Incesto

Disambig grey.svg Nota: Se procura o filme de 1976, veja Incesto (filme).

Incesto é a atividade sexual entre membros de uma família ou entre parentes.[1][2] Isso tipicamente inclui a atividade sexual entre pessoas que têm uma relação de consanguinidade (relações de sangue) e, às vezes, as relacionadas por afinidade, como indivíduos da mesma casa, entre indivíduos de uma família formada de um novo casamento de pessoa divorciada ou viúva e que inclui um ou mais filhos de outros casamentos, entre relacionados por adoção ou casamento, ou membros de um mesmo clã ou linhagem.[3]

O tabu do incesto é e tem sido um dos mais difundidos de todos os tabus culturais, tanto no presente e em muitas sociedades antigas.[3] A maioria das sociedades modernas têm leis sobre incesto ou restrições sociais em casamentos estreitamente consangüíneos.[3] Em sociedades onde é ilegal, o incesto adulto consensual é visto por alguns como um crime sem vítimas.[4][5] Algumas culturas estendem o tabu do incesto a parentes sem consanguinidade, como irmãos de leite[notas 1] e irmãos adotivos.[6][7] Parentes de terceiro grau (como meia-tia, meio-sobrinho, primo-irmão), em média, compartilham 12,5% de genes, e as relações sexuais entre eles são vistas de forma diferente em várias culturas, desde ser desencorajado a socialmente aceitável.[8]

Uma justificativa comum para a proibição do incesto é evitar o endocruzamento: uma coleção de transtornos genéticos sofridos pelos filhos de pais com algum coeficiente de parentesco.[9] Tais crianças estão em maior risco de transtornos congênitos, morte e deficiência física e de desenvolvimento, o risco é proporcional ao coeficiente de parentesco dos pais - uma medida de quão geneticamente perto os pais são relacionados.[9][10]

Em algumas sociedades, como as do antigo Egito e outras, as combinações de relacionamentos como irmãos-irmãs, pai-filha, mãe-filho, entre primos, sobrinhos-tias, sobrinhas-tios eram praticadas nas famílias reais como forma de perpetuar a linhagem real.[11][12] Algumas sociedades como as de Bali[13] e algumas tribos Inuit[14] têm opiniões diferentes sobre o que constitui incesto ilegal e imoral. No entanto, as relações sexuais com um parente de primeiro grau (como um pai ou irmão) são quase universalmente proibidas.[15]

Terminologia

A palavra incesto é derivada do Latim incestum, que quer dizer estritamente "sacrilégio". Incestum deriva de incestus que significa "impuro e sujo". Incestus, por sua vez, é forjada a partir do privativo in e cestus, que é uma deformação de castus, que significa "casto" e "puro", assim incestus também tem a definição de "não casto".[16][17]

En otros idiomas
Afrikaans: Bloedskande
Alemannisch: Inzest
العربية: زنا المحارم
беларуская: Інцэст
беларуская (тарашкевіца)‎: Кровазьмяшэньне
български: Кръвосмешение
বাংলা: অজাচার
brezhoneg: Gwadorged
bosanski: Incest
català: Incest
čeština: Incest
Cymraeg: Llosgach
dansk: Incest
Deutsch: Inzest
Zazaki: Ensest
Ελληνικά: Αιμομιξία
English: Incest
Esperanto: Incesto
español: Incesto
eesti: Intsest
euskara: Intzestu
suomi: Insesti
français: Inceste
Frysk: Ynsest
galego: Incesto
हिन्दी: अगम्यगमन
hrvatski: Incest
interlingua: Incesto
Bahasa Indonesia: Hubungan sedarah
Ido: Incesto
íslenska: Sifjaspell
italiano: Incesto
日本語: 近親相姦
ქართული: ინცესტი
한국어: 근친상간
kurdî: Însest
lumbaart: Incest
lietuvių: Kraujomaiša
latviešu: Asinsgrēks
македонски: Инцест
Bahasa Melayu: Sumbang mahram
Nederlands: Incest
norsk: Incest
polski: Kazirodztwo
Runa Simi: Muquy
română: Incest
русский: Инцест
Scots: Incest
srpskohrvatski / српскохрватски: Incest
Simple English: Incest
slovenčina: Incest
slovenščina: Incest
chiShona: Makunakuna
shqip: Incesti
српски / srpski: Родоскрнављење
svenska: Incest
Tagalog: Insesto
Türkçe: Ensest
українська: Інцест
Tiếng Việt: Loạn luân
ייִדיש: גילוי עריות
中文: 近親性交
Bân-lâm-gú: Loān-lûn
粵語: 亂倫