Ossétia do Sul

Республикӕ Хуссар Ирыстон
Respublikæ Xussar Iryston (osseto)
სამხრეთ ოსეთის რესპუბლიკა
Samkhret Osetis Respublika (georgiano)
Республика Южная Осетия Respublika Yuzhnaya Osetiya (russo)

República da Ossétia do Sul
Bandeira da Ossétia do Sul
Brasão das Armas
BandeiraBrasão das Armas
Hino nacional: Hino Nacional da Ossétia do Sul
Gentílico: Osseto ou osseta

Localização República da Ossétia do Sul

CapitalTskhinvali
Cidade mais populosaTskhinvali
Língua oficialOsseto e russo
Línguas reconhecidasGeorgiano (regionalmente)
GovernoRepública semipresidencialista
 - PresidenteAnatoliy Bibilov
 - Primeiro-ministroDomenty Kulumbegov (interino)
Independência declarada da República da Geórgia 
 - Declarada28 de novembro de 1991 
 - Reconhecida (pela Federação Russa)26 de agosto de 2008 
Área 
 - Total3.900 km² 
 - Água (%)negligenciável
População 
 - Estimativa para 200070 000 hab. 
 - Densidade154 hab./km² (18.º)
MoedaRublo Russo (RUB)
Fuso horário(UTC+4)
Independência reconhecida apenas pela Rússia, Venezuela e Nicarágua
Ossetia-map.png

A Ossétia do Sul (em osseto: Хуссар Ирыстон, transl. Khussar Iryston; em russo; em georgiano: სამხრეთ ოსეთი, transl. Samkhret Oseti: Южная Осетия, trans. Yujnaya Ossétiya) é uma região do Cáucaso do Sul, anteriormente chamada de oblast autônomo da Ossétia do Sul, dentro da República Socialista Soviética da Geórgia, parte da qual tem sido independente de facto da Geórgia desde a sua declaração de independência como República da Ossétia do Sul, em dezembro de 1991, durante o conflito osseto-georgiano.

A despeito de a maioria dos países da Organização das Nações Unidas considerar a Ossétia do Sul como parte integrante da Geórgia, em 26 de agosto de 2008 o parlamento e presidente russos anunciaram o reconhecimento formal da independência da região (juntamente com a da Abcásia).[1]O povo da Ossétia do Sul deseja se unir a seus semelhantes étnicos na Ossétia do Norte, que é uma república autônoma dentro da Federação Russa.[2]

Situação política

A Organização das Nações Unidas, a União Europeia, a Organização para a Segurança e Cooperação na Europa, o Conselho da União Europeia, a Organização do Tratado do Atlântico Norte e a maioria dos países do mundo reconhecem a Ossétia do Sul como parte da Geórgia. No entanto o governo secessionista do Estado não-reconhecido organizou um segundo referendo de independência[3] no dia 12 de novembro de 2006, depois do primeiro referendo, realizado em 1992, não ter sido reconhecido pela comunidade internacional.[4] De acordo com as autoridades eleitorais de Tskhinvali, o resultado do referendo foi esmagadoramente favorável à independência, com 99% dos eleitores apoiando a separação da Geórgia, com um índice de abstenção de cerca de 5% dos eleitores.[5] O referendo foi monitorado por uma equipe de 34 observadores internacionais em 78 postos de votação.[6]

No entanto, a eleição novamente não foi reconhecida pela ONU, União Europeia, OSCE, OTAN, bem como pelos Estados Unidos e pela Federação Russa, dada a falta de participação de eleitores da etnia georgiana e a questão da legalidade do referendo sem o reconhecimento do governo central, em Tbilisi.[7] Paralelamente a estas eleições e referendos, um movimento político osseta de oposição ao governo secessionista oficial organizou suas próprias eleições, nas quais tanto habitantes georgianos como ossetas da região votaram a favor de Dmitri Sanakoev como presidente alternativo da Ossétia do Sul.[8] Esta "eleição alternativa" conseguiu o apoio de toda a população de etnia georgiana do território, e, em 2007, Sanakoev tornou-se o chefe da Administração Provisória da Ossétia do Sul.

Em 13 de julho de 2007 a Geórgia montou uma comissão governamental, encabeçada pelo primeiro-ministro Zurab Noghaideli, para desenvolver a autonomia da Ossétia do Sul dentro do estado georgiano. De acordo com as autoridades da Geórgia, o estatuto seria elaborado dentro da estrutura dum "diálogo de todas as partes", englobando todas as comunidades que compõem a sociedade osseta..[9]

Invasão

Ver artigo principal: Guerra na Ossétia do Sul (2008)

Em agosto de 2008 iniciou-se um conflito bélico entre a Ossétia do Sul, apoiada pela Rússia, e a Geórgia, apoiada pelos EUA, após uma invasão da capital Tskhinvali por tropas georgianas.

Em 26 de agosto de 2008, o presidente russo, Dmitri Medvedev, anunciou que a Rússia reconhece a independência das regiões separatistas georgianas da Ossétia do Sul e da Abecásia e pediu que outros Estados sigam seu exemplo e façam o mesmo. A decisão foi fortemente criticada pelos Estados Unidos e pela OTAN.

En otros idiomas
Afrikaans: Suid-Ossetië
aragonés: Osetia d'o Sud
asturianu: Osetia del Sur
azərbaycanca: Cənubi Osetiya
башҡортса: Көньяҡ Осетия
Boarisch: Südossetien
žemaitėška: Pėitū Uosetėjė
беларуская: Паўднёвая Асеція
беларуская (тарашкевіца)‎: Паўднёвая Асэтыя
български: Южна Осетия
brezhoneg: Osetia ar Su
bosanski: Južna Osetija
Mìng-dĕ̤ng-ngṳ̄: Nàng Ossetia
qırımtatarca: Cenübiy Osetiya
čeština: Jižní Osetie
словѣньскъ / ⰔⰎⰑⰂⰡⰐⰠⰔⰍⰟ: Южьна Осєтїꙗ
Cymraeg: De Osetia
Deutsch: Südossetien
Ελληνικά: Νότια Οσσετία
English: South Ossetia
Esperanto: Sud-Osetio
español: Osetia del Sur
euskara: Hego Osetia
føroyskt: Suðurossetia
Nordfriisk: Süüdoseetien
客家語/Hak-kâ-ngî: Nàm Ossetia Khiung-fò-koet
hrvatski: Južna Osetija
hornjoserbsce: Južna Osetiska
interlingua: Ossetia del Sud
Bahasa Indonesia: Ossetia Selatan
Interlingue: Sud-Ossetia
íslenska: Suður-Ossetía
italiano: Ossezia del Sud
日本語: 南オセチア
Patois: Sout Osetia
Basa Jawa: Ossétia Kidul
Qaraqalpaqsha: Qubla Osetiya
Адыгэбзэ: Ипшэ Iэсетиэ
한국어: 남오세티야
къарачай-малкъар: Къыбыла Тегей Республика
Ripoarisch: Süd-Ossetie
kernowek: Osseti Dhyhow
Limburgs: Zuid-Ossetië
lietuvių: Pietų Osetija
latviešu: Dienvidosetija
македонски: Јужна Осетија
монгол: Өвөр Осет
кырык мары: Кечӹвӓл Осети
Bahasa Melayu: Ossetia Selatan
مازِرونی: جنوبی اوستیا
Nederlands: Zuid-Ossetië
norsk nynorsk: Sør-Ossetia
Novial: Sud Osetia
română: Osetia de Sud
русский: Южная Осетия
саха тыла: Соҕуруу Осетия
sicilianu: Ossezzia dû sud
srpskohrvatski / српскохрватски: Južna Osetija
Simple English: South Ossetia
slovenčina: Južné Osetsko
slovenščina: Južna Osetija
Soomaaliga: Koonfur Ossetia
српски / srpski: Јужна Осетија
Basa Sunda: Ossétia Kidul
svenska: Sydossetien
Tagalog: Timog Osetya
Türkçe: Güney Osetya
татарча/tatarça: Көньяк Осетия
тыва дыл: Мурнуу Осетия
українська: Південна Осетія
oʻzbekcha/ўзбекча: Janubiy Osetiya
vepsän kel’: Suviosetii
Tiếng Việt: Nam Ossetia
吴语: 南奥塞梯
中文: 南奥塞梯
Bân-lâm-gú: Lâm Ossetia
粵語: 南奧塞梯