Guioza

  • prato de jiaozi, versão chinesa do guioza, cozidos no vapor.
    prato de jiaozi fritos.

    guioza [1] [2] é um prato típico da culinária chinesa que se difundiu para a culinária japonesa e do resto da Ásia. consiste tipicamente de um recheio de carne moída e/ou de legumes dentro de um fino invólucro de massa, que é então selado através da pressão em suas extremidades e cozido ou frito. costumam ter um formato oblato, semelhante ao do ravióli, e são consumidos com um molho à base de shoyu. o nome advém do japonês: 餃子 ou 饺子, transl. gyōza; transl. chinesa jiǎozi; em nepali: म:म: ou ममचा, transl. mo mo ou momocha.

    o prato, que está entre os mais típicos da culinária japonesa atual, [3] teria sido levado para o japão pelos soldados que haviam lutado na manchúria durante a segunda guerra mundial (e que foram responsáveis pela disseminação de diversos pratos típicos da culinária do norte da china), adequando-se às circustâncias do país, completamente arrasado à época do pós-guerra, na medida em que a farinha de trigo era mais fácil de se obter que o arroz e praticamente qualquer produto podia ser usado como recheio. [4] em meio à escassez de alimentos e à devastação generalizada, muitos encontraram no preparo e venda do guioza um meio de subsistência. [5]

    o jiaozi típico chinês não deve ser confundido com o wonton, que tem uma massa mais espessa, feita de ingredientes diferentes, e um formato esférico, sendo normalmente servido em caldos.

    referências

  • bibliografia

Prato de jiaozi, versão chinesa do guioza, cozidos no vapor.
Prato de jiaozi fritos.

Guioza [1] [2] é um prato típico da culinária chinesa que se difundiu para a culinária japonesa e do resto da Ásia. Consiste tipicamente de um recheio de carne moída e/ou de legumes dentro de um fino invólucro de massa, que é então selado através da pressão em suas extremidades e cozido ou frito. Costumam ter um formato oblato, semelhante ao do ravióli, e são consumidos com um molho à base de shoyu. O nome advém do japonês: 餃子 ou 饺子, transl. gyōza; transl. chinesa jiǎozi; em nepali: म:म: ou ममचा, transl. mo mo ou momocha.

O prato, que está entre os mais típicos da culinária japonesa atual, [3] teria sido levado para o Japão pelos soldados que haviam lutado na Manchúria durante a Segunda Guerra Mundial (e que foram responsáveis pela disseminação de diversos pratos típicos da culinária do norte da China), adequando-se às circustâncias do país, completamente arrasado à época do pós-guerra, na medida em que a farinha de trigo era mais fácil de se obter que o arroz e praticamente qualquer produto podia ser usado como recheio. [4] Em meio à escassez de alimentos e à devastação generalizada, muitos encontraram no preparo e venda do guioza um meio de subsistência. [5]

O jiaozi típico chinês não deve ser confundido com o wonton, que tem uma massa mais espessa, feita de ingredientes diferentes, e um formato esférico, sendo normalmente servido em caldos.

Referências

  1. Scofield, Jr., Gilberto, Um Brasileiro na China. Ediouro Publicações, 2007. ISBN 8500020601, 9788500020605.
  2. Cwiertka, p. 23
  3. Cwiertka, p. 270.
  4. Cwiertka, p. 269.
  5. Tanaka, Seiichi. Ichii taisui: Chugoku ryori denrai shi (Tóquio, 1987), p. 224.

En otros idiomas
català: Jiaozi
Deutsch: Jiaozi
English: Jiaozi
Esperanto: Ĝozo
español: Jiaozi
فارسی: جیائوزی
français: Jiaozi
galego: Iaosi
magyar: Csiaoce
Հայերեն: Ցզյաոցզի
Bahasa Indonesia: Jiaozi
italiano: Jiaozi
日本語: 餃子
한국어: 교자
Bahasa Melayu: Jiaozi
polski: Jiaozi
русский: Цзяоцзы
svenska: Jiaozi
Türkçe: Jiaozi
українська: Цзяоцзи
Tiếng Việt: Sủi cảo
吴语: 饺子
Bân-lâm-gú: Chúi-kiáu
粵語: