Hans Arp

Hans Arp
Hans Arp.
Nascimento 16 de setembro de 1886
Estrasburgo
Morte 7 de junho de 1966 (79 anos)
Nacionalidade Alemanha alemão
Ocupação pintor e poeta
Pastor de Nuvens (1953)

Hans Peter Wilhem Arp ( Estrasburgo, 16 de setembro de 18867 de junho de 1966) foi um pintor e poeta alemão, naturalizado francês.

Biografia

Nasceu na Alsácia quando esta estava sobre domínio alemão.

O pai de Arp era um empresário de origem alemã, dono de uma fábrica de cigarros e a sua mãe era de origem francesa, motivo pelo qual ele, desde muito cedo, falava fluentemente as duas línguas.

Em 1900 inscreveu-se na Escola de Artes e Ofícios em Estrasburgo, onde nunca chegou a ser bom aluno, pois não se interessava pelas matérias curriculares.

Durante o ano de 1901 teve aulas de desenho com Georges Ritleng. Arp, que era um admirador da poesia alemã, em 1903 publicou algumas obras literárias.

Em 1907 inscreveu-se na Academia Julian.

Em 1911, juntamente com Oscar Lüthy e Walter Helbig, foi o fundador do grupo de artistas suiços, designado por Der Moderne Bund. Em 1912 conhece Kandinsky em Munique, e em 1914 dá-se com August Macke e Max Ernst, em Colónia.

Em 1915, durante a Primeira Guerra Mundial, foi viver para Zurique, em virtude de possuir nacionalidade alemã, desertando do serviço militar alemão. Nesse ano casou com Sophie Taeuber, que veio a falecer, em 1943, enquanto ocorria a Segunda Guerra Mundial.

No ano de 1920, Arp participa numa exposição dadaístita, em Colónia, com Baargeld e Max Ernst. Conhece Breton, e colabora em diversas publicações de conteúdo vanguardista, com poemas e collages. Em 1 925, Arp junta-se a um grupo de surrealistas saídos do movimento dada, e expõe em Paris.

Em 1926 adquiriu a nacionalidade francesa e passou a usar o nome Jean Arp.

Versátil na sua obra, a década de 1930 é dedicada a trabalhos na perspectiva da abstracção geométrica, collages e grafismos com relevo. Na década seguinte, Arp, sempre em mudança, centra o seu trabalho na escultura.

Em 1959, casou em segundas núpcias com Marguerite Hagenbach.

A sua obra atinge a fama nas décadas de 1950 e 1960, quando expõe em Nova Iorque ( 1958) e Paris ( 1962).

En otros idiomas
Alemannisch: Hans Arp
العربية: جان آرب
беларуская: Ханс Арп
български: Жан Арп
brezhoneg: Jean Arp
bosanski: Jean Arp
català: Jean Arp
čeština: Hans Arp
Deutsch: Hans Arp
Ελληνικά: Ζαν Αρπ
English: Jean Arp
Esperanto: Jean Arp
español: Jean Arp
eesti: Hans Arp
فارسی: ژان آرپ
suomi: Hans Arp
français: Jean Arp
galego: Hans Arp
עברית: ז'אן ארפ
hrvatski: Jean Arp
magyar: Hans Arp
Հայերեն: Ժան Արպ
Bahasa Indonesia: Jean Arp
italiano: Hans Arp
한국어: 장 아르프
Lëtzebuergesch: Hans Arp
lietuvių: Hans Arp
latviešu: Hanss Arps
Nederlands: Jean Arp
norsk nynorsk: Jean Arp
norsk: Jean Arp
polski: Hans Arp
română: Hans (Jean) Arp
русский: Арп, Жан
srpskohrvatski / српскохрватски: Jean Arp
slovenčina: Hans Arp
српски / srpski: Hans Arp
svenska: Jean Arp
тоҷикӣ: Жан Арп
Türkçe: Jean Arp
українська: Ганс Арп