Hiperinflação


Uma nota de Cem trilhões de dólares do Zimbábue de 2009 - a nota com maior valor já emitida. O acréscimo de zeros é sinal da desvalorização do poder de compra de uma moeda.

Em Macroeconomia, hiperinflação é uma inflação fora de controle. O que ocorre é um encarecimento rápido dos produtos, recessão e desvalorização acentuada da moeda devido ao descontrole das contas públicas e impressão desenfreada de moeda.[1] Segundo a Bolsa de Valores da Colômbia (BVC), hiperinflação é a inflação maior que 100% ao ano.

O caso clássico conhecido é a crise econômica alemã de 1923. Alguns especialistas também costumam dar esta classificação para a inflação brasileira poucos dias antes da vigência do Plano Collor.

A maior hiperinflação da história foi registrada na Hungria, logo após a Segunda Guerra Mundial, quando sua moeda era o pengő. À época, o país registrou uma taxa de inflação mensal de 41.900.000.000.000.000%, ou 207% ao dia. Assim, os preços duplicavam a cada 15 horas.[2]

Em 2008, a Economia do Zimbabwe viveu um surto hiperinflacionário que foi um dos maiores da história e o primeiro registrado no século XXI.

Definição

Segundo Philip Cagan, ocorre hiperinflação quando a taxa de inflação é igual ou supera os 50% mensais.

Nota de 100 milhões de marcos na Alemanha em 1923

Em muitos países latino americanos as subidas de preços já alcançaram nas últimas décadas taxas muito elevadas, algumas na ordem de 400% anual e inclusive superiores. Há uma mudança qualitativa, é uma situação substancialmente diferente à inflação normal, com problemas e peculiaridades próprias, que requerem explicações e soluções diferentes. Numa situação hiperinflacionária, as pessoas não estão dispostas a manter dinheiro devido à rapidez com que este perde seu valor.[3]

Causas

A causa da hiperinflação pode ser simplesmente a emissão desordenada de moeda, quando o governo imprime dinheiro novo para financiar seus gastos, se a quantidade de dinheiro aumenta, o poder de compra da unidade monetária diminui, e a quantidade de bens que pode ser adquirida com uma unidade desse dinheiro também se reduz.[4]

Outros fatores macroeconômicos também podem levar a inflação alta ou hiperinflação, como câmbio, pagamento de reparações de guerra, etc.

En otros idiomas
العربية: تضخم مفرط
беларуская: Гіперінфляцыя
беларуская (тарашкевіца)‎: Гіпэрінфляцыя
български: Хиперинфлация
brezhoneg: Gourmonc'hwez
čeština: Hyperinflace
Esperanto: Inflaciego
español: Hiperinflación
فارسی: ابرتورم
français: Hyperinflation
हिन्दी: अतिस्फीति
hrvatski: Hiperinflacija
Bahasa Indonesia: Hiperinflasi
íslenska: Óðaverðbólga
italiano: Iperinflazione
Basa Jawa: Hiperinflasi
lietuvių: Hiperinfliacija
македонски: Хиперинфлација
Nederlands: Hyperinflatie
norsk nynorsk: Hyperinflasjon
română: Hiperinflație
srpskohrvatski / српскохрватски: Hiperinflacija
Simple English: Hyperinflation
slovenčina: Hyperinflácia
slovenščina: Hiperinflacija
српски / srpski: Хиперинфлација
Türkçe: Hiperenflasyon
українська: Гіперінфляція
Tiếng Việt: Siêu lạm phát