Jogos Olímpicos de Verão de 1932

Disambig grey.svg Nota: Jogos Olímpicos de 1932 redireciona para este artigo. Para os Jogos de Inverno sediados em Lake Placid, veja Jogos Olímpicos de Inverno de 1932.
Jogos da X Olimpíada
Los Angeles 1932
1932-los-angeles.jpg
Dados
Países participantes37
Atletas1332
Eventos116 em 14 esportes
Cerimônia de abertura30 de julho
Cerimônia de encerramento14 de agosto
Abertura oficialVice-presidente Charles Curtis
Juramento do atletaGeorge Calnan
Estádio principalLos Angeles Memorial Coliseum
◄◄ Amsterdã 1928 Berlim 1936 ►►

Jogos Olímpicos de Verão de 1932 (em inglês: 1932 Summer Olympics), oficialmente Jogos da X Olímpiada foram realizados em Los Angeles, no estado da Califórnia, Estados Unidos, entre 30 de julho e 14 de agosto, com a participação de 1332 atletas, sendo 126 mulheres, representando 37 países, em 16 modalidades esportivas.

Após quase três décadas na Europa, os Jogos Olímpicos atravessaram o Atlântico e a América até a ensolarada Califórnia, a única região do país que tinha sobrevivido economicamente à queda na Bolsa de Valores de Nova Iorque. Por causa da distância, o número de participantes foi menor que os anteriores, mas os Jogos tiveram uma grande qualidade técnica, com a quebra de 18 recordes mundiais, e sendo introduzido o limite máximo de três competidores por país nas provas individuais, regra que perdura até nossos dias.

Em Los Angeles foi construída a primeira vila olímpica verdadeira da história, composta de setecentos chalés disposta em área adjacente ao monumental estádio Memorial Coliseum, sede dos Jogos com cento e cinco mil lugares, e onde eram oferecidos também os serviços de hospitais, corpo de bombeiros, refeitórios diversos, correios, ginásio para treinos, lavanderias, etc. Os organizadores também introduziram nestes Jogos os mais modernos serviços de cronometragem e fotografia eletrônica da chegada da época, construíram a mais espetacular e veloz pista de atletismo do mundo, feita com turfa esmagada, e criaram um processo rápido e profissional de divulgação de resultados para a imprensa, além de transmissão simultânea de toda a competição por duas estações de rádio.

E o mais importante: compactaram todos os eventos no prazo de duas semanas, sem interrupção, que a partir dali nortearia o sistema de disputa dos Jogos Olímpicos.

Destaques

  • O Brasil teve uma participação constrangedora nestes Jogos devido a Guerra Civil da Revolução Constitucionalista de 1932, que desviou toda a atenção do país durante os meses de julho, agosto e setembro, e logicamente da delegação Brasileira não participaram atletas de São Paulo, principal estado revoltoso. Sua equipe de pólo aquático foi sumariamente eliminada da competição após seus atletas agredirem o árbitro da partida em que perderam para a Alemanha. Além disso, a saga da viagem da equipe brasileira a Los Angeles faz parte dos anais mais folclóricos e humilhantes do esporte brasileiro, quando a maioria dos seus atletas, sem recursos pessoais para bancar a viagem e sem ajuda do comitê olímpico nacional para isso - que bancou a viagem de diversos dirigentes e seus familiares, num prelúdio de como seria administrado o esporte do país nos anos vindouros – foram obrigados a viajar no cargueiro Itaquicê, junto a 45.000 sacas de café, que eram obrigados a vender durante as paradas intermediárias do navio, a fim de pagarem seus custos; os que não conseguiram, foram proibidos de participar dos Jogos. Apenas 45 dos 83 atletas selecionados anteriormente no Brasil puderam competir em Los Angeles, com resultados irrelevantes.
Vista geral do Estádio Olímpico de Los Angeles durante a cerimônia de abertura / 1932.
  • Num fato único na história olímpica, o campeão dos 3.000m com barreiras, o finlandês Volmari Iso-Hollo e seus adversários, foram obrigados a dar mais uma volta no estádio para cruzar a linha de chegada, devido ao erro do fiscal que anunciava a contagem de voltas na pista. Foi a primeira e única vez nas Olimpíadas que os 3.000 m com barreiras viraram 3.400m com barreiras. Quatro anos depois, em Berlim, correndo a distância normal, Iso-Hollo se tornaria bi-campeão olímpico da prova.
  • Proibidos de competir graças às filigranas puristas de amadorismo do Comitê Olímpico Internacional, dois dos maiores atletas de todos os tempos tiveram que assistir aos Jogos da arquibancada: o americano Jim Thorpe, e o finlandês Paavo Nurmi, proibido de disputar uma última olimpíada por ter recebido reembolso em dinheiro de despesas de viagem e comunicado disto apenas alguns dias antes da abertura dos Jogos.
  • Estes Jogos inauguraram a cerimônia de entrega de medalhas como conhecemos nos nossos dias, com os atletas em pé num pódio e com as bandeiras de seus países sendo hasteadas na premiação.
  • O nadador japonês Kusuo Kitamura tornou-se o mais novo atleta até hoje a conquistar um ouro numa prova individual de qualquer esporte nos Jogos Olímpicos, ao vencer os 1.500m livres com 14 anos de idade.
En otros idiomas
беларуская (тарашкевіца)‎: Летнія Алімпійскія гульні 1932 году
Bahasa Indonesia: Olimpiade Musim Panas 1932
norsk nynorsk: Sommar-OL 1932
srpskohrvatski / српскохрватски: Olimpijada 1932
Simple English: 1932 Summer Olympics