Patrick Depailler

Patrick Depailler
Depailler pilotando um carro de Fórmula 2 em Nürburgring em 1970
Informações pessoais
Nome completo Patrick André Eugène Joseph Depailler
Nacionalidade França Francês
Nascimento 9 de agosto de 1944
Clermont-Ferrand
Morte 1 de agosto de 1980 (35 anos)
Hockenheim
Registros na Fórmula 1
Temporadas 1972, 1974- 1980
Equipes 3 ( Tyrrell, Ligier e Alfa Romeo)
GPs disputados 123
Títulos 0 (4º em 1976)
Vitórias 2
Pódios 19
Pontos 141 (139) 1
Pole positions 1
Voltas mais rápidas 4
Primeiro GP França GP da França de 1972
Primeira vitória Mónaco GP de Mônaco de 1978
Última vitória Espanha GP da Espanha de 1979
Último GP Reino Unido GP da Grã-Bretanha de 1980

Patrick André Eugène Joseph Depailler ou apenas Patrick Depailler, nascido em ( Clermont-Ferrand, 9 de agosto de 1944 - Hockenheim, 1 de agosto de 1980) foi um automobilista francês.

Biografia

Quando criança, ele foi inspirado por Jean Behra. Talentoso e carismático, Depailler nunca obteve o tipo de equipamento que seu talento merecia. Depois de disputar um grande prêmio em 1972 pela Tyrrell, na França, Depailler juntou-se em definitivo à equipe em 1974, substituindo François Cévert, que havia falecido em acidente no ano anterior. Todavia, a equipe já estava entrando em um longo e vagaroso declínio, o que lhe impediu de obter bons resultados com mais frequência. Sua primeira vitória veio apenas em 1978, em Mônaco. No ano seguinte, mudou-se para a Ligier. A equipe francesa tinha um bom carro, e logo Depailler viu-se entre os postulantes ao título, depois de obter um segundo lugar no Brasil e uma vitória na Espanha. Contudo, após o Grande Prêmio de Mônaco, Depailler sofreu um grave acidente com uma asa-delta na França, que lhe causou várias fraturas, impondo-lhe um afastamento pelo resto da temporada. Em razão disso, Guy Ligier não renovou seu contrato, e Depailler mudou-se para a Alfa Romeo em 1980. Neste último time, o francês trabalhava para desenvolver o carro, sendo que, em uma sessão de testes privados realizada em Hockenheim em 1 de agosto de 1980, a quebra da suspensão traseira arremessou seu bólido, em alta velocidade, contra o muro de proteção da Ost Kurve; com o choque, o carro decolou sobre uma barreira de concreto, e Depailler faleceu em função de ferimentos fatais em sua cabeça, coincidentemente na mesma data em que, em 1959, morreu também em um acidente seu ídolo Behra.

Ele venceu duas corridas, obteve uma pole position, atingindo 19 pódios, e fez um total de 141 pontos no campeonato.

En otros idiomas