino David de sola Pool com capelo
Grão-rabino Shlomo Amar com turbante

Justificação haláquica

O Talmude enfatiza a necessidade de se ter sempre o temor a Deus sobre a cabeça[2]. Na sua maioria, os judeus utilizam o quipá apenas em ocasiões solenes e de devoção, enquanto alguns utilizam-no o dia inteiro, ilustrando a necessidade de se temer a Deus em todos os momentos da vida. Seu uso é usualmente associado ao reconhecimento da superioridade divina sobre o ser humano, sendo símbolo de humildade perante o Criador e de submissão à sua vontade.[3]

Nos ramos ortodoxos somente os homens usam chapéus como o solidéu, ainda que nos tempos modernos ramificações não-ortodoxas do judaísmo permitam que as mulheres também o utilizem. As mulheres geralmente usam véus, e alguns ramos hassídicos requerem que rapem a cabeça e usem perucas.[4]

O uso de coberturas para a cabeça não era visto como obrigação religiosa (haláquica) até o século XVI. [5]

En otros idiomas
العربية: كيباه
български: Ермолка
bosanski: Jarmulka
català: Quipà
Cebuano: Kipa
čeština: Kipa
dansk: Kippa
Deutsch: Kippa
English: Kippah
Esperanto: Kipao
español: Kipá
euskara: Kippa
فارسی: کیپا
suomi: Kipa
français: Kippa
galego: Kipá
Հայերեն: Կիպա
Bahasa Indonesia: Kippah
italiano: Kippah
한국어: 키파
Ladino: Kipa
lietuvių: Jarmulka
Bahasa Melayu: Kippah
norsk: Kippa
polski: Jarmułka
русский: Ермолка
Scots: Kippah
Simple English: Kippah
slovenčina: Kipa
svenska: Kippa
Kiswahili: Kapele
தமிழ்: கீப்பா
Türkçe: Kipa
українська: Ярмулка
Tiếng Việt: Kippah
ייִדיש: קאפל