Nikolai Rimsky-Korsakov

Rimsky-Korsakov
Rimsky-Korsakov em 1897
Nome completo Nikolaj Andreevič Rimskij-Korsakov
Conhecido(a) por Korsakov
Nascimento 18 de março de 1844
Morte 21 de junho de 1908 (64 anos)
Lyubensk
Nacionalidade Rússia russa
Progenitores Mãe: Sofia Vassilievna Skaryatina (1802-1890) [1]
Pai: Andrey Nikolayevich Rimsky-Korsakov (7/8/1778-19/3/1862) [2]
Ocupação Compositor, maestro e professor
Magnum opus Capriccio Espagnol, Scheherazade
Assinatura
Rimsky-Korsakov Signature.jpg

Nikolai Andreyevich Rimsky-Korsakov (em russo: Никола́й Андре́евич Ри́мский-Ко́рсаков, transl. Nikolaj Andreevič Rimskij-Korsakov; Tikhvin, 18 de março de 1844 — Lyubensk, 21 de junho de 1908 [a 1]) foi um militar, professor, maestro e compositor russo, membro do grupo de compositores conhecidos como "Os cinco" ( grupos formado por Mily Balakirev, Aleksandr Borodin, César Cui, Modest Mussorgsky e Rimsky Korsakov ). Considerado um mestre em orquestração, suas mais conhecidas composições orquestrais — Capriccio Espagnol, o poema sinfônico Scheherazade e Abertura da Grande Páscoa Russa - são muito valorizadas entre os principais repertórios de música clássica, assim como suítes e fragmentos de algumas das suas quinze óperas. Scheherazade é um exemplo de seu constante emprego de contos de fadas e contos populares em suas composições.

Korsakov, assim como Mily Balakirev e o crítico Vladimir Stasov, no desenvolvimento de um estilo nacionalista da música clássica. Este estilo consistia no emprego de cantos populares tradicionais russos nas composições, assim como elementos harmônicos, melódicos e rítmicos exóticos - práticas conhecidas como Orientalismo musical -, evitando os métodos tradicionais de composição usados no Ocidente. No entanto, Korsakov também chegaria a valorizar as técnicas ocidentais, ao ocupar o cargo de professor de composição, harmonia e orquestração musical no Conservatório de São Petersburgo, a partir de 1871. Com o intento de se aperfeiçoar de maneira autodidata, ele estudou o contraponto e harmonia ocidental, ao mesmo tempo que incorporava influencias de Mikhail Glinka e do resto de seus companheiros dos "Cinco". Mais tarde suas técnicas de composição e orquestração se tornaram ainda mais ricas, com o descobrimentos das obras de Richard Wagner.

Korsakov combinou composição e ensino com a carreira militar,Primeiro como militar da Marinha Imperial Russa, em seguida, como inspetor civil das bandas navais de música.Escreveu em suas memórias que, sua paixão pelo mar começou em sua infância, ao ler livros e escutar as aventuras de seu irmão mais velho na marinha. Seu amor pelo mar pode ter influenciado a escrever duas de suas composições mais conhecidas, Sadko (não confundir com a ópera que ele veio a compor mais tarde com o mesmo nome, e Scheherazade. Seu trabalho como inspetor de bandas navais serviu para ampliar seu conhecimento sobre os instrumentos de madeira e de metal, aperfeiçoando as suas habilidades na orquestração.Além de transmitir estes conhecimentos técnicos a seus alunos, postumamente o fez, por meio de seu tratado "Princípios de Orquestração", que foi finalizado por seu genro Maximilian Steinberg.

Korsakov deixou muitas composições nacionalistas russas, de grande criatividade e originalidade. Além de ter realizado arranjos das obras de Os Cinco para que pudessem ser tocadas em público, tornando-os parte do repertório clássico (ainda que existam controvérsias acerca de suas "correções" nas obras de Modest Mussorgsky (procure ouvir Night on Bald Mountain original, e a versão arranjada por Korsakov). Formou uma geração de jovens músicos e compositores durante as décadas que exerceu a profissão de professor, por isto veio a ser considerado como o arquétipo do estilo russo de compor pelo público da música clássica.Sua influência sobre os compositores mais jovens foi especialmente importante, ele serviu como figura de transição entre, o autodidatismo exemplificado em Mikhail Glinka, Os Cinco e os profissionalmente treinados, que se tronariam norma na Rússia do fim do século XIX.O estilo de Korsakov se baseava em Mikhail Glinka, Mily Balakirev, Hector Berlioz, e Franz Liszt, e ele "transmitiu diretamente este estilo a duas gerações de compositores russos" ao mesmo tempo que influenciou compositores não-russos como Maurice Ravel, Claude Debussy, Paul Dukas e Ottorino Respighi.

Biografia

Primeiros anos

Rimsky-Korsakov nasceu em Tikhvin, 200 km ao leste de São Petersburgo, em uma família aristocrática, com uma longa linhagem de serviço militar e naval — seu irmão Voin, 22 anos mais velho que ele, se tornou um conhecido navegador e explorador. Sua mãe tocava piano um pouco, e seu pai podia tocar algumas canções no piano, como Korsakov relembra mais tarde. Aos seis anos de idade começou a ter aulas de piano com professores locais, e mostrou talento para as habilidades auditivas, mas se mostrou desinteressado, como escreveu mais tarde :"mal, sem cuidado, ... pobre em manter o tempo." Embora haja começado compor aos 10 anos, Rimsky-Korsakov preferia a literatura musical. Mais tarde ele escreveu que, a partir de sua leitura e dos contos das façanhas de seu irmão, ele desenvolveu um amor poético pelo mar "sem nunca tê-lo visto." Este amor ao mar, provocado seu irmão, o incentivou, aos 12 anos, se ajuntar à Marinha Imperial Russa. Ele estudou na Escola de Ciências Matemáticas e Navegação de São Petersburgo, levou seu exame final em abril de 1862.

Em 1861 conheceu Mily Balakirev [3] e, com ele os outros membros do Grupo dos Cinco, [4] retoma os estudos musicais. [5] Ainda na Marinha, [6] parcialmente durante uma viagem de circum-navegação, [7] escreveu sua Sinfonia No. 1 (1861-1865), que foi muito bem recebida. [8] Antes de deixar seu posto em 1873, compôs a primeira versão da peça orquestral Sadko (1867) e a ópera A donzela de Pskov (1872).

Em 1871 foi nomeado professor de composição e orquestração do Conservatório de São Petersburgo. Entre seus alunos figuram nomes como Glazunov, Liadov, Prokofiev, Respighi e Stravinsky. [9] No ano seguinte, casa-se com Nadezhda Nikolayevna Purgol'd (1848-1919), pianista e compositora. Durante os anos seguintes, estuda assiduamente instrumentação, harmonia e contraponto.

Foi nomeado professor de bandas da armada. Entre 1874 e 1881 foi diretor de concertos do Conservatório Livre e regente de concertos fundados por Mitrofan Belyayev. Entre 1883 e 1894 trabalhou com Balakirev na Capela da Corte, onde estudou a música da Igreja Ortodoxa Russa. Nesse tempo também se dedicou à natação, que apreciava treinar no verão dos mares siberianos.

Apresentou-se como maestro por toda a Europa, inclusive em Paris, durante a Exposição Universal de 1899. Em 1905 foi demitido de suas funções pedagógicas após publicar uma carta de protesto em que critica as autoridades que administravam o Conservatório. Este ato gera uma série de demissões imediatas, como as de Liadov e Glazunov. Com o escândalo, a instituição é completamente reorganizada sob o comando de Glazunov, que foi readmitido para comandar o novo Conservatório de São Petersburgo. Nos anos seguintes Rimsky-Korsakov causa nova polêmica com a publicação da ópera O galo de ouro (1906-1907), em que critica a monarquia russa de tal forma que só pôde ser apresentada em 1909, após sua morte. Relacionado a isso, Korsakov também era famoso por seus hábitos excêntricos como jogar futebol no auge do inverno russo nos lagos congelados de São Petersburgo

Lápide do compositor no Cemitério Tikhvin

Vítima de angina, Nikolai Rimsky-Korsakov veio a falecer em Lyubensk em 1908. Encontra-se enterrado no Cemitério Tikhvin do Monastério Aleksandr Nevsky, em São Petersburgo.

Teve sete filhos com sua esposa: Mikhail (1873), Sofia (1875), Andrey (1878-1940), Vladimir (1882), Nadezhda (1884), Margarita (1888-1893) e Slavchik (1889-1890). Nadezhda casou-se com o compositor Maximilian Steinberg em 1908. Andrey Rimsky-Korsakov foi musicologista, tendo inclusive escrito vários estudos sobre a vida e obra de seu pai, e um capítulo sobre sua mãe. Um sobrinho, Georgy Mikhaylovich Rimsky-Korsakov (1901-1965), também foi compositor.

En otros idiomas
asturianu: Rimsky-Korsakov
Bahasa Indonesia: Nikolai Rimsky-Korsakov
srpskohrvatski / српскохрватски: Nikolaj Rimski-Korsakov
Simple English: Nikolai Rimsky-Korsakov
oʻzbekcha/ўзбекча: Rimskiy-korsakov Nikolay Andreyevich