NASA

Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja NASA (desambiguação).
NASA
Lema "For the Benefit of All (em português: Para o Benefício de Todos)"
Fundação 29 de julho de 1958 (59 anos)
Tipo Agência espacial
Sede Estados Unidos Washington, D.C., EUA
Línguas oficiais Inglês
Filiação Governo dos Estados Unidos
Organização Charles Bolden Jr., administrador [1]
Dave Newman, administrador adjunto
Empregados 18.000 +
Sítio oficial www.nasa.gov

NASA (sigla em inglês de National Aeronautics and Space AdministrationAdministração Nacional da Aeronáutica e Espaço) é uma agência do Governo Federal dos Estados Unidos responsável pela pesquisa e desenvolvimento de tecnologias e programas de exploração espacial. Sua missão oficial é "fomentar o futuro na pesquisa, descoberta e exploração espacial". [2] A NASA foi criada em 29 de julho de 1958, substituindo seu antecessor, o NACA - National Advisory Committee for Aeronautics (Comitê Consultivo Nacional para a Aeronáutica). [3] [4]

A NASA foi responsável pelo envio do homem à Lua (veja projeto Apollo) e por diversos outros programas de pesquisa no espaço. Atualmente ela trabalha em conjunto com a Agência Espacial Europeia, com a Agência Espacial Federal Russa e com mais alguns países da Ásia para a criação da Estação Espacial Internacional.

A NASA também tem desenvolvido vários programas com satélites e com sondas de pesquisa espacial que viajaram até outros planetas e até, alguns deles, se preparam para sair do nosso sistema solar, sendo a próxima grande meta, que tem atraído a atenção de todos, uma viagem tripulada até o planeta Marte, nosso vizinho.

A ciência da NASA está focada numa melhor compreensão da Terra através do Earth Observing System, [5] na promoção da heliofísica através do trabalho do Heliophysics Research Program, [6] na exploração do sistema solar com missões robóticas avançadas, tais como New Horizons, [7] e na pesquisa astrofísica, aprofundando-se em tópicos como o Big Bang com o auxílio de grandes observatórios. [8]

História

Corrida espacial

Ver artigo principal: Corrida espacial

Após o lançamento do primeiro satélite artificial, o Sputnik 1, pelo programa espacial soviético, em 4 de outubro de 1957, a atenção dos Estados Unidos voltou-se para seu próprio esforço em direção ao espaço. O Congresso dos Estados Unidos, alarmado com uma possível ameaça à segurança nacional e à sua liderança tecnológica (" crise do Sputnik"), encareceu uma ação rápida, mas o presidente Dwight D. Eisenhower e seus assessores aconselharam medidas mais ponderadas. Vários meses de debate produziram um consenso de que era necessária uma nova agência federal para organizar as atividades civis no espaço. Na mesma época também foi criada a ARPA - Advanced Research Projects Agency (Agência para Projetos Avançados de Pesquisa) - com o objetivo de desenvolver tecnologia espacial para aplicações militares.

O NACA

Selo oficial do NACA
Explorer I

Entre o fim de 1957 e o início de 1958 o NACA - National Advisory Committee for Aeronautics (Conselho Nacional para a Aeronáutica), fundado em 1915, começou a estudar quais seriam o trabalho e o papel de uma agência espacial civil, e vários comitês foram formados para examinar o conceito. Em 12 de janeiro de 1958 o NACA organizou uma Comissão Especial de Tecnologia Espacial, dirigida por Guyford Stever. Esta comissão fez uma consulta ao programa de grandes foguetes da Army Ballistic Missile Agency, dirigida então por Wernher von Braun. [4] Em 14 de janeiro de 1958, o Diretor da NACA, Hugh Dryden, declarou:

"É de grande urgência e importância para o nosso país, tanto na consideração do nosso prestígio como uma nação, bem como das necessidades militares, que o desafio representado pelo Sputnik seja encarado através de um enérgico programa de pesquisa e desenvolvimento para a conquista do espaço ... Assim, propõe-se que a investigação científica seja da responsabilidade de uma agência nacional civil ... O NACA é capaz, pela sua rápida expansão e pela extensão do seu esforço, de prover liderança na tecnologia espacial." [9]

Lançado em 31 de janeiro de 1958, o Explorer 1, oficialmente o Satélite 1958 Alpha, tornou-se o primeiro satélite dos Estados Unidos. [10] Em 5 de março James Rhyne Killian, presidente do PSAC (o Conselho Científico Presidencial) escreveu um memorando ao presidente Eisenhower incentivando a criação de um programa espacial civil a partir de um NACA fortalecido e reorientado, que poderia expandir seu programa de investigação com um mínimo de demora. [9] No final de março um relatório do NACA apresentou recomendações para posteriormente desenvolver um foguete em três estágios alimentado a fluoreto de hidrogênio. [4]

Em abril de 1958 Eisenhower fez no Congresso dos EUA um discurso favorecendo uma agência espacial civil nacional e apresentou um projeto de lei para a criação de uma agência nacional de aeronáutica e espaço. O antigo campo de pesquisa do NACA mudaria para incluir desenvolvimento, gerenciamento e operações em grande escala. O Congresso dos EUA aprovou a lei com ligeiros ajustes, formalizando o National Aeronautics and Space Act em 16 de julho de 1958. Apenas dois dias depois o grupo de Von Braun apresentou um relatório preliminar criticando severamente a duplicação de esforços e a falta de coordenação entre as diversas organizações associadas aos programas espaciais dos Estados Unidos. A Comissão de Stever concordou com as críticas do grupo de Von Braun, e um projeto final foi publicado vários meses depois, em outubro. [4]

A NASA

Vista aérea do Complexo de Lançamento 39 no Centro Espacial Kennedy da NASA na Flórida, mostrando em primeiro plano o prédio de montagem de foguetes

Em 29 de julho de 1958 Eisenhower assinou o National Aeronautics and Space Act, instituindo a NASA. Quando iniciou suas operações em 1 de outubro de 1958, a NASA absorveu integralmente o antigo NACA, com todos os seus 8.000 funcionários, um orçamento anual de 100 milhões de dólares, três laboratórios de pesquisa principais ( Langley Aeronautical Laboratory, Ames Aeronautical Laboratory e Lewis Flight Propulsion Laboratory) e duas instalações pequenas de teste. [11]

Elementos da Army Ballistic Missile Agency, da qual fazia parte a equipe de Von Braun, e o Naval Research Laboratory, foram incorporados à NASA. Uma contribuição significativa para a entrada da NASA na corrida espacial com a União Soviética foi a tecnologia do programa alemão de foguetes V-2 (liderado por Von Braun), que por sua vez incorporou tecnologia de Robert Goddard. [12] Programas de investigação da Força Aérea [11] e muitos dos primeiros programas espaciais da ARPA também foram transferidos para a NASA. [13] Em dezembro de 1958 a NASA obteve o controle do Jet Propulsion Laboratory, uma instalação operada pelo California Institute of Technology. [11]

En otros idiomas
Afrikaans: Nasa
Alemannisch: NASA
aragonés: NASA
Ænglisc: NASA
العربية: ناسا
مصرى: ناسا
asturianu: NASA
azərbaycanca: NASA
تۆرکجه: ناسا
žemaitėška: NASA
беларуская: НАСА
беларуская (тарашкевіца)‎: NASA
български: НАСА
Bahasa Banjar: NASA
বাংলা: নাসা
brezhoneg: NASA
bosanski: NASA
català: NASA
کوردی: ناسا
čeština: NASA
Cymraeg: NASA
dansk: NASA
Deutsch: NASA
Ελληνικά: NASA
English: NASA
Esperanto: NASA
español: NASA
eesti: NASA
euskara: NASA
estremeñu: NASA
فارسی: ناسا
suomi: Nasa
føroyskt: NASA
Frysk: NASA
Gaeilge: NASA
Gàidhlig: NASA
galego: NASA
ગુજરાતી: નાસા
Gaelg: NASA
客家語/Hak-kâ-ngî: NASA
עברית: נאס"א
हिन्दी: नासा
hrvatski: NASA
magyar: NASA
Հայերեն: ՆԱՍԱ
interlingua: NASA
Bahasa Indonesia: NASA
italiano: NASA
Basa Jawa: NASA
ქართული: ნასა
Qaraqalpaqsha: NASA
қазақша: НАСА
ಕನ್ನಡ: ನಾಸಾ
къарачай-малкъар: НАСА
Kurdî: NASA
Lëtzebuergesch: NASA
Limburgs: NASA
lumbaart: NASA
ລາວ: ນາຊາ
lietuvių: NASA
latviešu: NASA
मैथिली: नासा
Baso Minangkabau: NASA
македонски: НАСА
മലയാളം: നാസ
монгол: НАСА
मराठी: नासा
မြန်မာဘာသာ: နာဆာ
مازِرونی: ناسا
Napulitano: NASA
Plattdüütsch: NASA
नेपाली: नासा
norsk nynorsk: NASA
norsk: NASA
Oromoo: NASA
ਪੰਜਾਬੀ: ਨਾਸਾ
Papiamentu: NASA
polski: NASA
پنجابی: ناسا
پښتو: ناسا
română: NASA
русский: НАСА
संस्कृतम्: नासा
sicilianu: NASA
Scots: NASA
srpskohrvatski / српскохрватски: NASA
සිංහල: නාසා
Simple English: NASA
slovenščina: NASA
Soomaaliga: NASA
српски / srpski: Наса
Seeltersk: NASA
Basa Sunda: NASA
svenska: NASA
Kiswahili: NASA
ไทย: นาซา
Tagalog: NASA
Türkçe: NASA
татарча/tatarça: NASA
اردو: ناسا
oʻzbekcha/ўзбекча: NASA
Tiếng Việt: NASA
Winaray: NASA
მარგალური: ნასა
Yorùbá: NASA
Bân-lâm-gú: NASA