Percloroetileno

Percloroetileno
Alerta sobre risco à saúde
Tetrachloroethylene.svgTetrachloroethylene-3D-vdW.png
Tetrachlorethylene.PNG
Nome IUPACtetrachloroethene
Outros nomesTetracloroetileno
Tetracloroeteno
Percloroeteno
perc, PCE
Identificadores
Número CAS127-18-4
PubChem31373
Número EINECS204-825-9
Número RTECSKX3850000
SMILES
Propriedades
Fórmula molecularC2Cl4
Massa molar165.8 g/mol
AparênciaLíquido claro e incolor
Densidade1,62 g·cm-3 (20 °C)[1]
Ponto de fusão

-22 °C[1]

Ponto de ebulição

121 °C[1]

Solubilidade em águamuito pouco solúvel: 160 mg·l?1[1]
Solubilidademiscível com a maioria dos solventes orgânicos [2]
Pressão de vapor19 hPa (20 °C)[1]
Índice de refracção (nD)1,5059[2]
Viscosidade0.89 cP at 25 °C [carece de fontes?]
Riscos associados
MSDSExternal MSDS
Principais riscos
associados
Nocivo (Xn),
Perigoso para
o meio ambiente (N)
Frases RR40 R51/53
Frases SS2 S23 S36/37 S61
Ponto de fulgorNão inflamável
Compostos relacionados
Halofórmios relacionados relacionadosHexacloroetano
Dicloroacetileno
Tetrafluoretileno
Tetrabromoetileno
Tetraiodoetileno
Percloropropeno
Compostos relacionadosTricloroetileno
1,1- e 1,2-Dicloroetileno
Cloroetileno (cloreto de vinila)
Exceto onde denotado, os dados referem-se a
materiais sob condições normais de temperatura e pressão

Referências e avisos gerais sobre esta caixa.
Alerta sobre risco à saúde.

Percloroetileno, nome comercialmente mais usual do tetracloroeteno Cl2C=CCl2 é um composto químico fabricado que é largamente usado para a lavagem a seco de produtos (frequentemente chamado "fluido de limpeza a seco") e desengraxe de metais. É também utilizado na produção de outros produtos químicos e alguns produtos de consumo, especialmente para desengraxe e limpeza.

A produção mundial deste produto químico de larga aplicação atingiu aproximadamente 1 milhão de toneladas em 1985.[3]

Produção

Michael Faraday sintetizou pela primeira vez o tetracloroeteno em 1821 por decomposição térmica do hexacloroetano em tetracloroeteno e cloro.É utilizado para desengraxar alumínio em empresas que produzem panelas e assadeiras.

C2Cl6 → C2Cl4 + Cl2

A maior parte do tetracloroeteno é produzido pela cloronólise a alta temperatura de hidrocarbonetos leves. O método é relacionado a descoberta de Faraday já que o hexacloroetano é gerado e termicamente se decompõe.[3] Subprodutos incluem tetracloreto de carbono, cloreto de hidrogênio e hexaclorobutadieno.

Intoxicação

Depende sempre da via:

Ingestão

Ingestão gástrica, náuseas e vómitos. Causa depressão do sistema nervoso central que pode levar à morte. Exposição a doses massivas pode levar a arritemias e morte por potenciação das catecolaminas do miocárdio. Induz necrólise epidérmica tóxica[4]

Referências

  1. a b c d e Registo de Tetrachlorethen na Base de Dados de Substâncias GESTIS do IFA
  2. a b Felix Geldsetzer, in: Roempp Online - Version 3.5, 2009, Georg Thieme Verlag, Stuttgart.
  3. a b M. Rossberg et al. "Chlorinated Hydrocarbons" in Ullmann’s Encyclopedia of Industrial Chemistry 2006, Wiley-VCH, Weinheim. 233.pub2 10.1002/14356007.a06 233.pub2
  4. http://percloroetileno01.wix.com/percloroetileno#!intoxicao/c1hwm

Ligações externas

Ícone de esboçoEste artigo sobre um composto orgânico é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia .
En otros idiomas
български: Тетрахлороетен
hrvatski: Perkloretilen
Bahasa Indonesia: Tetrakloroetilena
italiano: Tetracloroetene
Nederlands: Tetrachlooretheen
srpskohrvatski / српскохрватски: Tetrahloroetilen
српски / srpski: Tetrahloroetilen
svenska: Perkloretylen
中文: 四氯乙烯