Homem da caverna do Veado Vermelho

Como ler uma infocaixa de taxonomiaHomem da caverna do Veado Vermelho
Ocorrência: Pleistoceno Superior 0.0145–0.0115 Ma
Longlin 1, crânio parcial
Longlin 1, crânio parcial
Classificação científica
Reino:Animalia
Filo:Chordata
Classe:Mammalia
Ordem:Primates
Família:Hominidae
Tribo:Hominini
Género:Homo
Espécie:Indeterminado

O Homem da caverna do Veado Vermelho foi a mais recente população pré-histórica conhecida em que não se assemelham a humanos modernos. Os fósseis são datados entre 14.500 e 11.500 anos de idade foram encontrados na caverna do Veado Vermelho e na caverna Longlin na China. Tendo uma mistura de traços arcaicos e modernos, eles são provisoriamente considerados uma espécie separada dos seres humanos que se extinguiram sem contribuir para a genética dos humanos modernos.[1] As evidências mostram que grandes veados também foram encontrados na caverna do Veado Vermelho, dando ao povo o seu nome.[2]

Descoberta

Mandíbulas

Em 1979, um crânio parcial de um morador da caverna foi encontrado na caverna Longlin na região de Guangxi Zhuang, China. Outros restos humanos foram escavados de Maludong (Caverna do Veado Vermelho) na província de Yunnan.[3] Os fósseis dos moradores da caverna do Veado Vermelho foram datados entre 14.500 e 11.500 anos de idade, usando carvão encontrado nos depósitos dos fósseis. Durante o período, as pessoas da caverna do Veado Vermelho viveram com outras espécies de humanos pré-históricos, como os neandertais que se pensava que já estavam extintos. Os seres humanos da caverna do Veado Vermelho seriam, portanto, mais recente que o Homo floresiensis (apelidado de "Hobbits"), datado de 13.000 anos atrás.[4]

En otros idiomas