Ladri di biciclette

  • ladri di biciclette
    ladrões de bicicletas[1] (pt)
    ladrões de bicicleta[2] (br)
     itália
    1948 •  p&b •  93 min 
    direção vittorio de sica
    roteiro vittorio de sica
    cesare zavattini
    suso cecchi d'amico
    gerardo guerrieri
    oreste biancoli
    adolfo franci
    elenco lamberto maggiorani
    enzo staiola
    lianella carell
    vittorio antonucci
    género drama
    idioma italiano
    página no imdb (em inglês)

    ladri di biciclette (ladrões de bicicletaspor ou ladrões de bicicletabra) é um filme italiano de 1948 dirigido por vittorio de sica.

    o filme se passa na itália durante o período pós-guerra, sendo um dos exemplos do neo-realismo italiano. foi um dos primeiros longas-metragens a vencer o oscar de melhor filme estrangeiro, que na época ainda não era uma categoria própria.

    o filme apresenta a situação de muitos italianos que, depois da guerra, estavam desempregados. antonio ricci (lamberto maggiorani) é um deles, até o dia em que consegue um emprego como colocador de cartazes. entretanto, para conseguir o trabalho, precisava de uma bicicleta, o que o fez penhorar objetos de casa para conseguir adquirir uma. a trama se desenrola a partir do dia em que sua bicicleta é roubada e, junto com seu filho bruno (enzo staiola), ele a procura por toda roma. o drama é capaz de transportar o espectador para a situação vivida por ricci de maneira tão forte que os sofrimentos são refletidos em quem assiste.

    um dos filmes mais premiados até então, com seu elenco formado por atores não profissionais.[3][4][5]

    referências

  • ligações externas

Ladri di biciclette
Ladrões de Bicicletas[1] (PT)
Ladrões de Bicicleta[2] (BR)
 Itália
1948 •  p&b •  93 min 
Direção Vittorio De Sica
Roteiro Vittorio De Sica
Cesare Zavattini
Suso Cecchi D'Amico
Gerardo Guerrieri
Oreste Biancoli
Adolfo Franci
Elenco Lamberto Maggiorani
Enzo Staiola
Lianella Carell
Vittorio Antonucci
Género drama
Idioma italiano
Página no IMDb (em inglês)

Ladri di Biciclette (Ladrões de BicicletasPOR ou Ladrões de BicicletaBRA) é um filme italiano de 1948 dirigido por Vittorio De Sica.

O filme se passa na Itália durante o período pós-guerra, sendo um dos exemplos do neo-realismo italiano. Foi um dos primeiros longas-metragens a vencer o Oscar de melhor filme estrangeiro, que na época ainda não era uma categoria própria.

O filme apresenta a situação de muitos italianos que, depois da guerra, estavam desempregados. Antonio Ricci (Lamberto Maggiorani) é um deles, até o dia em que consegue um emprego como colocador de cartazes. Entretanto, para conseguir o trabalho, precisava de uma bicicleta, o que o fez penhorar objetos de casa para conseguir adquirir uma. A trama se desenrola a partir do dia em que sua bicicleta é roubada e, junto com seu filho Bruno (Enzo Staiola), ele a procura por toda Roma. O drama é capaz de transportar o espectador para a situação vivida por Ricci de maneira tão forte que os sofrimentos são refletidos em quem assiste.

Um dos filmes mais premiados até então, com seu elenco formado por atores não profissionais.[3][4][5]

Referências

  1. «Ladrões de Bicicletas». Sapo Mag. Consultado em 19 de abril de 2017. 
  2. (Capa do DVD). «Ladrões de Bicicleta». Livraria Cultura (BRA). Consultado em 19 de abril de 2017. 
  3. «IMDB - Trivia» (em inglês). IMDb 
  4. «CinePlayers - crítica». Cineplayers.com 
  5. «Online». Veja. Veja.abril.com.br 

En otros idiomas
čeština: Zloději kol
dansk: Cykeltyven
Deutsch: Fahrraddiebe
Bahasa Indonesia: Pencuri Sepeda
Lëtzebuergesch: Ladri di biciclette
Bahasa Melayu: Filem Bicycle Thieves
srpskohrvatski / српскохрватски: Kradljivci bicikla
svenska: Cykeltjuven