Larrousse

França Larrousse
Nome completoLarrousse & Calmels
SedeAntony, Paris, França
Fundador(es)França Gérard Larrousse
Pessoal notávelEric Broadley
Ralph Bellamy
Robin Herd
James Allison

Didier Calmels
Pilotos
Chassis
MotorFord e Lamborghini
PneusGoodyear
Histórico na Fórmula 1
EstreiaSan Marino GP de San Marino, 1987
Último GPAustrália GP da Austrália, 1994
Grandes Prêmios127 (126 largadas)
Campeã de construtores0 (6º em 1990)
Campeã de pilotos0 (12º em 1990, com Aguri Suzuki)
Vitórias0 (3º no GP do Japão de 1990, com Suzuki)
Pole Position0 (5ª posição: GP da Espanha de 1989)
Voltas rápidas0
Pontos23
Posição no último campeonato
(1994)
11º (2 pontos)

A Larrousse foi uma equipe de automobilismo que competiu na Fórmula 1 entre 1987 e 1994, usando chassis da Lola (1987-1991) e da Venturi (apenas uma temporada), utilizando chassi próprio entre 1993 e 1994.

Foi fundada em 1987 por Didier Calmels e Gérard Larrousse, com o nome de Larrousse & Calmels. Em 1989, depois que Didier Calmels foi preso por atirar em sua mulher com uma arma de fogo, a escuderia passou a chamar-se apenas Larrousse.

Larrousse com chassis Lola (1987-1991)

Em 1987, Didier Calmels e Gérard Larrousse (ex-piloto de F-1), fundaram a Larrousse & Calmels. Os chassis eram da Lola, e os motores seriam o Ford Cosworth DFZ V8 aspirado. No início da temporada, o francês Philippe Alliot foi contratado para conduzir o carro número 30 com o chassi LC87. Na antepenúltima prova, o GP do México, o time convoca o piloto de turismo no carro número 29: o também francês Yannick Dalmas, que deveria ter marcado 2 pontos com o 5º lugar no GP da Austrália, não computados na classificação, uma vez que a equipe inscreveu no campeonato apenas Alliot e Dalmas estava inelegível. Na temporada de estreia, a Larrousse marcou 3 pontos, todos com Alliot, que chegaria em 6º lugar em três etapas: Alemanha, Espanha e México.

Na temporada de 1988, Alliot mantém-se no time, e Dalmas disputa a temporada normalmente até o GP da Espanha, quando é afastado ao descobrir que era portador da doença do legionário (espécie de pneumonia). Ele cede o lugar ao japonês Aguri Suzuki, que estrearia na categoria no seu país natal (Japão), repassando sua vaga a outro francês, Pierre-Henri Raphanel (nascido na Argélia, então colônia francesa), na Austrália (última etapa do campeonato). Infelizmente ele não conseguiu vaga para o grid de largada, terminando na 29ª posição no treino classificatório e ficando por 0.4 décimos de segundo acima da 26ª e última posição.

Pela primeira vez a equipe termina o campeonato sem ponto algum e tendo apenas os dois 7ºs lugares de Dalmas como melhores resultados na temporada.

En otros idiomas
български: Ларус
català: Larrousse
čeština: Larrousse
Deutsch: Larrousse
English: Larrousse
español: Larrousse
suomi: Larrousse
français: Larrousse
galego: Larrousse
Bahasa Indonesia: Larrousse
italiano: Larrousse
latviešu: Larrousse
norsk: Larrousse
polski: Larrousse
română: Larrousse F1
slovenščina: Larrousse
svenska: Larrousse
Türkçe: Larrousse
vèneto: Larrousse