Memória de Minhas Putas Tristes

Memoria de mis putas tristes
Memória das Minhas Putas Tristes (PT)
Memória de Minhas Putas Tristes (BR)
Autor(es)Gabriel García Márquez
Idiomacastelhano
País Colômbia
Gêneroromance
EditoraMondadori
Lançamento2004
Páginas109
ISBN968-13-4032-9
Edição portuguesa
TraduçãoMaria do Carmo Abreu
RevisãoFernanda Abreu
EditoraDom Quixote
Lançamento2005
Formatocapa mole
Páginas125
ISBN972-20-2802-2
Edição brasileira
TraduçãoEric Nepomuceno
EditoraEditora Record
Lançamento2005

Memória de Minhas Putas Tristes (Memoria de mis putas tristes) foi escrito em 2004 por Gabriel García Márquez e publicado em outubro do mesmo ano nos países de língua espanhola. No Brasil, foi publicado pela editora Record em 2005, com tradução de Eric Nepomuceno.

Narra a história de um velho cronista e crítico musical que, em seu aniversário de 90 anos, pretende presentear a si mesmo com uma noite de amor louco com uma jovem virgem. Porém, ao vê-la dormindo, não tem coragem de acordá-la e se apaixona por uma garota adormecida.

A história foi inspirada pelo livro A casa das belas adormecidas do Prêmio Nobel japonês Yasunari Kawabata, conforme atestado por sua epígrafe:

No debía hacer nada de mal gusto, advirtió al anciano Eguchi
la mujer de la posada. No debía poner el dedo en la boca
de la mujer dormida ni intentar nada parecido.
Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: Memória de Minhas Putas Tristes
Ícone de esboçoEste artigo sobre um livro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia .


En otros idiomas