Mateus (evangelista)

Broom icon.svg
As referências deste artigo necessitam de formatação (desde novembro de 2016). Por favor, utilize fontes apropriadas contendo referência ao título, autor, data e fonte de publicação do trabalho para que o artigo permaneça verificável no futuro.
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados de São Mateus, veja São Mateus.
São Mateus
O Evangelista Mateus inspirado
por um anjo
, por Rembrandt.
O Publicano, Apóstolo, Evangelista e Mártir
Nascimentodesconhecida em Galileia, Palestina
Mortec. 72 em Hierápolis ou Etiópia
Veneração porIgreja Católica, Igreja Ortodoxa, Igreja Luterana e Igreja Anglicana.
Principal temploCatedral de Salerno, Itália
Festa litúrgica21 de setembro no ocidente
16 de novembro no oriente
AtribuiçõesUm anjo inspirando-o
Padroeirodos contadores, dos auditores fiscais, de Salerno e
da Itália, entre outros.[1]
Gloriole.svg Portal dos Santos

São Mateus, Mateus Evangelista ou Mateus Apóstolo (מתי/מתתיהו, "Dom de Javé" ou "Presente de Deus", hebraico padrão e vocalização de Tibérias: Mattay ou Mattiyahu; grego da Septuaginta Ματθαιος, Matthaios; grego moderno: Ματθαίος, Matthaíos) é, pelo relato dos Padres da Igreja, o autor do Evangelho de Mateus e um dos Doze Apóstolos.

Adicionalmente, Jerónimo (em De Viris Illustribus, cap 3[2]) e Eusébio de Cesareia[3] citam Mateus como autor do Evangelho dos Hebreus.

Identidade e primeiros anos

Ver artigo principal: Chamado de Mateus

Entre os primeiros seguidores e apóstolos de Jesus, Mateus é mencionado em Mateus 9:9 e Mateus 10:3 como tendo sido um coletor de impostos de Cafarnaum que foi convidado para o círculo dos Doze por Jesus. Ele também é mencionado como um dos doze apóstolos, embora sem a menção de sua profissão anterior, em Marcos 3:18, Lucas 6:15 e Atos 1:13. Ele é geralmente identificado como sendo o Levi, filho de Alfeu, também coletor de impostos e que é citado em Marcos 2:14 e Lucas 5:27.[4]

Caravaggio, São Mateus e o Anjo.

Durante a ocupação romana, que iniciou em 63 a.C. com a conquista de Pompeu, Mateus coletava impostos do povo hebreu para Herodes Antipas, o tetrarca da Galileia.[4] Sua coletoria estava localizada em Cafarnaum. Judeus que enriqueciam desta maneira eram desprezados e considerados párias. Porém, como um coletor de impostos, ele deve ter sido alfabetizado em aramaico (ainda que provavelmente não em grego nem em latim)[5][6][7].

Foi neste cenário, perto de onde hoje está Almagor, que Jesus convidou Mateus para ser um dos Doze Apóstolos. Após o chamado, Mateus convidou Jesus para um banquete em sua casa. Ao ver isto, os escribas e os fariseus criticaram Jesus por cear com coletores de impostos e pecadores. A provocação fez Jesus responder, «Não vim chamar os justos, mas os pecadores ao arrependimento.» (Lucas 5:29)[7].

En otros idiomas
العربية: متى
ܐܪܡܝܐ: ܡܬܝ ܡܟܣܐ
مصرى: متى
беларуская (тарашкевіца)‎: Мацьвей (апостал)
Cymraeg: Mathew
dansk: Matthæus
Zazaki: Matta
eesti: Matteus
فارسی: متی
עברית: מתי
hrvatski: Sveti Matej
Bahasa Indonesia: Matius
日本語: マタイ
la .lojban.: mataios
Basa Jawa: Matius
한국어: 사도 마태오
Ligure: San Matê
lumbaart: San Mattee
lietuvių: Apaštalas Matas
latviešu: Svētais Matejs
Malagasy: Matio
Malti: San Mattew
Plattdüütsch: Matthäus (Apostel)
Nederlands: Matteüs (apostel)
norsk nynorsk: Evangelisten Matteus
Piemontèis: Maté (apòstol)
русский: Левий Матфей
srpskohrvatski / српскохрватски: Apostol Matej
Simple English: Matthew the Evangelist
slovenčina: Matúš (apoštol)
slovenščina: Sveti Matej
svenska: Matteus
Kiswahili: Mtume Mathayo
Türkçe: Matta (havari)
татарча/tatarça: Леви Маттай
اردو: متی
vèneto: San Mateo
中文: 馬太