Prisciliano

Under construction icon-yellow.svg
Este artigo carece de caixa informativa ou a usada não é a mais adequada. Foi sugerido que adicionasse esta.
Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, o que compromete a verificabilidade (desde dezembro de 2013). Por favor, insira mais referências no texto. Material sem fontes poderá ser acadêmico)
"Prisciliano ensinou que os nomes dos Patriarcas correspondem às partes da alma, e de jeito paralelo, os signos do Zodíaco correspondem-se com partes do corpo". Cita de Orósio, na sua Communitorium de errore Priscillianistarum et Origenistarum.

Prisciliano de Ávila (Galécia, c.340Tréveris, 385) foi um bispo herege hispânico da cidade de Ávila (em latim: Abila)[1], fundador do priscilianismo. Foi, junto a outros companheiros, o primeiro herege justiçado por uma instituição civil.

Origens e primeiros passos

Acredita-se que nasceu na Hispânia ocidental, provavelmente na província romana da Galécia, no seio de uma família senatorial.[2] Por volta de 370 viaja a Burdigala (Bordéus) para se formar com o retórico Delphidius.[3] Nos arredores desta cidade funda uma comunidade de tendência rigorista junto ao seu mentor e a mulher deste, Eucrócia. É reconhecida uma relação com a filha de ambos, Prócula, embora São Jerônimo faz menção a uma mulher chamada Gala como seu casal oficial.[4] Seu principal adversário, Itácio de Ossónoba (atual Faro),[5] atribui seus conhecimentos de astronomia e magia a um tal Marco de Mênfis, porém este nome parece remitir a um mago alexandrino do século I citado por Santo Ireneu no seu Adversus haereses. Por volta de 379, durante o consulado de Ausônio e de Olíbrio, volta ao noroeste peninsular e começa seu período predicante.[6] As suas ideias obtiveram grande sucesso, em especial entre as mulheres e as classes populares,[7] pela sua recusa à união da Igreja com o Estado imperial e à corrupção e enriquecimento das hierarquias. Frente da rápida extensão dos seus ensinos, Higínio de Córdova, o sucessor de Ósio de Córdoba, envia uma carta informando da situação ao bispo da sede metropolitana de Emerita Augusta (capital da Diocese da Hispânia), Hidácio.

En otros idiomas
asturianu: Priscilianu
български: Присцилиан
català: Priscil·lià
Deutsch: Priscillian
Ελληνικά: Πρισκιλλιανός
English: Priscillian
Esperanto: Prisciliano
español: Prisciliano
euskara: Prisziliano
français: Priscillien
galego: Prisciliano
hrvatski: Priscilijan
italiano: Priscilliano
polski: Pryscylian
русский: Присциллиан
srpskohrvatski / српскохрватски: Priscilijan
svenska: Priscillianus