Língua azeri

Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja povo azerbaijano.
Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, o que compromete a verificabilidade (desde janeiro de 2011). Por favor, insira mais referências no texto. Material sem fontes poderá ser acadêmico)
Searchtool.svg
Esta página foi marcada para revisão, devido a incoerências e/ou dados de confiabilidade duvidosa (desde junho de 2012). Se tem algum conhecimento sobre o tema, por favor, verifique e a coerência e o rigor deste artigo.
Ambox rewrite.svg
Esta página precisa ser reciclada de acordo com o livro de estilo (desde junho de 2012).
Sinta-se livre para editá-la para que esta possa atingir um nível de qualidade superior.
Azerbaijano (azərbaycanca /آذربایجان دیلی)
Pronúncia:/azærbajʤan dili/
Falado em: Azerbaijão
 Irão
 Rússia
Total de falantes:26 milhões[1][2][3][4][5][6]
Família:Altaica
 Turcomanas
  Oguzes
   Azerbaijano
Escrita: Alfabeto latino (Azerbaijão)
Alfabeto persa (Irã)
Estatuto oficial
Língua oficial de:  Azerbaijão

Flag of Dagestan.svg Daguestão (Rússia)

Regulado por: Azərbaycan Milli Elmlər Akademiyası
(Academia Nacional
de Ciências do Azerbaijão)
Códigos de língua
ISO 639-1:az
ISO 639-2:aze
ISO 639-3: vários:
aze — azj — azb — Azeri Sul
Idioma azerí.png

  Regiões onde o azerbaijano é língua majoritária.

  Regiões onde o azerbaijano é língua minoritária.

O azerbaijano ou azeri (azərbaycanca), é um idioma do ramo turcomano da grande família das línguas altaicas que é falado sobretudo pelos azeris, concentrados principalmente na Transcaucásia, especialmente no Azerbaijão, e no noroeste do Irã, na região conhecida como Azerbaijão iraniano. A língua tem estatuto oficial no Azerbaijão e no Daguestão (uma entidade federal da Rússia), mas não tem estatuto oficial no Irã, onde a maioria dos azeris vivem. Também é falado em graus variados menores nas comunidades azeris da Geórgia e Turquia e pelas comunidades da diáspora, principalmente na Europa e na América do Norte.

O azerbaijano é membro do ramo oguze das línguas turcomanas. Tem duas divisões primárias, o Azeri do norte (falado no Azerbaijão e na Rússia, baseado no dialeto de Shirvan) e do Azeri do sul (falado no Irã, com base no dialeto de Tabriz) e está intimamente relacionado com o turco, qashqai, turcomeno e tártaro da Crimeia, compartilhando diferentes graus de inteligibilidade mútua com cada uma dessas línguas.[7]

História

A língua azeri se baseia hoje na língua oguz que se espalhou pelo sudoeste da Ásia durante a migração turcomana da Idade média, sendo muito influenciada pelas línguas persa e árabe.

O azeri gradualmente foi substituindo as antigas línguas iranianas do norte do Irã, o azeri antigo, a língua tat, o persa medial e também, na região do Cáucaso, algumas antigas línguas caucasianas como o udi. Ficou assim dominante no período anterior ao domínio dos safávidas, embora minorias, tanto no Azerbaijão como no Irã continuassem ainda a falar antigas línguas iranianas até agora. Também muitas palavras persas mediais e novas continuam numerosas em azeri.

O desenvolvimento histórico do azeri pode ser dividido em dois períodos maiores:

  • Antigo: por volta dos séculos XVI a XVIII – que difere de seu descendente (novo) por conter uma grande quantidade de palavras, frases e elementos sintáticos vindos do persa e do árabe. Registros escritos antigos do azeri mostram também relações linguísticas com elementos de idiomas oguzes e quipchacos em aspectos como pronomes, prefixos de caso, particípios, etc.
  • Moderno: do século XVIII até à atualidade – a medida que o azeri foi deixando de ser apenas uma língua de poesia épica e poesia lírica para ser uma língua de uso prático no jornalismo e nas ciências, sua versão escrita foi ficando mais unificada e simplificada. Assim, foi perdendo muitos elementos arcaicos turcomanos, “otomanismos” e “iranianismos”, além de outras expressões, palavras e regras gramaticais que não ganharam popularidade entre as massas falantes de azeri.

Entre o início do século vinte e os anos 1930, houve muitas tentativas pelos literatos para unificação linguística no Azerbaijão. Mesmo havendo diferenças e competição entre esses estudiosos, todos eles pretendiam que mesmo as massas semialfabetizadas pudessem ler e entender literatura em azeri. Passou a ser criticado o uso excessivo de elementos persas, árabes, turco-otomanos e principalmente russos que povoavam a língua, tanto coloquial como literária. Procuravam um estilo mais simples e popular.

A conquista russa do sul do Cáucaso no século XIX dividiu a comunidade falante de azeri em dois estados, Azerbaijão e Irã. No Azerbaijão a União Soviética promoveu o desenvolvimento da língua, mas veio a atrasar esse processo com duas mudanças sucessivas de escrita: primeiro da escrita perso-árabe para o alfabeto latino e depois para o alfabeto cirílico. Mesmo com o uso significativo da língua azeri durante a era soviética, a língua se tornou oficial no Azerbaijão somente em 1978, o que também ocorreu nesse ano com as línguas naturais da Armênia e Geórgia (armênio e georgiano).

O alfabeto perso-árabe foi mantido, porém, para a língua azeri no Irã. Depois de sua independência com o fim da União Soviética, a República do Azerbaijão voltou a usar a escrita latina, nos mesmos moldes usados pela língua turca.

En otros idiomas
Afrikaans: Azerbeidjans
አማርኛ: አዘርኛ
Ænglisc: Azeri sprǣc
العربية: لغة أذرية
مصرى: اذرى
azərbaycanca: Azərbaycan dili
تۆرکجه: تورکجه
башҡортса: Әзербайжан теле
беларуская (тарашкевіца)‎: Азэрбайджанская мова
brezhoneg: Azeri
català: Àzeri
qırımtatarca: Azerbaycan tili
Cymraeg: Aserbaijaneg
Zazaki: Azerki
Ελληνικά: Αζερική γλώσσα
español: Idioma azerí
euskara: Azerbaijanera
français: Azéri
客家語/Hak-kâ-ngî: Azerbaijan-ngî
עברית: אזרית
Fiji Hindi: Azerbaijani bhasa
hrvatski: Azerski jezik
hornjoserbsce: Azerbajdźanšćina
magyar: Azeri nyelv
հայերեն: Ադրբեջաներեն
Bahasa Indonesia: Bahasa Azeri
íslenska: Aserska
italiano: Lingua azera
Qaraqalpaqsha: A'zerbayjan tili
kalaallisut: Aserbajdsjaniskisut
Перем Коми: Азербайджан кыв
kernowek: Azerek
Ladino: Lingua azeri
Lëtzebuergesch: Aserbaidschanesch
Limburgs: Azerbaidzjaans
Ligure: Lengua azera
lumbaart: Lengua azera
لۊری شومالی: زۊن تورکی آزری
Bahasa Melayu: Bahasa Azeri
مازِرونی: آذری
नेपाल भाषा: अजेरी भाषा
Nederlands: Azerbeidzjaans
norsk nynorsk: Aserbajdsjansk
occitan: Azèri
پنجابی: آذری بولی
Runa Simi: Asar simi
română: Limba azeră
Kinyarwanda: Ikinyazeribayijani
sicilianu: Lingua azzira
davvisámegiella: Aserbaižanagiella
srpskohrvatski / српскохрватски: Azerski jezik
Simple English: Azerbaijani language
slovenčina: Azerbajdžančina
slovenščina: Azerbajdžanščina
српски / srpski: Азерски језик
Basa Sunda: Basa Azerbaijan
Kiswahili: Kiazeri
ślůnski: Azerskŏ gŏdka
Türkmençe: Azerbaýjan dili
Türkçe: Azerice
татарча/tatarça: Әзери теле
ئۇيغۇرچە / Uyghurche: ئەزەربەيجان تىلى
oʻzbekcha/ўзбекча: Ozarbayjon turkchasi
vepsän kel’: Azerbaidžanan kel'
Tiếng Việt: Tiếng Azerbaijan
Winaray: Azerbaiyani
Bân-lâm-gú: Azerbaijan-gí