Nobel de Química

Prêmio Nobel de Química
DescriçãoContribuições extraordinárias para a humanidade em química
Data10 de dezembro de 1901
ApresentaçãoAcademia Real das Ciências da Suécia
LocalEstocolmo
PaísSuécia
Primeira cerimónia1901
Última cerimónia2017
DetentorJacques Dubochet, Joachim Frank e Richard Henderson[1]
Sítio oficial

O Nobel de Química (em sueco: Nobelpriset i kemi) é atribuído anualmente pela Academia Real das Ciências da Suécia a diversos cientistas de diferentes campos da Química. É um dos cinco Prêmios Nobel criados a partir de Alfred Nobel, em 1895, atribuído pelas notáveis contribuições para a facilitação dos dias de hoje a partir de cinco áreas: química, física, literatura, paz, fisiologia ou medicina e economia (sendo este último atribuído pelo Banco da Suécia desde 1968 em homenagem a Alfred Nobel.). Este prêmio é administrado pela Fundação Nobel, adjudicado por um comitê constituído por cinco membros eleitos pelo Academia Real das Ciências da Suécia. O primeiro Nobel de Química foi atribuído em 1901, a Jacobus Henricus van’t Hoff, dos Países Baixos, “por sua descoberta das leis da dinâmica da química e pressão osmótica em soluções.” A cerimônia na qual é entregue o prêmio é apresentada em Estocolmo, capital da Suécia, em uma cerimônia anual em 10 de dezembro, o aniversário da morte de Nobel.

Ver também

Referências

  1. «Técnica que permitiu visualização de estruturas do vírus da zika leva Nobel de Química». G1. Globo.com. 4 de outubro de 2017. Consultado em 4 de outubro de 2017 
En otros idiomas
беларуская (тарашкевіца)‎: Нобэлеўская прэмія ў галіне хіміі
Bahasa Indonesia: Nobel Kimia
한국어: 노벨 화학상
Plattdüütsch: Nobelpries för Chemie
norsk nynorsk: Nobelprisen i kjemi
srpskohrvatski / српскохрватски: Nobelova nagrada za hemiju
Basa Sunda: Hadiah Nobel Kimia
oʻzbekcha/ўзбекча: Kimyo boʻyicha Nobel mukofoti
Tiếng Việt: Giải Nobel hóa học