Hans Christian Ørsted

Disambig grey.svg Nota: Para outros significados de Ørsted, veja Ørsted (desambiguação).
Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, o que compromete a verificabilidade (desde abril de 2011). Por favor, insira mais referências no texto. Material sem fontes poderá ser acadêmico)
Hans Christian Ørsted
Conhecido(a) porExperimento de Ørsted
Nascimento14 de agosto de 1777
Rudkøbing, Dinamarca
Morte9 de março de 1851 (73 anos)
Copenhague, Dinamarca
Nacionalidadedinamarquês
Alma materUniversidade de Copenhague
PrêmiosMedalha Copley (1820)
ReligiãoProtestantismo
Assinatura
Hans Christian Ørsted signature.svg
InstituiçõesUniversidade de Copenhague
Campo(s)Física, química

Hans Christian Ørsted (Rudkøbing, 14 de agosto de 1777Copenhaga, 9 de março de 1851) foi um físico e químico dinamarquês.

É conhecido sobretudo por ter descoberto que as correntes eléctricas podem criar campos magnéticos que são parte importante do Electromagnetismo. As suas descobertas moldaram a filosofia pós-kantiana e os avanços na ciência durante o final do século XIX.[1] Foi também o primeiro pensador moderno a descrever explicitamente e denominar a experiência mental.

Juventude e estudos

Ørsted desenvolveu o seu interesse pela ciência enquanto jovem devido ao seu pai, Søren Christian Ørsted, que era dono de uma farmácia. Ele e o seu irmão, Anders Sandøe Ørsted, receberam a maior parte da sua educação inicial em casa como autodidatas, partindo para Copenhague em 1793 com o fim de realizar os exames de entrada na Universidade de Copenhague. Ambos os irmãos passaram e distinguiram-se academicamente na Universidade. Por volta de 1796, Ørsted recebeu honrarias pelos seus artigos sobre estética e física.

Em 1801, Hans recebeu uma bolsa de estudo para viajar e um subsídio estatal que lhe possibilitaram passar três anos viajando pela Europa. Na Alemanha conheceu Johann Wilhelm Ritter, um físico que acreditava na existência de uma ligação entre electricidade e magnetismo. A existência dessa ligação fez sentido para Ørsted, uma vez que acreditava na unidade da natureza, e, como tal, que haveria necessariamente uma ligação entre muitos fenómenos naturais.

As conversações entre ambos levaram Ørsted ao estudo da física. Tornou-se professor na Universidade de Copenhague em 1806 e continuou a sua pesquisa sobre a corrente eléctrica e a acústica. Sob a sua orientação, a Universidade desenvolveu um programa de física e química ampliado e instituiu novos laboratórios.

En otros idiomas
العربية: هانز أورستد
azərbaycanca: Hans Ersted
беларуская (тарашкевіца)‎: Ганс Крыстыян Эрстэд
Kreyòl ayisyen: Hans Christian Orsted
Bahasa Indonesia: Hans Christian Ørsted
Bahasa Melayu: Hans Christian Ørsted
norsk nynorsk: Hans Christian Ørsted
srpskohrvatski / српскохрватски: Hans Christian Ørsted
Simple English: Hans Christian Ørsted
slovenščina: Hans Christian Ørsted
oʻzbekcha/ўзбекча: Ersted Xans Kristian
Tiếng Việt: Hans Christian Ørsted
Bân-lâm-gú: Hans Christian Ørsted