Maria Josefa da Áustria (1699–1757)

Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, o que compromete a verificabilidade (desde novembro de 2016). Por favor, insira mais referências no texto. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Disambig grey.svg Nota: Para a filha de Maria Teresa da Áustria, veja Maria Josefa da Áustria (1751–1767).
Maria Josefa
Arquiduquesa da Áustria
Retrato por Pietro Rotari, 1755
Princesa Eleitora da Saxônia
Reinado1 de fevereiro de 1733
a 15 de novembro de 1757
PredecessoraCristiana Everadina de Brandemburgo-Bayreuth
SucessoraMaria Antónia da Baviera
Rainha Consorte da Polônia e Grã-Duquesa da Lituânia
Reinado17 de janeiro de 1734
a 15 de novembro de 1757
PredecessoraCatarina Opalińska
 
MaridoAugusto III da Polônia
DescendênciaFrederico Augusto da Saxónia
José Augusto da Saxónia
Frederico Cristiano, Eleitor da Saxônia
Nado morto
Maria Amália da Saxônia
Maria Margarida da Saxónia
Maria Ana Sofia da Saxónia
Francisco Xavier da Saxónia
Maria Josefa da Saxónia
Carlos da Saxónia, Duque da Curlândia
Maria Cristina da Saxónia
Maria Isabel da Saxónia
Alberto Casimiro
Clementino Venceslau da Saxónia
Maria Cunegundes da Saxónia
CasaHabsburgo
Wettin
Nome completo
em alemão: Maria Josepha Benedikta Antonia Theresia Xaveria Philippine von Österreich
Nascimento8 de dezembro de 1699
 Palácio Imperial de Hofburg, Viena, Áustria
Morte17 de novembro de 1757 (57 anos)
 Dresden, Saxónia, Alemanha
EnterroCatedral da Santíssima Trindade
PaiJosé I do Sacro Império Romano-Germânico
MãeGuilhermina Amália de Brunsvique-Luneburgo
Brasão

Maria Josefa Benedita Antônia Teresa Xaviera Filipina da Áustria (Hofburg, 8 de dezembro de 1699Dresden, 17 de novembro de 1757) foi de 1711 a 1713 herdeira presumível do Sacro Império Romano-Germânico. Através do seu casamento com o rei Augusto III da Polônia foi eleitora da Saxónia e rainha consorte da República das Duas Nações.

Família

Nasceu em Viena como arquiduquesa da Áustria e filha mais velha do imperador romano-germânico José I e da sua esposa, a princesa Guilhermina Amália de Brunsvique-Luneburgo. Durante o reinado do seu avô, o pai e o tio de Maria Josefa assinaram um decreto que fez dela a herdeira dos domínios dos Habsburgo na eventualidade de ambos não terem herdeiros varões. Contudo, durante o reinado do tio deles, o imperador Carlos VI, tanto Maria Josefa como Maria Amália foram excluídas da linha de sucessão em favor da sua prima Maria Teresa através da Sanção Pragmática de 1713.

O Pactum Mutuae Successionis de 1703, publicado pelo seu avô, o imperador Leopoldo I, fazia de Maria Teresa a herdeira do seu tio, contudo, a Sanção Pragmática de Carlos VI de 1713 anulava o acordo anterior e trocava Maria Josefa por Maria Teresa.

En otros idiomas
беларуская (тарашкевіца)‎: Марыя Юзэфа фон Габсбург
srpskohrvatski / српскохрватски: Marija Josipa Austrijska