Ortorexia

O termo ortorexia (também conhecido como Helena) é de origem grega – “orthós” significa correto e “orexsis”, fome – e foi criado pelo médico americano Steven Bratman, autor do livro Health Food Junkies[1] (em tradução livre: "Viciados em Comida Saudável") Segundo ele, quem apresenta o problema possui uma fixação por alimentação e chega a gastar horas pensando no assunto. Apesar de a ortorexia ser reconhecida pelos profissionais de saúde como um distúrbio de comportamento alimentar, o termo ainda não é usado como diagnóstico no DSM-IV.[2]

Obsessão por normas

Para conseguir manter uma dieta que considera correta, o ortoréxico inicia uma busca obsessiva por regras alimentares. Qualquer item considerado “impuro” (como aqueles que contêm corantes, conservantes, pesticidas, gorduras trans, excesso de sal ou açúcar e outros componentes) é excluído da alimentação. Na maioria das vezes até a forma de preparo e os utensílios usados fazem parte das preocupações de quem tem ortorexia.

En otros idiomas
català: Ortorèxia
čeština: Orthorexie
Cymraeg: Orthorecsia
dansk: Ortoreksi
Esperanto: Ortoreksio
español: Ortorexia
eesti: Ortoreksia
euskara: Ortorexia
suomi: Ortoreksia
français: Orthorexie
italiano: Ortoressia
Nederlands: Orthorexia nervosa
norsk: Ortoreksi
polski: Ortoreksja
română: Ortorexie
slovenščina: Ortoreksija nervoza
српски / srpski: Орторексија
svenska: Ortorexi