Mozilla

Translation Latin Alphabet.svg
Este artigo ou seção está a ser traduzido de «Mozilla» na Wikipédia em inglês (desde abril de 2017). e colabore com a tradução.
Mozilla
IndústriaSoftware de código aberto
Fundação28 de fevereiro de 1998 (1998-02-28)
Fundador(es)Netscape Communications Corporation
Divisões
Website oficialmozilla.org

A Mozilla é uma comunidade de software livre criada em 1998 por membros da Netscape. A comunidade Mozilla usa, desenvolve, divulga e suporta os produtos Mozilla, assim promovendo exclusivamente software livre e padrões abertos, com algumas menores exceções.[nota 1] A comunidade é suportada institucionalmente pela Mozilla Foundation e a sua subsidiária contribuinte, a Mozilla Corporation.[1]

A Mozilla produziu muitos produtos como o navegador web Firefox, o cliente de e-mail Thunderbird, o sistema operacional móvel Firefox OS, o sistema de rastreamento de bugs Bugzilla, o motor de layout Gecko e outros projetos.

História

Em 23 de janeiro de 1998, a Netscape fez dois anúncios: o primeiro, que Netscape Communicator seria gratuito; segundo, que o código-fonte seria livre.[2] Um dia depois, Jamie Zawinski da Netscape registrou o domínio mozilla.org.[3] O projeto foi batizado como Mozilla em referência ao codinome original do navegador Netscape Navigator que é uma palavra-valise de "Mosaic e Godzilla"[4] e usado para coordenar o desenvolvimento da Mozilla Application Suite, a versão de código aberto do software de internet da Netscape, o Netscape Communicator.[5][6] Jamie Zawinski disse que ele veio com o nome "Mozilla" em uma reunião de pessoal da Netscape.[7][8] Um pequeno grupo de empregados da Netscape foram responsáveis pela coordenação da nova comunidade.

O logo anterior da Mozilla, como desenhado por Shepard Fairey em 1998.

Originalmente, a Mozilla pretendia ser uma provedora de tecnologia para empresas, tal como a Netscape, que comercializaria seu código aberto.[9] Quando a AOL (proprietária da Netscape) reduziu muito o seu envolvimento com a Mozilla em julho de 2003, e a Mozilla Foundation foi designada como o administrador legal do projeto.[10] Logo depois, a Mozilla depreciou a suíte Mozilla Suite em favor de criar aplicações independentes para cada função, principalmente o navegador web Firefox e o cliente de e-mail Thunderbird, e moveu-se para fornecê-los diretamente ao público.[11]

Recentemente, as atividades da Mozilla expandiram para incluir o Firefox em plataformas móveis (primariamente Android),[12] um SO móvel chamado Firefox OS,[13] um sistema de identificação baseada na web chamada Mozilla Persona e uma loja de aplicativos HTML5.[14]

Em um relatório divulgado em novembro de 2012, a Mozilla informou que sua receita total para 2011 foi de 163 milhões de dólares, o que representa um aumento de 33% em relação aos 123 milhões de dólares em 2010. A Mozilla observou que cerca de 85% de sua receita vem do contrato com o Google.[15]

No final de 2013, a Mozilla anunciou um acordo com a Cisco Systems através do qual o Firefox iria baixar e usar uma compilação binária fornecida pela Cisco de um codec de código aberto[16] para reproduzir o formato de vídeo proprietário H.264.[17][18] Como parte do negócio, a Cisco pagaria quaisquer taxas de licenciamento de patentes associadas aos binários que distribui. O CTO da Mozilla, Brendan Eich, reconheceu que esta "não é uma solução completa" e não é "perfeita".[19] Um funcionário na equipe de formatos de vídeo da Mozilla, escrevendo de forma não oficial, justificado[20] pela necessidade de manter sua grande base de usuários, o que seria necessário em futuras batalhas para formatos de vídeo verdadeiramente livres.

Em dezembro de 2013, a Mozilla anunciou financiamento para o desenvolvimento de jogos não-livres[21] através do Game Creator Challenge. No entanto, mesmo aqueles jogos que podem ser liberados sob um software não-livre ou com licença de código aberto devem ser feitos com tecnologias abertas da web e JavaScript de acordo com os critérios de trabalho descritos no anúncio.

Em janeiro de 2017, a empresa aposentou o seu logotipo de dinossauro em favor de um novo logo que inclui a sequência de caracteres "://" de uma URL, renovando-o como "moz://a".[22]

En otros idiomas
Afrikaans: Mozilla
العربية: موزيلا
azərbaycanca: Mozilla
বাংলা: মোজিলা
català: Mozilla
čeština: Mozilla
kaszëbsczi: Mozilla
dansk: Mozilla
Deutsch: Mozilla
English: Mozilla
فارسی: موزیلا
עברית: מוזילה
हिन्दी: मोजिला
magyar: Mozilla
Bahasa Indonesia: Mozilla
italiano: Mozilla
日本語: Mozilla
한국어: 모질라
kurdî: Mozilla
lietuvių: Mozilla
Malagasy: Mozilla
മലയാളം: മോസില്ല
Bahasa Melayu: Mozilla
Nederlands: Mozilla
norsk: Mozilla
polski: Mozilla
română: Mozilla
русский: Mozilla
shqip: Mozilla
svenska: Mozilla
Türkçe: Mozilla
اردو: موزیلا
Tiếng Việt: Mozilla
中文: Mozilla
Bân-lâm-gú: Mozilla