Moctezuma II

Moctezuma Xocoyotzin
Moctezuma II no Códice Mendoza
Tenochtitlan Glyph ZP.svg
Huey Tlatoani
1502 - 1520
predecessor Ahuitzotl
sucessor Cuitláhuac
Casa Dinastia Imperial Asteca
Nome completo
motekʷ'soma ʃoko'jotsin
Nascimento 1466
  Tenochtitlan
Morte 29 de junho de 1520 (54 anos)
  Tenochtitlan
Pai Axayácatl
Mãe Izelcoatzin


Palácio de Moctezuma.

Montezuma II [nota 1] (também chamado Motecuhzoma Xocoyotzin, náuatle/nauatle : moteːkʷ'soːma ʃoːko'joːtsin, português 'Montezuma o jovem', 1466- 1520) foi um tlatoani asteca. Seu governo teve início em 1502 e terminou em 1520.

Primeiros anos

Montezuma II, era filho de Axayácatl, substituiu seu tio Ahuitzotl como governante da cidade de Tenochtitlán [1]. Sua personalidade era mais a de um literato (em nahátl, tlatimine) que a de um guerreiro. Ele era um sacerdote e chefe da Calmecac, a escola das classes superiores. E visto como um semideus.

Motecuhzoma II passou a maior parte de seu reinado consolidando seu poder nas terras conquistadas por seus antecessores [2]. Em 1515, o exército asteca venceu o general Tlaxcala, Tlahuicole [3]. Neste mesmo ano tentou novamente invadir as terras dos Purépechas mas não conseguiram tomar seus territórios pois novamente os astecas foram derrotados e tiveram que se retirar.

Motecuhzoma II instituiu novas reformas imperiais. Após a morte de Nezahualcoyotl, os imperadores astecas haviam se tornado os governantes de fato da aliança. Motecuhzoma II usou seu reinado para se consolidar como um verdadeiro Imperador Asteca. Em 1502, depois de assumir o poder, removeu muitos dos conselheiros de Ahuitzotl executando vários deles substituindo-os por ex-alunos seus. Ele também aboliu a classe dos quauhpilli, acabando com a chance de algum plebeu chegar a nobreza.

Para se distanciar das pessoas comuns criou um elaborado ritual, que intriga os estudiosos. Ele criou um templo especial, dedicado aos deuses das cidades conquistadas, no inteior do templo de Huitzilopochtli. Durante seu reinado, ele aumentou o poder da cidade de Tenochtitlán para, posteriormente, dominar as cidades irmãs de Texcoco e Tlatelolco.

Seus esforços de reforma foram interrompidos pela conquista espanhola em 1519. O seu reinado ficou marcado por duas rebeliões de tribos conquistadas, mas preocupou-se pouco em as apaziguar e entregou-se largamente ao aspecto religioso do seu estado. Muito versado nas lendas tradicionais, ao receber a noticia do desembarque de Hernán Cortés, convenceu-se de que o deus Quetzalcoatl tinha regressado conforme este profetizara nas lendas Toltecas, para destruir os povos mexicanos. É que este deus, havia prometido voltar, como sendo um homem de barba...e assim era Cortés.

En otros idiomas
Afrikaans: Moctezuma II
العربية: مونتيزوما
Aymar aru: Moctezuma
беларуская: Мантэсума II
brezhoneg: Moktezuma II
català: Moctezuma II
čeština: Montezuma II.
Deutsch: Moctezuma II.
Ελληνικά: Μοντεζούμα Β΄
English: Moctezuma II
Esperanto: Moktezumo la 2-a
français: Moctezuma II
galego: Moctezuma
hrvatski: Montezuma II.
Հայերեն: Մոնթեսումա II
Bahasa Indonesia: Montezuma II
italiano: Montezuma
ქართული: მონტესუმა II
Latina: Mutezuma II
lietuvių: Montesuma II
latviešu: Montesuma II
Malagasy: Moctezuma II
Bahasa Melayu: Moctezuma II
Nederlands: Motecuhzoma II
norsk nynorsk: Moctezuma II
polski: Montezuma II
русский: Монтесума II
sicilianu: Montezzuma
srpskohrvatski / српскохрватски: Montezuma II
Simple English: Moctezuma II
slovenčina: Moctezuma II.
slovenščina: Moctezuma Xocoyotzin
српски / srpski: Монтезума II
svenska: Moctezuma II
Türkçe: II. Montezuma
українська: Монтесума II
Tiếng Việt: Moctezuma II
Winaray: Moctezuma II