Litoral do Brasil

Broom icon.svg
As referências deste artigo necessitam de formatação (desde fevereiro de 2017). Por favor, utilize fontes apropriadas contendo referência ao título, autor, data e fonte de publicação do trabalho para que o artigo permaneça verificável no futuro.
Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, o que compromete a verificabilidade (desde fevereiro de 2017). Por favor, insira mais referências no texto. Material sem fontes poderá ser acadêmico)

O litoral do Brasil tem 7 491 quilômetros de extensão,[1] o que o torna o 16.º maior litoral nacional do mundo. Toda a costa encontra-se ao lado do Oceano Atlântico. Um número considerável de características geográficas podem ser encontradas nas áreas costeiras brasileiras, como ilhas, arrecifes e baías. As praias do Brasil (2 095 no total)[2] são famosas no mundo todo e recebem um grande número de turistas.[3][4]

Dos 26 estados brasileiros, nove não têm acesso ao mar, além do Distrito Federal. A maioria dos 17 estados costeiros têm suas capitais próximas do litoral, com exceção de Porto Alegre (Rio Grande do Sul), Curitiba (Paraná), São Paulo (São Paulo), Teresina (Piauí), Belém (Pará) e Macapá (Amapá). No entanto, Porto Alegre, Belém e Macapá estão todas perto de grandes rios navegáveis, enquanto Curitiba e São Paulo se situam em áreas de planalto a menos de 100 quilômetros de distância do Oceano Atlântico, em linha reta.

Divisões

Considerando a perspectivas de geógrafos como João Dias da Silveira, o litoral brasileiro apresenta características diversas, que levam à seguinte divisão:

  • Litoral Norte — possui a menor extensão. É formado por sedimentos recentes, havendo o predomínio de restingas, lagunas e mangues; Abrange a costa do Amapá e a do Pará e este é marcado pela foz do rio Amazonas, com canais, pequenos lagos, manguezais e ilhas, entre elas a de Marajó. No norte do Amapá há ainda longas restingas.
  • Litoral Nordeste — é o mais extenso. Nele se localizam praias e dunas, além de alguns importantes portos comerciais. Sua diversidade de acidentes geográficos se concentra entre o leste do RN e a divisa SE-BA (dunas potiguares, falésias paraibanas, arrecifes pernambucanos, lagoas alagoanas, coqueirais sergipanos), já que na costa norte predomina o litoral de dunas e o litoral amazônico, enquanto ao sul desta divisa a planície com coqueirais que parece se estender até o ES na divisa com o litoral dos morros; É bem diversificado em seu relevo e paisagem. No litoral nordestino encontramos a Ponta do Seixas, extremo oriental das Américas, situado no estado da Paraíba. Destacam-se as dunas do Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses, que abrigam lagoas no período das chuvas, e o delta do rio Parnaíba, entre Maranhão e Piauí. No trecho que vai do Rio Grande do Norte à Bahia são comuns as restingas, dunas, lagoas, falésias, arrecifes, coqueirais e os mangues. Entre Alagoas e Sergipe está a foz do rio São Francisco. É marcante também a baía de Todos os Santos, no estado da Bahia. Geofisicamente o litoral nordeste é formado pela junção da costa norte com a costa leste. Portanto é o único dos litorais do Brasil que possui metade da costa norte e metade da costa leste, com mais de 3 mil km de extensão. Suas principais ilhas costeiras são Itamaracá, a ilha principal da reentrância maranhense, tal como Itaparica na BA, enquanto sua principal ilha oceânica é Fernando de Noronha. Suas mais notáveis ilhas flúvio-marítimas são a da Restinga e dos Stuart na PB e também a ilha natural de Antônio Vaz em PE. No Litoral Leste, além de belas praias e portos importantes, abriga restingas, mangues, recifes e também algumas barreiras;
  • Litoral Sudeste — caracterizado pelas costas baixas (principalmente no norte capixaba) e falésias, apresenta também restingas, lagunas e mangues na sua parte sul. É dominado claramente pela costa de morros . É o mais movimentado do país, com importantes portos comerciais, como o de Santos e o do Rio de Janeiro; Tem diversos trechos escarpados e outros amplos e retilíneos. Do norte do Espírito Santo até o município de Cabo Frio (RJ), são comuns pequenas elevações, baixadas e restingas. De Cabo Frio a Marambaia há restingas e lagunas. A partir daí até São Sebastião, já em São Paulo, o litoral é sinuoso e escarpado, marcado pela presença natural da serra do Mar. como seu filho era Desse trecho até o rio Ribeira do Iguape predominam as baixadas.e as grandes especiarias do norte e nordeste
En otros idiomas