Helvécios

Mapa da Gália mostrando a localização no norte alpino dos Helvécios

Os Helvécios (em latim: Helvetii) eram os habitantes pertencentes à denominada cultura celta, ocupantes da maior parte do planalto suíço à época de seu contato com Roma no século I a.C. Sua mais ampla descrição que chegou aos dias atuais é a de Júlio César no primeiro livro de seu De Bello Gallico, que descreve a guerra empreendida contra estes enquanto tentavam migrar para o sudoeste da Gália.

Etimologia

O endônimo Helvetii pode ser derivado da raiz protoindo-europeia *pelh1u-[1] "muitos", céltico elu-, que é visto no galês elw, significando "ganho" ou "lucro", e o prefixo irlandês antigo il-, significando "muitos" ou "múltiplos".[2] A segunda parte do nome foi por vezes interpretada como *etu-, "terreno, campina", assim interpretando o nome tribal como "rico em terras".[3]

O nome da personificação nacional da Suíça, Helvécia, e o nome neolatino do país, Confoederatio Helvetica, são ambos derivados do nome Helvetii e do seu território, Helvécia (em latim: Helvetia).

En otros idiomas
Alemannisch: Helvetier
беларуская: Гельветы
български: Хелвети
brezhoneg: Helveted
català: Helvecis
čeština: Helvéciové
Cymraeg: Helvetii
Deutsch: Helvetier
English: Helvetii
Esperanto: Helvetoj
español: Helvecios
euskara: Helveziar
فارسی: هلوتی‌ها
français: Helvètes
galego: Helvecios
עברית: הלווטים
magyar: Helvétek
Bahasa Indonesia: Helvetii
italiano: Elvezi
ქართული: ჰელვეტები
한국어: 헬베티족
Latina: Helvetii
lietuvių: Helvetai
Nederlands: Helvetii
polski: Helweci
română: Helveți
русский: Гельветы
srpskohrvatski / српскохрватски: Helveti
Simple English: Helvetii
slovenščina: Helveti
svenska: Helvetier
Türkçe: Helvetler
українська: Гельвети