Isabel (Bíblia)

Isabel (do hebraico: אֱלִישֶׁבַע / אֱלִישָׁבַע "Meu Deus jurou"; hebraico padrão: Elišévaʿ ~ Elišávaʿ, Tiberiano: ʾĔlîšéḇaʿ ~ ʾĔlîšāḇaʿ) (em árabe: إليزابيث, Ilizabith) é uma personagem do Novo Testamento da Bíblia, mencionada no Evangelho segundo Lucas como esposa do sacerdote Zacarias e mãe de João Batista.

Narrativa bíblica

De acordo com o texto do Evangelho, Zacarias e Isabel eram pessoas consideradas justas diante de Deus, "vivendo irrepreensivelmente em todos os mandamentos e preceitos do Senhor". Porém, não tinham filhos porque Isabel era estéril.

Quando o casal já se encontrava em idade avançada, o anjo Gabriel apareceu a Zacarias quando este se encontrava no templo oferecendo incenso, tendo anunciado que Isabel iria ter um filho que se chamaria João.

Isabel então concebeu, tendo então se ocultado das vistas das pessoas pelo lapso de cinco meses.

No sexto mês de gestação de Isabel, sua prima Maria também recebeu uma promessa através do anjo Gabriel e concebeu do Espírito Santo e, quando esperava Jesus em seu ventre, foi visitá-la nas montanhas de Judá.

Segundo Lucas, no momento em que Maria entrou na casa de Zacarias, ao saudar sua prima, João Batista teria pulado em seu ventre e ela ficou cheia do Espírito Santo.

Quando a criança nasceu e foi circuncidada ao oitavo dia, segundo a tradição judaica, as pessoas desejavam que o menino recebesse o nome do pai. Isabel responde que o nome do filho seria João. Zacarias então confirma as palavras de Isabel escrevendo o seu nome em uma tábua, conforme o anjo havía lhe determinado.

A partir de então, a Bíblia nada mais fala a respeito da vida de Zacarias e de Isabel, tendo Lucas limitado a dizer que o João Batista "crescia, e se robustecia em espírito, e esteve nos desertos até ao dia em que havia de mostrar-se a Israel" (Lc 1:80).

Contudo, a tradição do catolicismo diz que Zacarias e Isabel teriam acompanhado a educação do filho, mudando-se para o deserto e fazendo da criança um nazireu, vindo Isabel a falecer em 22 d.C. e teria sido sepultada em Hebrom, quando João teria entre 28 a 29 anos de idade.

Descrição do século 15 da Natividade de São João Batista, com Isabel à esquerda.
En otros idiomas