Hyracoidea

Como ler uma infocaixa de taxonomiaHyracoidea
Ein klippschliefer.jpg

Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Mammalia
Infraclasse: Placentalia
Superordem: Afrotheria
Ordem: Hyracoidea
Huxley, 1869
Família: Procaviidae
Thomas, 1892
Gêneros
Procavia

Heterohyrax
Dendrohyrax

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Hyracoidea
Wikispecies
O Wikispecies tem informações sobre: Hyracoidea

Os hiracóides (do latim científico Hyracoidea) são uma ordem de mamíferos placentários do clado dos Afrotheria, que inclui apenas a família, os procaviídeos (Procaviidae) com os três géneros e 4 espécies existentes de damão, [1] hírax [2] ou hírace. [3] Actualmente o grupo está representado apenas em África.

Os dassies são animais de pequeno a médio porte, que podem medir entre 30 a 70 cm de comprimento e pesar entre 2 e 5 kg. Têm patas e caudas curtas, cabeça pequena e cor acastanhada. Estes animais, apesar de serem mamíferos, não conseguem efectuar uma termorregulação eficiente e, em consequência, passam bastante tempo ao sol, para se aquecerem. Também não têm dentes incisivos na zona frontal dos maxilares, sendo o corte das ervas e outros vegetais de que se alimentam assegurado somente pelos dentes laterais.

Referências históricas

Hírax no Monte Quénia

A palavra "coelho", ou "lebre" foi usada em vez de "hírax" muitas vezes em algumas das primeiras traduções da Bíblia para língua inglesa. Os tradutores Europeus dessa altura desconheciam o hírax (em hebraico: שָּׁפָן Shaphan [4]), e consequentemente não tinham designação para ele. Na tradução de João Ferreira de Almeida é designado por querogrilo. Existem referências a híraxes no Antigo testamento [5] particularmente em Levítico 11, onde são correctamente descritos como não tendo casco fendido, e portanto não sendo kosher. É também dito que o hírax rumina. No entanto, esta observação é devida ao hábito do hírax mastigar sem que tenha ingerido nada, parecendo que está a ruminar (os híraxes estudados pelos Hebreus talvez estivessem em cativeiro). [6] Algumas traduções modernas referem-se a eles como arganazes. Shaphan era também o nome do escriba do Rei Josias.

É também dito que o nome Hispânia poderá derivar do modo como os marinheiros fenícios que visitaram a costa de Espanha designavam o lugar, "terra dos Coelhos", tomando o coelho-europeu pelo damão-do-cabo (Procavia capensis) da sua terra de origem, saphan em língua nativa, que poderia ser pronunciado span. [7]

En otros idiomas
Afrikaans: Dassie
العربية: وبريات
azərbaycanca: Damanlar
беларуская: Даманы
български: Дамани
brezhoneg: Daman (loen)
català: Damà
Cebuano: Hyracoidea
čeština: Damani
Deutsch: Schliefer
English: Hyrax
Esperanto: Prokaviuloj
español: Hyracoidea
euskara: Procaviidae
suomi: Tamaanit
français: Hyracoidea
Gaeilge: Hioracsach
galego: Hiracoideos
עברית: שפניים
interlingua: Hyracoidea
Bahasa Indonesia: Hyrax
italiano: Procaviidae
ქართული: დამანები
Kongo: Nsibisi
қазақша: Дамандар
Перем Коми: Даманнэз
Кыргызча: Дамандар
Latina: Hyracoidea
Limburgs: Klipdasse
Ligure: Hyracoidea
lietuvių: Damaniniai
кырык мары: Даманвлӓ
Malti: Iraċ
Nederlands: Klipdasachtigen
Novial: Hyracoidea
occitan: Hyracoidea
polski: Góralkowce
română: Hiracoidee
русский: Даманы
Scots: Hyrax
srpskohrvatski / српскохрватски: Damani
Simple English: Hyrax
slovenčina: Damany
српски / srpski: Damani
svenska: Hyraxar
Kiswahili: Pimbi
українська: Даманоподібні
oʻzbekcha/ўзбекча: Damanlar
Tiếng Việt: Procaviidae
isiXhosa: Imbila
中文: 蹄兔目